Sistema Educacional do Canadá: quais são as diferenças?

By  |  0 Comments

Oi pessoal, tudo bem? Hoje eu vou falar um pouquinho sobre o sistema educacional canadense, mais especificamente sobre a província de Ontário, que é onde eu moro. No Canadá, cada província tem as suas regras e leis e, embora essas regras sigam um padrão, algumas coisas podem ser diferentes.

No Canadá, o ano letivo começa em setembro e termina no final de junho. Há um recesso de duas semanas no final de ano para o Natal e Ano Novo e as férias de verão que começam no final de junho e vão até o início de setembro. Para matricular as crianças, os pais devem apresentar a certidão de nascimento, carteirinha de vacinação, passaporte, visto válido (no caso de não cidadãos) e comprovante de endereço. As escolas são divididas por áreas e, por isso, deve-se apresentar o comprovante de endereço para ver se aquela criança pertence àquela área. As escolas também participam de um ranking de qualidade. Então, caso os pais desejarem que os filhos estudem em uma determinada escola, eles devem escolher morar perto daquela instituição de ensino.

Existem as escolas católicas e as escolas públicas. Ambas são gratuitas e a diferença básica entre elas é que nas católicas as crianças recebem educação religiosa enquanto nas públicas não. Também há escolas particulares, porém elas não são muito comuns.

As escolas aqui são divididas em fundamentais (elementary school) –  primeira à oitava séries – e high school, que tem duração de 4 anos e é equivalente ao ensino médio brasileiro. As crianças começam a estudar gratuitamente aos 4 anos no kindergarten, que é o jardim de infância. Antes disso, caso os pais precisem, as crianças podem ir para as creches (day care), mas esse é um serviço pago e que não é barato. O horário de aulas das crianças no ensino fundamental varia um pouco de escola para escola, mas geralmente fica no período de 8h30 às 15h30. Caso os pais precisem deixar as crianças na escola mais cedo e precisem buscar mais tarde, existe o before e after school care, que seria uma creche para antes e depois do horário de aula, que também é um serviço pago. Uma vez matriculadas, as crianças recebem todo o material gratuitamente. Os pais não precisam se preocupar em comprar lápis, caderno, livros, etc. Todo o material que as crianças usam na escola é de responsabilidade do governo. Os pais são responsáveis por mandar a comida das crianças – 1 lanche para a manhã (fruta ou iogurte), almoço e um lanche para a tarde (biscoito, bolo, suco). O almoço vai em uma marmita térmica que mantem a comida quentinha até a hora das crianças comerem.

Para as crianças que chegam sem saber falar o idioma (no caso o inglês, em Ontário), existe o programa de ESL (English as a Second Language) que ajuda na adaptação das crianças ao idioma local.

Outra coisa muito interessante é que aqui as crianças cantam o Hino Nacional Canadense todos os dias, geralmente no inicio da manhã. Na hora em que o hino começa a tocar, todos se colocam em sinal de respeito. Quem está caminhando, para de caminhar; quem está conversando, para de conversar. Não existe uma mobilização na hora de cantar o hino, apenas todos se colocam em pé, às vezes com a mão no peito. Após a finalização do hino, todos voltam às suas atividades.

As crianças têm um sapato específico para usar dentro da escola. Quando eles chegam, trocam os sapatos e entram para a sala de aula. Para isso, elas devem estar preparadas, pois as professoras não ajudam nesse processo. Também não ajudam no banheiro ou a vestir as roupas de neve, gorro, luvas… As crianças são incentivadas desde muito cedo a serem independentes, o que é algo bem interessante.

Caso a família não more perto o suficiente para ir andando para a escola, a família pode solicitar o ônibus escolar, que tem pontos específicos onde as crianças devem ficar. Aí você pode ver o seu filho andando naqueles ônibus amarelinhos comuns nos filmes!

Quando os alunos chegam ao high school (ensino médio), eles têm matérias obrigatórias e matérias optativas. Assim, os adolescentes podem ir escolhendo as matérias que mais combinam com o que elas pretendem fazer no futuro, seguindo a aptidão de cada um. Para isso, os adolescentes que ainda estão em dúvida em relação ao futuro, podem fazer testes vocacionais. Isso é algo muito legal pois as energias são voltadas para algo que eles gostam e se identificam e isso moldará o futuro de cada um deles!

Algo que eu acho muito legal aqui é que todas as crianças e adolescentes são tratados da mesma forma. Não existe diferença entre elas ou algum tipo de vantagem pelo fato dos pais serem ricos, ou serem filhos de alguém muito conhecido. A cor da pele, a etnia, a nacionalidade ou qualquer outra característica da vida ou aparência não querem dizer nada. Todos são iguais, têm os mesmo direitos e deveres. A infância no Canadá é algo sagrado e todos são responsáveis pelo bem estar de todas as crianças. Tudo é muito simples e funcional, então, nada de mega eventos para cantar as músicas de natal, super decorações, salão de beleza… O mais importante é ver os nossos filhos cantando e eles nos verem na platéia!

Bem, espero que vocês tenham gostado! Na próxima postagem vou falar sobre o ensino superior e como as pessoas fazem para conseguir vir estudar aqui!

Um abraço para todos e até a próxima!!!