CONAJE AGRO mistura com sucesso networking, novos insights e experiências com sucessão familiar no agronegócio

By  |  0 Comments

A iluminada noite de lua cheia desta quarta-feira (09), foi palco do 1º CONAJE AGRO realizado pela AJE LEM (Associação dos Jovens Empreendedores de Luís Eduardo Magalhães). O evento, que aconteceu no Pub Chá das Cinco no formato de Happy Hour teve lotação máxima. 

Voltado para o público do agronegócio, o CONAJE AGRO começou com a excelente palestra “O impacto da gestão nos (agro)negócios” com Adriano Lupinacci. Segundo o palestrante, a gestão na sucessão familiar passa por diversas fases e apresenta muitos desafios. Entre os pontos principais levantados por Lupinacci estão o diálogo, o conhecimento e o autoconhecimento; afinal saber onde se quer chegar é o primeiro passo para se definir os passos que te levarão lá. “Gostaria de parabenizar a todos pelo evento. Foi um dos mais ricos que já participei até o momento e, acreditem, eu participo de muitos eventos”, afirmou após o evento.

Outro destaque do CONAJE AGRO foi a mesa redonda sobre Sucessão Familiar no Agronegócio, que teve como convidados  Alessandra Zanotto, João Pedro Franciosi, Rafael D’Agostini, Diego Kuffel e Rafael Teixeira. A rica discussão baseada em experiências foi conduzida pelo vice-presidente da associação, Claiton Vignatti Dani, e teve participação especial do palestrante. “Fiquei muito satisfeito com o nível de maturidade e profissionalismo com que vocês estão vivenciando o processo de sucessão familiar. Essa troca de experiências é rica e a gestão tem ferramentas para ajudá-los com todos os desafios debatidos aqui”, afirmou Lupinacci.

Para Alessandra Zanotto,  a experiência foi importante. “Foi muito gratificante contar um pouco da minha história e experiência como sucessora de um Grupo Agrícola Familiar no CONAJE. Penso que, falar de como comecei no processo, da minha trajetória e como me encontro hoje, pode ajudar as pessoas a despertarem um interesse pelos negócios de suas famílias ou até mesmo, se já estão, reconhecerem que os desafios são na maioria das vezes o mesmos e que há solução, principalmente quando se tem certeza de onde se quer chegar. Olhar pra traz e lembrar dos obstáculos e das resistências que encontrei ao longo desses anos, e falar sobre isso, me faz refletir sob quão vencedora já fui, e mesmo não fazendo mais do que minha obrigação, aos olhos da minha família, há uma satisfação pessoal que me move ainda mais a cada dia! O evento foi um sucesso e sem duvida abriu portas para novas ideias e processos de gestão”, afirmou. Rafael D’Agostini, também convidado da mesa redonda, confirmou: “O evento foi engrandecedor. Junto com meus colegas na mesa redonda, percebi que cada existem dificuldades genéricas à todos, como o convívio familiar e o difícil processo de finalmente ‘passar o bastão para outra mão’. A sucessão traz junto com ela novos projetos e novas ideias que, naturalmente, os jovens desejam implementar e, em alguns momentos, são essas sugestões que levam à desarmonia. Aprender a lidar com isso é essencial, assim como sempre deixar prevalecer o amor entre a família. Foi engrandecer, pois tivemos a oportunidade de ouvir várias historias e também dicas práticas fundamentais. Ao fim, é necessário perceber que sob orientação correta de profissionais adequados é possível obter o melhor resultado para continuidade da empresa”.

Com mais esse evento de sucesso, a AJE LEM reafirma seu trabalho em prol do empreendedorismo com projetos e formatos inovadores. O próximo evento da associação, previsto para ocorrer no mês de outubro, será mais um Happy AJE.

Interessados em buscar mais informações sobre a AJE LEM podem entrar no site www.ajelem.com.br ou seguir o trabalho da associação pelas redes sociais: www.facebook.com/ajeluiseduardomagalhaes e no Instagram como @aje.lem.

Fotos: Agência Immagine

Uma agência incomum de comunicação integrada.