Por que ler esse texto sobre o Bráulio Bessa pode mudar sua semana?

By  |  0 Comments

Semana passada Luís Eduardo Magalhães teve a oportunidade de passar uma noite inteira com um dos empreendedores sociais mais relevantes do País: o poeta e escritor Bráulio Bessa.

Mas, hoje não vou falar sobre o evento em si (aliás, parabéns Gilson Sena e Zezília Martins pelo belíssimo evento), mas sobre o que aprendi com Bráulio Bessa naquela noite de quarta-feira. Quem não o conhece, vou explicar brevemente: Bráulio é um poeta nordestino. Só aí a probabilidade de fazer sucesso mundial já diminui drasticamente, certo? O menino, que descobriu seu sonho aos 14 anos, saiu de  Alto Santo, interior do Ceará, para conquistar o Brasil com seu talento. Agora pensa comigo:

  • INTERIOR DO CEARÁ
  • NÃO CONHECIA NINGUÉM INFLUENTE
  • QUERIA ESCREVER POESIA
  • ALIÁS, ESCREVER POESIA NO BRASIL!
  • NO BRASIL, GENTE!
  • PARA COMPLETAR, É POESIA DE CORDEL (que pouca gente conhece).

Se esse cara venceu na vida e realizou seus sonhos, é porque a gente também pode. E no meio da sua palestra divertidíssima, algumas coisas foram muito fortes para mim:

 

TER E MANTER A POSE

Sabe a tal pose? É, tem que ter e faz bem! Se tem uma coisa que não podemos perder na vida, é a tal da pose. Afinal, tem momentos que tem que ter postura, levantar a cabeça e enfrentar os dragões mostrando que a GENTE confia na GENTE. Só se você confiar e acreditar em si mesmo poderá mostrar isso aos outros e convencê-los disso. OBS: Isso não é ser esnobe, hein gente! Mas confiante!

UMA BOA OPORTUNIDADE VALE MAIS QUE MUITO DINHEIRO

E não é? Uma boa oportunidade, às vezes, nem dinheiro compra. Quando foi convidado para sua primeira palestra, Bráulio não recebeu dinheiro para palestrar. Mas a oportunidade lhe abriu muitas portas. Quantas vezes na vida não temos oportunidades assim?

 

É A DOR QUE ENSINA A GEMER

É a dor que ensina a gemer, gente. É quando alguém lhe dá uma prensa na parede que você descobre a força e o talento que nem você sabia que tinha. Considere os desafios que a vida lhe mostra como eles são: oportunidades para crescer. E aprenda a diferenciar desafios de problemas. Desafios são as dores que te ensinam mais do que as coisas boas da vida.

 

APRENDA A DIFERENCIAR O QUE É SEU SONHO, DO QUE É INVEJA DOS OUTROS

É, parece forte. Mas é isso mesmo: às vezes temos “sonhos” que nada mais são do que inveja (mesmo que uma boa inveja branca) dos outros. Sabe aquela coisa da grama do vizinho ser mais verde e você sonhar em ter uma grama verdinha como aquela pra você? Esquece. Talvez você nem gosta de grama, cara…

Bráulio deu um exemplo bem bacana sobre isso. Quanto tinha 14 anos, Bráulio tinha dois sonhos na vida. Um, era ter um Super Nintendo, porque seus amigos tinham e ele queria também. O segundo, era usar camisetas das marcas Bad Boy e Maresia, porque todo mundo usava! Mas foi só quando ele descobriu seu sonho de verdade, ao conhecer as poesias de Patativa do Assaré para um trabalho na escola, que Bráulio descobriu seu sonho de verdade: transformar a vida das pessoas através da poesia e lançar um livro.

Vê a diferença entre sonho (seu, único e intransferível) e inveja (dos outros, pode mudar de uma hora pra outra)?

CONFIE. EM DEUS, EM VOCÊ, EM ALGUMA COISA!

Bráulio é um cara que acredita muito em Deus. Mas se você não acredita, acredite no futuro! Como ele disse: “tem vez que a gente acha que tá tudo errado, mas é só Deus desenhando o negócio do jeito D’Ele. Não do seu. Do D’Ele!”

 

POESIA É COMO UM ABRAÇO

“Poesia é como um abraço, se adapta a todo tipo de gente”. Para ele, poesia é transformadora, é mágica. Com seu quadro semanal no programa da Rede Globo, Encontro com Fátima Bernardes, Bráulio consegue atingir milhões de pessoas diariamente com seu verso. Como ele contou na palestra, esses versos até mesmo salvaram vidas… Forte, né?

(Em tempo: Bráulio contando sua saga no programa é de morrer de rir! Se algum dia puder ir em uma palestra dele para ouvir o “causo”, vá!)

DEIXE SEU LEGADO

“Nós viemos para esse mundo ‘véio’ sem nada e ‘vamo’ embora sem levar nada. Mas, podemos deixar alguma coisa aqui”. Tem coisa mais verdadeira que essa? O que você vai deixar de si mesmo para o mundo?

Para finalizar, essa poesia pode mudar seu olhar sobre a vida AGORA MESMO. Veja:

Como disse o produtor do evento, sócio da MS Eventos e presidente da CDL (a lista é longa…), Gilson Sena, “ou você é rico ou você é pobre, MAS DE INFORMAÇÃO”. A oportunidade nos é dada todos os dias, resta-nos aproveitar!

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé, céu, nuvem, atividades ao ar livre e natureza

Gostou?

Para conhecer Bráulio Bessa, CLIQUE AQUI.

 

Uma agência incomum de comunicação integrada.