Maria Brasil é a 1ª palestrante do FEL 2020

Vamos aquecer as turbinas para mais um encontro potente e enriquecedor?

Declaramos oficialmente aberta a temporada 2020 do Fórum de Empreendedorismo de Luís Eduardo Magalhães, o FEL, que já tem data marcada e endereço confirmado! Esse ano o evento acontecerá no dia 18 de abril, no Auditório do SENAR/Sindicato Rural de Luís Eduardo Magalhães.

O FEL é um evento inovador, que engaja e atualiza empreendedores, líderes, profissionais das diversas área e estudantes que abraçam o desejo genuíno de empreender, aprofundar ou desenvolver conhecimentos e novas ferramentas para sua carreira profissional.

O propósito do FEL é inspirar e conectar profissionais e empresas ao seu propósito, se tornando a chave para a transformação de pessoas e marcas!

Escolhidos a dedo, os palestrantes desta edição proporcionarão ao púbico do fórum momentos de conexão, visão ampliada sobre negócios, inovação e consumo consciente. Para te ajudar a descobrir e alimentar “O que te move?”, o evento traz assuntos pertinentes à transformação que o mercado há de passar neste e nos próximos anos, como: liderança para times multi-gerações, consumo consciente, marketing digital, sistema B e economia circular.

Mais do que um momento de imersão e de transformação pessoal e profissional, será um espaço rico em diálogos com conteúdo, que engrandecem, valorizam e evidenciam potencialidades. Um espaço de troca, que vai reforçar a importância da geração de valor consciente e com propósito.

Dito isso, por que não dar um “spoiler” mais concreto do que vem por aí?

PALESTRANTE CONFIRMADA

MARIA BRASIL @maribrasil_

TEMA: PANE NO SISTEMA: CONSTRUINDO UM DIGITAL MAIS HUMANO, SIGNIFICATIVO E DE VALOR.

A Maria Brasil foi uma das palestrantes do FEL 2019 e, tendo feito sucesso absoluto na última edição, Maria volta este ano cheia de energia para compartilhar um tema essencial em tempos de marketing digital, trazendo discussões pertinentes e urgentes sobre a construção de um digital mais humano, significativo e de valor.

Especialista em Comunicação Estratégica e Gestão de Marcas pela UFBA com passagem pela Universidad Europea de Madrid, Maria tem Especialização pela ESPM e New York University, é fundadora da Essence Branding – empresa que tem ressignificado o branding em Salvador e, em sua carreira, já atuou como Executiva de Planejamento atendendo clientes como Coca-Cola Brasil, Heineken, McDonald’s, Itaú. Também é autora do livro O Discurso do Réu.

“Revolução digital, indústria 4.0, digital influencers, inbound marketing, produção de conteúdo, autoridade, likes, e… pera aí! Pra onde foram os seres humanos? Em meio a toda essa transformação, não se pode esquecer da humanização. Antes de pensar no algoritmo, precisamos pensar nas pessoas.”

Para participar do FEL, é preciso apenas duas coisas: ter vontade de APRENDER e garantir logo seu ingresso na pré-venda com desconto especial. E, nesse mundo tão digital, os ingressos já estão disponíveis na plataforma do Sympla clicando AQUI.

Para profissionais: promocional por R$ 120 e casadinha (2 ingressos) por R$ 200.

Para estudantes: promocional de meia entrada por R$ 60!

Ingressos promocionais limitados!

 

Empreender, Agregar, Informar, COMPARTILHAR! É isso que nos move! ATREVA-SE.

 

INFORMAÇÕES DO EVENTO

Sábado, 18 de abril, 08h30 às 20h

Local: Auditório do Senar/Sindicato Rural de LEM

 

INFORMAÇÕES E PATROCÍNIOS:

DÁVILA KESS | 77 9 9830.1122 | agenciaimmagine@gmail.com

SEBRAE | Agenda de capacitações de março inclui Seminário da Mulher Empreendedora

Inscrições para outras capacitações que acontecem em Barreiras e Luis Eduardo Magalhães também já estão abertas

Com foco na gestão e no fortalecimento dos pequenos negócios, o Sebrae em Barreiras já está com inscrições abertas para cursos de capacitações empresariais que acontecem durante todo o mês de março. São palestras, seminários e oficinas nas áreas de atendimento ao cliente, técnicas de negociação, planejamento estratégico e gestão de pessoas. As inscrições já podem ser feitas na Loja Virtual do Sebrae.

Um dos destaques é o Seminário da Mulher Empreendedora “Somos uma só mulher”, que acontece no dia 27 de março em Barreiras, em comemoração. A programação contará com palestras e apresentação de cases de sucesso, proporcionando a troca de conhecimento e experiências entre convidadas e participantes, que podem aprimorar suas atividades para que obtenham sucesso no mercado.

Além disso, a instituição está com uma programação voltada para os setores automotivo, de materiais de construção e beleza e estética. A ação faz parte do Sebrae Conecta, uma solução empresarial desenvolvida para atender demandas setoriais de micro e pequenas empresas e trará palestrantes de renome nacional.

Para quem quer empreender, o Sebrae está oferecendo a oficina de Modelagem Negócios – Canvas. O conteúdo abordado será voltado para a segmentação de clientes, proposta de valor, canais de comercialização e comunicação, relacionamento com cliente, fontes de receita, recursos principais, atividades principais, parcerias-chave e custos principais.

O gerente regional do Sebrae em Barreiras, Emerson Cardoso, que atende todo o Oeste da Bahia, explica que durante o ano a instituição oferece consultorias, treinamentos, palestras, seminários, publicações e uma série de outros serviços para os donos de negócios nos mais diferentes estágios de empreendimento. “Importante salientar que temos outras ações sendo realizadas em paralelo nas áreas de inovação e tecnologia, comercialização e agronegócio. Tudo depende da vocação do município e da parceria com as entidades de classe ou prefeituras”, destacou.

Mais informações podem ser obtidas na Unidade Regional do Sebrae, que fica na Avenida Benedita Silveira, 118, Edifício Portinari, Barreiras, ou através do telefone 3611-3011.

Confira a programação para o mês de março

08/03 – Em Luís Eduardo Magalhães – Seminário Tendências e oportunidades no varejo de materiais de construção (Sebrae Conecta)
09/03 – Em Barreiras – Palestra o microempreendedor Individual / Passo a passo para a formalização começar bem
09/03 – Em Barreiras – Oficina modelagem de negócios canvas
12/03 – Em Barreiras – Seminário suspensão automotiva (Sebrae Conecta)
12/03 – Em Barreiras – Seminário panorama e oportunidades para o segmento de beleza e estética (Sebrae Conecta)
13/03 – Luís Eduardo Magalhães – Seminário panorama e oportunidades para o segmento de beleza e estética (Sebrae Conecta)
14/03 – Em Barreiras – Seminário injeção automotiva (Sebrae Conecta)
14/03 – Em Luís Eduardo Magalhães – Seminário tendência e inovação: o futuro da manutenção automotiva (Sebrae Conecta)
15/03 – Em Barreiras – Seminário tendência e inovação: o futuro da manutenção automotiva (Sebrae Conecta)
16/03 – Em Barreiras – Palestra o microempreendedor Individual / Passo a passo para a formalização começar bem
23/03 – Em Barreiras – Palestra o microempreendedor Individual / Passo a passo para a formalização começar bem
27/03 – Em Barreiras – Seminário da Mulher Empreendedora “Somos uma só mulher”

Fonte: Assessoria de Comunicação SEBRAE Bahia

3º Fórum de Empreendedorismo de LEM acontecerá em março e trará palestrantes nacionais

O FEL, Fórum de Empreendedorismo de Luís Eduardo Magalhães, já está com sua edição de 2018 confirmada para os dias 09 e 10 de março! O evento ocorre desde 2015 e movimenta empresários não só da cidade, mas de toda região, considerando que o FEL é o único fórum voltado para o empreendedorismo em todo oeste baiano. Em crescimento a cada edição, inclusive na última, circularam no evento cerca de 350 pessoas. A proposta é trazer motivação e qualificação através de uma experiência inesquecível que mistura inovação, capacitação, desenvolvimento profissional e network.

Você já ouviu aquela história que, para alcançar sucesso é preciso não só inspiração, mas muita transpiração também? No FEL, você vai encontrar e trabalhar estes dois pontos. “Temos que estar sempre nos capacitando, sempre procurando novos conhecimentos para estar cada vez melhor. Todas as palestras foram muito boas, adquirimos bastante conhecimento e com certeza vou aplicar todos eles”, confirmou o empresário e presidente da CDL LEM, Gilson Sena sobre a edição passada.

O FEL não é apenas onde se ouve palestras interessantes, de pessoas interessantes, mas um momento de imersão com muita prática, networking e contato real com empresários e oportunidades. Para Albenira da Conceição do Pillar Silva dos Santos, da empresa Inovação Agrícola, o último fórum trouxe informações relevantes para serem aplicadas no seu dia a dia. “Gostei muito das palestras por ter assuntos que vou usar no dia a dia, que ensinam como lidar com a empresa. Achei importante também falar sobre os aplicativos que são ferramentas úteis e que que não usamos por falta de conhecimento.”

Imagina só, você aprendendo muito em um ambiente com vários outros empresários que também estão buscando se capacitar, criando vínculos e estabelecendo contatos que podem trazer crescimento e melhoria para os mesmos e para a sociedade?

O tema deste ano é “A Nova Era do Consumo”. Afinal, no que você acha que os consumidores atuais estão interessados? O que eles buscam ou vêem como diferencial para serem reais clientes? E como se compreender para que, em sua melhor versão você possa usar da inovação, das redes sociais e do design thinking para compreender melhor e manter suas relações com clientes, parceiros e fornecedores de maneira sólida, moderna e dinâmica?

Venha descobrir no FEL! O evento ocorre no Hotel Solar e a programação começa na sexta, dia 09, com um credenciamento a partir das 17h00 e termina as 18h no sábado dia 10.

Os 100 primeiros ingressos estão com valor de lote promocional, por apenas R$ 100 para ambos os dias!

Por que comprar? Além de aproveitar esse preço super especial, olha o que a empresária Telma Gomes, da Corretora de Seguros Anfis disse sobre o último FEL: “Investi no FEL porque acredito em treinamento e mudança. Sem treinamento a gente para no tempo”.

E os temas e palestrantes já confirmados?

 

Thiago Martins

Fundador do site Marketing sem Gravata, autor do livro Inovação Digital e doutorando em Comunicação, ele vem diretamente do Paraná para falar sobre “Workchoque de redes sociais – Venda Mais!”

Com vários cases e exemplos a palestra foca em como usar a internet para vender mais, desde ações em redes sociais, criação e alimentação de blog até ações de publicidade no Youtube e Google.

 

Andrey Antunes

Andrey possui conhecimento em inovação e design thinking e MBA em Gestão da Inovação Tecnológica pelo Reino da Suécia. Ele vem de Salvador para falar sobre o tema: “Usando o design thinking para guiar a inovação em seu negócio”

A inovação apresentada em um produto ou serviço pode ser o diferencial da sua liderança no mercado e está longe de ser algo místico, podendo ser aprendido e aplicado em qualquer empresa. Os participantes vão conhecer os conceitos atinentes à Gestão da Inovação e Design Thinking, e aprender a aplicação de instrumentos e técnicas para sua implantação no âmbito organizacional.

 

Samuel Bortolin

Triatleta com paralisia cerebral de grau severo e palestrante motivacional, que trará como tema “Seja sua melhor versão”

O principal objetivo desta palestra é ressignificar vidas através de um exemplo legítimo de persistência, foco e determinação. Samuel com sua emocionante história de superação, traça um paralelo de como suas atitudes positivas influenciaram em seu destino, motivando os participantes a serem suas melhores versões em todos os aspectos.

 

Jacqueline Hermes

Advogada, palestrante e instrutora de treinamentos Dale Carnegie e Eneagrama. Ela falará sobre “Eneagrama e Gestão Emocional – Você se conhece?”

A habilidade de gerir suas emoções está intimamente ligada ao quociente emocional de cada indivíduo, ou seja, a quanto cada indivíduo é inteligente emocionalmente. Essa inteligência é um conjunto de competências, que podem ser desenvolvidas gerando a capacidade de reconhecer e compreender as emoções em si e aos outros, de pensar com clareza e objetividade sobre as emoções e usar esse conhecimento para gerir seu comportamento e relacionamento.

 

E aí, vamos garantir o seu ingresso?

O principal ponto de venda em Luis Eduardo Magalhães é na própria Agência Immagine, localizada no Jardim Paraíso, Rua Glauber Rocha, 307, sala 2. Telefones: (77) 9 9830.1122 / 9 9969.9679

Vendas Online NESTE LINK.

Realizado carregamento teste de algodão produzido do Oeste baiano via Porto de Salvador

A proposta de exportar o algodão produzido do oeste da Bahia pelos portos do Norte e Nordeste do Brasil começou a sair do papel com uma carga piloto do produto, enviada para exportação, via Porto de Salvador (BA). O carregamento teste teve por objetivo mensurar os custos e benefícios desta prática, a fim de diminuir a pressão sobre o Porto de Santos, destino final de praticamente toda a produção brasileira que, em períodos de pico de safra fica sobrecarregado. Como consequência, os atrasos no embarque oriundos da falta de contêineres e caminhões para transportes da carga, são frequentes.

Via terrestre, a carga saiu de uma fazenda da região com uma carga de 200 toneladas de algodão, até o desembarque em armazém, seguindo para o terminal marítimo e, finalmente embarcada, rumo à Turquia, no Oriente Médio. Este piloto foi realizado no último mês, no dia 21 de novembro, porém, a logística e organização da operação teve início ainda no ano passado, com uma série de encontros entre representantes da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), da XinguAgri, da Louis Dreyfus Company, uma líder na comercialização e no processamento de produtos agrícolas; do armador (MSC) e do Grupo Wilson Sons, operador do Terminal de Contêineres do Porto de Salvador (Tecon).

“Este teste não só valida como garante que há infraestrutura necessária para que Salvador seja a porta de saída do algodão de imediato. Com retroarea adequada e a capacidade de atendimento do porto, conseguimos, de forma integrada, dar competitividade as exportações para Europa e Oriente Médio. Para a próxima safra, associar a esta infraestrutura um serviço direto a Ásia, tornaria o porto de Salvador a melhor opção para exportação de algodão do MATOPIBA”, diz o gestor comercial do Tecon, Guilherme Dutra, que acompanhou toda a operação.

Para Brenno Queiroz, da Louis Dreyfus Company, que também acompanhou o embarque, essa possibilidade de exportação pode se tornar uma realidade para exportar o algodão do oeste da Bahia de forma mais eficiente. “O teste piloto foi bem-sucedido e a comunicação fluiu bem entre todos os envolvidos. Para os próximos testes, a ideia é aumentar a capacidade de embarque para entender o que deve ser melhorado, como, por exemplo, quantidade de contêineres e de carretas, mas, também, o que pode ser melhorado em relação aos custos do frete marítimo, comparado ao que já é operado atualmente em Santos”, afirma.

Armador responsável pela operação de logística de transporte carga, Michel Generozo, da MSC Mediterranean Shipping do Brasil, diz não ter dúvidas que em breve grande parte da safra agrícola do oeste da Bahia será exportada via Porto de Salvador. “Estamos estudando a logística do algodão baiano há algum tempo visando entender como poderíamos contribuir com nossos serviços. Levantamos todas as necessidades e dificuldades e montamos um projeto que engloba o transporte terrestre, a estufagem, além do transporte marítimo”, explica Generozo, ao garantir a viabilidade do projeto.

 A ideia de criar novas rotas, com frequência regular, nos portos das regiões Norte e Nordeste do país, e relocar para estes a produção do Matopiba, acrônimo referente às áreas agrícolas de cerrado nos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí, e Bahia, sendo esta última o segundo maior produtor do Brasil, vem sendo estudada já há um bom tempo pelos produtores de algodão, por meio da Abapa.

“Hoje, de 1,6 milhão de tonelada de pluma que o Brasil produz, cerca de 800 mil toneladas abastecem o mercado interno e o restante é exportado, principalmente, para a região sudeste da Ásia. Não há expectativa de um aumento considerável do consumo no mercado interno. Então, para o setor algodoeiro nacional crescer, é imperativo exportar. Mas o comprador quer ter segurança de que terá o algodão na hora e no lugar certos”, explica o presidente da Abapa, o agricultor Júlio Busato. Atualmente, 90% do algodão brasileiro saem pelo Porto de Santos. De acordo com o levantamento de intenção de plantio da Associação Brasileira de Algodão (Abrapa) para 2017/2018, o Matopiba deve produzir em torno de 575 mil toneladas de pluma. Deste total, cerca de 60% deverá ser destinado para o mercado externo.

Abapa promove Seminário sobre Rentabilidade na Cultura do Algodão

A Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) realizou, na tarde da última sexta-feira, 09, o Seminário sobre Rentabilidade na Cultura do Algodão, em Luís Eduardo Magalhães. O evento foi marcado por palestras e pela interação do público, ao tratar do tema, que é fundamental para os cotonicultores da região oeste, que prospectam uma boa safra 2017/2018.

O Seminário foi realizado com o objetivo de fornecer mais conhecimentos aos associados, como disse o presidente da Abapa, Júlio Cézar Busato, na abertura do evento. “Queremos promover uma discussão entre os produtores e colocar à disposição deles, informações que julgamos importantes como, por exemplo, algumas práticas úteis para que melhorem a obtenção de crédito junto ao mercado e aos agentes financeiros”, disse.

Em seguida, teve início a primeira palestra da tarde, ministrada pelo Gestor da CRD Capital Administradora de Recursos, Pedro Marcílio, que falou sobre o tema “Financiamento ao produtor: Visão do Credor”. Na ocasião, o palestrante deu dicas que podem ajudar os produtores a tomarem atitudes positivas e que auxiliem a liberação de crédito, junto ao mercado e as instituições financeiras. Foram abordados assuntos como a precificação do seguro na cultura do algodão e dicas que podem ajudar os produtores a conquistarem maior confiança, junto às entidades financeiras e, consequentemente, reduzir o valor das taxas de juros. “O erro está em não entender de onde vem o recurso para crescer, qual é o recurso adequado e qual seu prazo correto. Falta um maior controle contábil e financeiro por parte do produtor, o que acaba gerando uma insegurança aos bancos, fazendo com que o valor das taxas aumente”, afirmou.

De acordo com Pedro, os esforços em relação às boas práticas agrícolas e atitudes corretas, levando em conta a regularização ambiental, por exemplo, ajudam na confiança que as entidades credoras depositam no produtor. Pedro também sugeriu a criação de um banco de dados, tanto de clima como de produtividade, que seja validado junto às instituições financeiras, para dar maior segurança e tranquilidade às instituições a investirem na Bahia. “A criação e validação desse banco de dados vai se transformar em benefícios para o produtor, através do aumento de volume de crédito e redução de custos”, corroborou Busato.

A segunda palestra da tarde, foi ministrada pelo Coordenador do Núcleo Econômico da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), Renato Conchon, sobre o tema “Desafios da economia brasileira e seus reflexos no mercado de commodities”. Conchon falou sobre o crescimento de 9% estimado para a agropecuária em 2017, o que anima muitos produtores, principalmente os da região oeste, que se recuperam nesta safra com uma produtividade melhor do que os últimos anos. “Segundo o projeto do CNA Campo Futuro, a previsão para este ano é o que custo do algodão tenha um aumento de 8,9% em relação ao ano anterior. No entanto, a estimativa é de que a receita prevista irá conseguir pagar o custo de operação total e efetiva, o que dará uma leve folga ao produtor”, disse.

Após as palestras, os presentes puderam tirar suas dúvidas e também opinar acerca dos assuntos levantados. O evento teve o apoio do Instituto Brasileiro do Algodão (IBA) e do Fundo para o Desenvolvimento do Agronegócio do Algodão (Fundeagro). No mesmo dia, a Abapa realizou um jantar de confraternização, que marcou o início da programação do Dia de Campo do Algodão 2017.