Patrícia Guerra para Encontro das Griffes – Parte 2

Uma semana depois do Miss Brasil 2015, vamos falar de novo da nossa Miss Bahia. Aliás, ela é uma das 10 mulheres mais lindas de todo o País!

Com alguns Títulos de Beleza no currículo, como Miss Brasil Latina e Vice Miss América Latina no Mundo, em 2014, e Miss Bahia 2015, a Patrícia Guerra fez bonito e representou lindamente todas as baianas no concurso nacional. Linda, por dentro e por fora, a Paty é uma miss de verdade que muito nos orgulha.

IMG_9080 b
Make by Camila Pivotto
IMG_9083 b
Vestido perfeito para um dia de verão

Onde você vai passar o verão este ano?

Seja na praia, na beira do rio ou perto de uma bela cachoeira, os looks para este verão pedem muita bossa, conforto e as cores que tem tudo haver com essa estação.

Nesta quinta-feira a Miss Bahia Patrícia Guerra trás neste belíssimo look da Encontro das Griffes uma proposta para uma noite de verão perfeita por onde que que você vá. Aproveite os preços maravilhosos da loja e curta o verão ainda mais linda com os looks da Encontro.

IMG_9075 b

O vestido é Encontro das Griffes, acessórios Rubi Semijoias, fotografia Alex Hideo, maquiagem Camila Pivotto Make-Up e cenário Horto Florestal.

IMG_9054 b

IMG_9082 b

Onde encontrar a Encontro das Griffes? Rua Pará, 19, Centro, LEM

IMG_9086 b

Créditos:

Looks: ENCONTRO DAS GRIFFES

Acessórios: RUBI SEMIJOIAS

Stylist: DÁVILA KESS

Fotografia: ALEX HIDEO

Maquiagem: CAMILA PIVOTTO

 

Inscrições abertas para a 2ª Mostra de Moda, Arte e Decoração (MMAD)! Já se inscreveu?

Estão abertas as inscrições para a 2ª Mostra de Moda, Arte e Decoração (MMAD), evento cultural realizado pela Agência Immagine. A mostra acontece entre os dias 12 e 14 de novembro, na sede social do Clube Rio das Pedras em Luís Eduardo Magalhães. Entre os destaques da programação, em sua maioria gratuita, estão o lançamento do novo livro do escritor luiseduardense – e colunista do blog – Anton Roos e a palestra com o renomado fotógrafo Rui Rezende, que recentemente lançou um livro de fotos sobre a região oeste da Bahia. “O MMAD surgiu das discussões realizadas com a comunidade e com personagens da cena artística da cidade, onde a necessidade de unir artistas e compartilhar conhecimentos sempre se mostrou uma necessidade emergencial. A 1ª edição aconteceu no ano passado, na loja Décorer, e nos surpreendemos com a média de 1500 pessoas que participaram da mostra. Esses números nos levaram para o Clube Rio das Pedras, que comporta um número muito maior de visitantes”, afirmou Dávila Kess, sócia da Agência Immagine.

mmad1

As inscrições para todos os itens da programação entre 09h e 18h de quinta e sexta e para o dia todo no sábado são gratuitas, sendo necessário apenas que o visitante leve, no dia, um quilo de alimento que será doado a uma instituição beneficente. Na quinta e sexta-feira, a programação noturna terá ingressos vendidos a dez reais, preço válido até 30/10.

Ao realizar esta mostra com acesso gratuito para oficinas e exposições, o projeto beneficiará o público de todas as classes sociais com um movimento cultural rico e capaz de fomentar mudanças e inspirar a criatividade. A proposta de diálogo com a sociedade sobre cultura e arte abrirá portas para diversos grupos e artistas de diversas expressões artísticas e promoverá a integração cultural entre os mesmos.

mmad_2

Confira a programação e inscreva-se:

QUINTA-FEIRA, 12 DE NOVEMBRO

09h às 22h: Exposição fotográfica “Retratos da Desigualdade” e Exposição de Artes.

09h30 Café com Ideias. Mesa redonda sobre decoração com Lillian Accioly, Ligiane Kuffel, Claudia Leão, Marcelo Ferruccio, Fábio Marcacini, Susane Karine.

10h30 Oficina gastronômica com Vivianne Peruzo: Mil faces do iogurte.

10h30 Oficina de decoração com Bia Muller: Checklist – O segredo para organizar uma festa.

14h Oficina de Artesanato com Moniquita: Flores de fuxico.

15h Oficina de decoração e gastronomia com Juliana Galvão: Decoração natalina com mini cupcakes.

16h Oficina de fotografia com Helena Omena: Fotografando Crianças.

16h Palestra de comunicação com Cátia Dörr: A comunicação como fator estratégico.

19h “Olhares do Oeste” – projeção de fotos no ambiente externo.

19h Lançamento do livro A Revolta dos Pequenos Gauleses de Anton Roos (R$ 10).

20h Fashion Show – Desfiles de moda e Show com Vintage Band + DJ Charles (R$ 10).

22h Encerramento.

SEXTA-FEIRA, 13 DE NOVEMBRO

09h às 22h: Exposição fotográfica “Retratos da Desigualdade” e Exposição de Artes.

09h Oficina Gastronômica com Marina Sabino: Sucos Gourmet.

09h Oficina de Consultoria de Imagem com Fernanda Wustro: Identificação de Estilos.

10h30 Oficina de Vitrinismo com Dávila Kess e Mônica Zanotto: Vitrinismo como estratégia comercial para vendas.

14h Salão de Tendências de Beleza com Aline Viccini, Camila Pivotto e Maria Bonita.

15h Oficina de Aromaterapia Provanza: Aumente suas vendas com Aromaterapia.

16h30 Oficina de Artenasato com Claudia Carossi: Kits natalinos para presentear.

17h Roda de conversa com Olavo Nascimento: Chás & Acompanhamentos.

19h “Olhares do Oeste” – projeção de fotos no ambiente externo.

19h Palestra Ver Fotos & Ouvir Histórias com o fotógrafo Rui Rezende (R$ 10).

20h Fashion Show – Desfiles de moda e Show com banda Afro Peko e DJ Charles (R$ 10).

22h Encerramento.

SÁBADO, 14 DE NOVEMBRO

09h às 22h: Exposição fotográfica “Retratos da Desigualdade” e Exposição de Artes.

09h Café com ideias. Oficina literária com Anton Roos e EX Editora.

09h Oficina gastronômica kids com Rafaela Mendes: Pirulito de chocolate.

10h30 Oficina gastronômica kids com Ninne Ribeiro: Brigadeiro frio no palito.

14h Oficina de Cinema com Michel Santos: Conhecendo a linguagem audiovisual.

16h Sessão Cinema comentada com Michel Santos dos filmes: Alguma Coisa na Vida (documentário/Luís Eduardo Magalhães, BA), Malha (documentário, PB), Sophia (ficção, PB), Carranca (ficção, BA), Atrás da História [Ou No Coração do Filme] (ficção, GO) e João Heleno dos Brito (ficção, PE).

18h Apresentações Culturais diversas com teatro, canto e dança. Entre os convidados o Coral da Igreja Presbiteriana do Brasil, Class Escola de Dança e a Cia Teatralizando (com o teatro Circo).

19h “Olhares do Oeste” – projeção de fotos no ambiente externo.

20h Encerramento.

Inscrições pelo site www.immagine.blog.br/wordpress/mmad

Maiores informações e ingressos: Agência Immagine / 77 99152-6255 ou 77 99933-3055

Fashion Editorial Encontro das Griffes – Looks para o show do Wesley Safadão

Amanhã tem show do Wesley Safadão em LEM! Você vai para o camarote ou para pista? Não importa: o que importa é que, se você vai neste show, você vai para dançar MUITO!

Este show pede por looks mais confortáveis, afinal de contas será uma noite de muita diversão e muito arrocha. A loja Encontro das Griffes trás, nesta semana, duas opções de looks para você arrasar no show. São duas sugestões para dois tipos de gatas: uma mais sofisticada, que ficará toda linda e majestosa no camarote, e outra opção para uma gatinha que vai se jogar na pista, curtindo cada segundo e dançando muuuuuuuiiiiiiiitooooooo.

Então vem comigo e confira estas duas apostas para fazer bonito no show desta sexta:

IMG_7151 b
Bolsa R$ 99

Este look, vestido pela nossa top maquiadora e modelo deste editorial Ananda Zanetti, é uma ótima pedida se você vai se jogar na pista sem medo de ser feliz.  Uma proposta confortável e lindamente fresquinha para dançar a noite toda fazendo bonito.

IMG_7162 b
Blusa R$ 89 e Short Alfaiataria R$ 99

Combo do sucesso: short de alfaiataria, um top com textura similar ao couro na parte externa, com recortes vazados nas costas que vão dar um frescor extra ao look e, para arrematar, uma bolsa prática e linda, acessórios leves e uma sandália extremamente confortável.

IMG_7168 b

Para você que tem um estilo mais sofisticado e elegante, a opção para arrasar no camarote é este vestido  maravilhoso. Um modelo curto na medida, exaltando beleza e bom gosto. A peça inteira bordada possui um destaque no decote em tule, que dará alta respirabilidade à produção além de um toque de sensualidade, te deixando linda e fresquinha do começo ao fim da balada.

IMG_7260 b

IMG_7340 b
Vestido 3x de R$ 123

IMG_7269 b

Para arrematar esse look, combine uma clutch, acessórios leves e uma sandália poderosa que, é claro, também deve ser confortável o suficiente para você aguentar a noite toda.

IMG_7266 b
Clutch R$ 99

P.S.: Além de looks confortáveis, um show como este pede um calçado perfeitamente adequado para você dançar muito sem ficar arrancando sapato e botando os pézinhos no chão no meio da balada (isso é muito feio). Então vá com algo que realmente consiga fazer bonito do começo ao fim!

Créditos

Looks, bolsa e cluth: Encontro das Griffes

Modelo e Make: Ananda Carla Zanetti

Fotógrafo: Alex Hideo

Semijoiais: Rubi Semijoias e Acessórios

Stylist: Dávila Kess

Locação: Studio Ananda Zanetti

Sonar Brasília | Uma experiência cultural através de música e fotografia

Imagine o Museu da República com sua arquitetura singular. Já é uma visão maravilhosa que enche os olhos. Agora imagine uma projeção de fotos incríveis de todos os lugares do mundo, na parede da cúpula do Museu, ao som de DJs convidados que conduzem a trilha sonora, proporcionando uma verdade experiência cultural e multissensorial ali, no coração de Brasília. Uma sensação única.

Esse projeto existe e se chama Sonar, criado pelos amigos João Paulo Barbosa e Philippe Nagô, fotógrafo e DJ, respectivamente. Mais do que um projeto, o Sonar é a junção de sonhos e experiências de dois profissionais talentosos com um rico olhar cultural, dispostos a levar cultura e sensações por todos os cantos do Distrito Federal. O projeto engloba fotógrafos e Djs convidados a mostrarem sua arte em locais públicos e gratuitamente. Os DJs criam um set musical ao vivo inspirado nas imagens, de forma que a música se encaixe perfeitamente nas fotografias e paisagens. Uma arte que fortalece a outra e aumenta a intensidade dos sentimentos de qualquer pessoa que se concentre naquele momento.

Os DJs apresentam seus trabalhos dentro da UruKombi, uma Kombi vintage adaptada pelo DJ Nagô que virou um palco itinerante. Ao redor dela, vendedores ambulantes animados se misturam com food trucks e beer trucks. Eu e a Dávila tivemos a oportunidade participar de uma das últimas edições do Sonar 2015, na noite de quarta-feira, 16 de setembro, onde também conhecemos os organizadores do projeto. Saímos encantadas, cheias de ideias e novidades para trazer um pouco daquilo tudo para Luís Eduardo Magalhães, através da 2ª edição do MMAD – Mostra de Moda, Arte e Decoração, previsto para acontecer em novembro.

João Paulo Barbosa e Philippe Nagô

Fizemos uma entrevista com os dois organizadores para apresenta-los à vocês e trazer um pouco do Sonar para LEM. Vamos nos inspirar?

 

João Paulo Barbosa

Idade? 41 anos

Profissão? Fotógrafo

Formação acadêmica? Sou formado em História na Universidade de Brasília

Quando e como você começou a fotografar? Eu comecei a fotografar aos 10 anos com meu pai, que me ensinava a mexer na câmera dele. Profissionalmente comecei a fotografar aos 22 anos.

Você tem cursos de formação na área ou é autodidata? Tenho vários cursos de fotografia que eu fiz depois de começar a fotografar. Então eu aprendi a fotografar com amigos fotógrafos e com meu pai. O cinema me ensinou muito sobre fotografia também. E sempre procurei fotógrafos que eu admirava para verem meu trabalho, direcionar e também criticar o que eu estava fazendo.

Ilha Booth, Antártica.

Já lançou livros próprios ou teve participação em outros livros? Tenho 07 livros e participei de, pelo menos, mais uns 7 livros. Os meus livros são sobre o Parque Nacional de Brasília, Coréia, Indonésia, Equador, Culinária Europeia, Artesanato Brasileiro e Antártida.

Quantos prêmios você já recebeu e quais foram os mais importantes e significativos? Eu já fui finalista de alguns prêmios aqui no Brasil, Espanha, Inglaterra, Indonésia e EUA. E ganhei dois prêmios importantes, um deles no Canadá, do Banff Centre. Em 2012 fiquei em segundo lugar no National Geographic, na Europa.

Quantos países você já fotografou e quais os mais impactantes para você? Já fotografei mais de 30 países, foram mais de 100 viagens de trabalho para fotografar. No Chile, por exemplo, já fui 27 vezes para fotografar. Os países que eu mais gosto de fotografar são a Índia, Indonésia, Chile, Brasil e Antártida, que não é um país mas é fascinante.

O que é fotografia para você e como acredita que ela pode mudar o lugar onde você vive? Fotografia é a forma que encontrei para marcar minha presença no planeta e compartilhar a minha visão de mundo. Eu acredito que a fotografia pode dar bons exemplos, pode inspirar as pessoas a encontrarem seus próprios caminhos.

 

Philippe Nagô

Idade? 37 anos

Profissão? DJ, fotógrafo, designer gráfico

Formação acadêmica? Superior incompleto em Psicologia e Propaganda

Como surgiu a ideia de montar a UruKombi? Eu estava querendo achar uma maneira de fazer festas sem depender de aluguel de som, espaço físico, etc. Então surgiu a ideia de comprar uma Kombi antiga e transformar ela em um palco itinerante.

O que inspira a sua música? Como DJ tento sentir a energia do público e encaixar o som. Mas algumas vezes tento passar o que eu estou sentindo através da música.

Como você se tornou DJ? Quais suas influências? Desde a infância queria ser DJ, mas aconteceu mesmo quando morei na Nova Zelândia em 2007/08. Lá pude mostrar um pouco da minha pesquisa sonora.

Gosto de vários tipos de música, mas não de tudo. Minha escola foi o rock, mas busco sempre conhecer coisas novas.

O que é música para você e como você acredita que ela pode mudar pessoas? Música é o som que nos agrada. Acho que tem o momento certo para cada tipo de música. Acredito que se a pessoa realmente escuta a música e deixa o som entrar no corpo, os sentimentos mudam. Dependendo do tipo de batida, o corpo reage de forma diferente. Acredito também que o sentimento da pessoa é passado através da música.

Fale um pouco sobre sua experiência musical: Comecei desde cedo a apreciar música. Quando eu tinha 11 anos já organizava festas no salão de festas do bloco. Essa foi minha primeira experiência como DJ, mas durou pouco tempo. Só fui retomar depois dos 20 anos como hobby. E anos mais tarde como profissão. Desde 2008 toco em várias festas da cidade.

 

O Sonar

Como vocês se conheceram e como surgiu o projeto Sonar?

Nagô: Nos conhecemos através da Tati, amiga em comum, em 2006. O João me convidou pra musicar umas fotos dele e foi disso que surgiu a ideia do Sonar. Nosso objetivo era levar cultura para a população carente.

Quantas edições do sonar já aconteceram e onde elas aconteceram?

Nagô: O Sonar teve a duração de cinco semanas, sempre nas quartas e quintas em quatro cidades satélites do DF e no plano piloto. As cidades escolhidas foram Varjão, Ceilândia, Itapuã e Vila Telebrasília. No plano piloto o Sonar aconteceu no Museu da República.

Qual a relação do Sonar com a UruKombi?

Nagô: O propósito do Sonar é levar as projeções para vários lugares ao ar livre. Como a UruKombi é um projeto de evento itinerante, não teria como casar melhor os dois projetos.

Como são escolhidos os artistas convidados?

Nagô: Escolhemos artistas que tem pesquisas variadas tanto na música como na fotografia.

Até onde vocês pretendem ir com o Sonar? Terá outra edição ano que vem? Pretendem leva-lo para outros estados?

Nagô: O Sonar ainda está começando, então o projeto pode passar por algumas mudanças ainda. Não sabemos o que vai acontecer no ano que vem. Mas gostaríamos de fazer um tour pelo Brasil, sim.

O que significa o nome Sonar?

Nagô: A escolha do nome foi bem difícil. Acho que o significado seria o som que está no ar.

Chapada Diamantina por André Dib, um dos fotógrafos convidados do Sonar

Neiva Sehn lança Exposição Fotográfica Tal Pai Tal Filho

Aconteceu ontem o lançamento da Exposição Tal Pai Tal Filho, da fotógrafa Neiva Sehn e que contou com a participação especial do poeta e escritor português João Videira Santos. O lançamento aconteceu junto com a inauguração da loja Studio Móveis Compactos, no final da tarde desta quarta-feira, 05. “Fiquei muito feliz pela oportunidade de fazermos parte dessa inauguração e expor meu trabalho neste ambiente”, salientou Neiva.

Cláudia, proprietária da Studio, e Neiva Sehn

A exposição foi criada pela fotógrafa com o intuito de retratar a conexão entre pai e filhos, que muitas vezes ultrapassa o laço sanguíneo. “Nós podemos ver essa conexão através dos gostos, jeitos e manias em comum entre um pai e seus filhos. Tentei capturar um pouquinho dela para ficar eternizada em fotografias”, explicou Neiva, que convidou o português João Videira para criar poemas que complementassem a beleza das fotos.

Uma das imagens da exposição

Nascido em Lisboa, João Videira conviveu com algumas das mais elevadas figuras da língua portuguesa e foi fisgado, muito jovem, pelas artes. Ele se destacou na poesia, na música e nas artes plásticas, com diversos prêmios conquistados pelo seu grande talento. “A loja é de muito bom gosto, com peças simples e marcantes, o que tornou o ambiente certo para expormos esse trabalho despretensioso, mas elaborado em cada detalhe”, salientou o poeta.

Neiva Sehn e João Videira Santos

Todas as fotos da exposição, alusiva ao Dia dos Pais, são em preto e branco. “Escolhi registrar esses momentos únicos em preto e branco, pois a vida já é muito colorida. E desta forma me parece que a emoção fica mais nítida em cada olhar”, afirmou Neiva.

Fotos: Gabriela Fagundes e Neiva Sehn

 

 

Exposição fotográfica Tal Pai Tal Filho da Neiva Sehn

A conexão entre pai e filhos muitas vezes ultrapassa o laço sanguíneo. Ela pode ser sentida também através dos gostos, jeitos e manias em comum e pelo sentimento de admiração e confiança entre o pai e seus filhos. Foi essa conexão que inspirou a fotógrafa Neiva Sehn a idealizar a exposição fotográfica Tal Pai Tal Filho, alusiva ao Dia dos Pais.

Especialista em fotos de crianças e famílias, a fotógrafa retratou momentos cheios de amor e cumplicidade. Com cliques certeiros, as fotos revelam olhares, gestos e muito amor capturados pelas lentes da artista. Todos em preto e branco. “Cada foto tem um sentido e uma história. Nesse especial tentei registrar a beleza de momentos cotidianos, que às vezes nos passa despercebida, assim como a sintonia entre os pais e os filhos em diversos momentos da vida”, afirma Neiva.

A exposição contará também com os poemas de João Videira Santos, poeta, escritor e pintor português. Nascido em Lisboa, ele conviveu com algumas das mais elevadas figuras da língua portuguesa e foi fisgado, muito jovem, pelas artes. Paralelamente à atividade profissional, política e sindical, desenvolveu a sua criatividade, não só na poesia, como, também, na música e nas artes plásticas, sendo premiado em todas as suas facetas. João foi convidado pela fotógrafa para retratar em versos as imagens da exposição. “Resolvi aproveitar a presença de um poeta tão talentoso em nossa cidade. Os poemas serão escritos para cada imagem e será a primeira vez que uma exposição minha terá esse complemento, trazendo um significado ainda maior ao unir imagens à palavras”, salienta Neiva.

E para compor o cenário perfeito, a exposição será lançada junto com a inauguração da loja Studio Móveis Compactos, na quarta-feira, 05 de agosto, a partir das 17h. A exposição será aberta ao público a partir do dia 06, quando todos poderão ir até a loja apreciar as imagens gratuitamente.

A loja Studio está localizada na Rua Pernambuco, próxima à Sicredi, no centro de Luís Eduardo Magalhães.

 

Fragmentos, livro de autores locais, estará presente na inauguração do Centro Cultural

Engana-se quem acha que Luís Eduardo Magalhães não produz literatura de qualidade. A maior prova disso é a recém-lançada coletânea Fragmentos, compilação de poesias, contos, crônicas, desenhos e fotografia feito por autores locais. O livro é uma publicação da EX! Editora, também sediada no município com objetivo de promover a arte através de talentos da cidade.

À venda no Celso Lanches, Fragmentos também pode ser encontrado diretamente com seus autores e em eventos culturais na região. Recentemente o grupo esteve em Barreiras participando da quarta edição do Ocupe a Praça. “Conseguimos uma visibilidade interessante pro livro e pra literatura praticada em Luís Eduardo Magalhães. Muitas pessoas perguntaram e mesmo sem ter adquirido a obra demonstraram interesse na publicação” conta o jornalista Anton Roos, que participa com um conto e três crônicas em Fragmentos e também é autor do livro de crônicas A gaveta do alfaiate (2014).

Nesta sexta-feira, 31, o grupo de escritores participa da inauguração do Centro Cultural da Secretaria de Cultura e Turismo do município. Oportunidade para quem ainda não adquiriu o livro ou quer aproveitar para pegar o autógrafo de todos os autores. A inauguração está prevista para ter início às 19h.

Além do jornalista, que toda segunda-feira publica uma de suas crônicas inéditas no nosso blog, Fragmentos conta com a participação de outros oito autores e mais três organizadores. O trio Isaac Guedes, Hulle Horrana e Letícia Giotti participa do livro com suas poesias. Ricardo Haseo, Guilherme Araújo, Gloria Trentin, Alec Silva e Anton Roos assinam um conto cada. O livro tem também uma seção bônus com três crônicas do jornalista Anton Roos e um conto do escritor Rochet Tavares, autor de Criaturas (2010) e Nefasto (2012). As ilustrações são de Jardel Reis e Letícia Giotti e a fotografia de Gabriela Farias Fagundes, também autora da foto da capa. Completam o time Felipe Breunig, revisor produtor cultural, e Uêmerson de Santana, do site LEM Sem Fronteiras.

Para o escritor e idealizador do projeto Alec Silva, Fragmentos é a prova que é possível fazer arte e literatura em Luís Eduardo e região. “Fragmentos é um livro feito com muito carinho, fruto de muito empenho e talento de sobra de cada um dos envolvidos. Sem dúvidas, uma leitura prazerosa, ainda mais por se tratar de pessoas da cidade e com muito a oferecer”, finaliza.

 

Skate em Ação e exposição LEMtes em Ação Gabriela Fagundes

Aqui em LEM existe um projeto muito bacana, o Skate em Ação. Criado pelo skatista profissional Henderson Aires, o projeto alcança hoje cerca de 400 crianças e a expectativa é de que esse número se multiplique com a construção das novas pistas de skate em nossa cidade. Para comemorar o 1º ano do projeto foi organizado um campeonato de skate nesse domingo 31, no CEU’s –  Centro de Esportes e Artes Unificados, no Santa Cruz.

A comemoração teve apresentação de street dance, apresentação do vídeo comemorativo do projeto, divulgação do projeto de duas novas pistas de skate que, segundo o prefeito Humberto Santa Cruz serão construídas até o final desse ano, e a exposição LEMtes em Ação da nossa querida Gabriela Farias Fagundes.

A Gabi expôs fotos do cotidiano de skatistas e patinadores de LEM. 60 fotografias e cinco rolos de fita crepe depois, ela comemorou o sucesso da exposição.  “Estive fotografando esse pessoal desde o início desse ano. Para mostrar o resultado à vocês, contei com a ajuda e o apoio de gente que eu nem sei o nome… E como é gratificante! Passei grande parte do meu sábado recortando papel pra emoldurar as fotos e domingo pude me certificar de que todo esforço valeu a pena. Acredito que minha exposição é valiosa não por questão de dinheiro e sim porque foi inteiramente sustentada por amor”.

Confira algumas fotos do domingo:


Fotos: Gabriela Fagundes

SPORT WEAR – Editorial de Moda da Revista Carpe Diem

A 17ª edição da Revista Carpe Diem já está circulando em Luís Eduardo Magalhães e quem leu a revista com certeza reparou nas fotos incríveis do editorial de moda (páginas 48 a 54). Totalmente inspirado no sport wear, trouxemos propostas modernas, elegantes e com pegada fashion. É a moda que saiu das academias e chegou às ruas. Inovou, renovou e neste editorial de moda retornou ao estúdio de pilates ainda mais arrojada. 

A modelo – MARAVILHOSA – é a nossa Miss Brasil Latina Patrícia Guerra, que também conquistou o 3º lugar no Miss América Latina Del Mundo. Diva, talentosa e espetacular, a Patrícia encantou as lentes da fotógrafa Idaciana Pacheco representando a mulher estilosa e decidida que veste essa proposta.

A maquiagem ficou por conta da talentosa Ananda Zanetti, cuja busca foi por valorizar a beleza da nossa modelo com as cores que estão na moda. As roupas fitness são da loja By Andreza, que tem peças para todos os gostos e bolsos e as peças de moda, como o blazer, são da loja Maison Caroline, assim como algumas joias. As semijoias que encantam nossos olhos são da Nany Semijoias. A tendência dos óculos de sol espelhados ainda está em alta e todos os modelos do editorial são da Ótica Mineiros. Os sapatos – lindos e confortáveis! – e bolsas são da marca Mr. Cat.

O stylist e a produção ficaram por minha conta e a locação é no maravilhoso estúdio de pilates Core Flex. Confira a ficha técnica abaixo e o contato de cada empresa. Se gostou de alguma peça, corra para pedir antes que acabe!
Confira o editorial na íntegra, com fotos inéditas e, para onde quer que vá, leve uma pitada do estilo sport wear que inspira pessoas no mundo inteiro.

 

 

FICHA TÉCNICA
FOTOGRAFIA: Idaciana Pacheco
MAKE & CABELO: Ananda Zanetti
ROUPAS FITNESS: By Andreza
ROUPAS MODA: Maison Caroline
JOIAS: Nany Semijoias e Maison Caroline
ÓCULOS: Ótica Mineiros
SAPATOS: MR. CAT
STYLIST/DIREÇÃO: Dávila Kess / Agência Immagine
LOCAÇÃO: Core Flex Pilates & Funcional

Rui Rezende lança seu quarto livro: Oeste da Bahia – O Novo Mundo, após se recuperar de grave acidente de avião

Depois de sofrer um grave acidente de avião enquanto fazia fotos para o seu novo livro, na região oeste da Bahia, e ficar 10 dias em coma induzido e 140 dias se recuparando de lesões, o fotógrafo Rui Rezende já pode comemorar o lançamento do seu quarto livro – Oeste da Bahia – O Novo Mundo -, que acaba de sair do forno. Um trabalho incessante, que durou 3 anos e meio de pesquisa in loco e conta a história da região através de 228 imagens e textos de Cícero Felix, editor chefe da Revista A. O lançamento será realizado nas cidades de Barreiras, no SESC (13/12, das 17 às 21h) e Santa Maria da Vitória, na Faculdade Federal (15/12, das 16 às 21h). Em Salvador, o livro será lançado no dia 20 de dezembro, no Forte Santo Antônio da Barra (Farol da Barra), das 17 às 21h, com exposição fotográfica e exibição de um vídeo com cenas do making off, no melhor estilo Road Movie.

 14021_660062407442968_5264482962842191251_n

O retratista, como Rui gosta de ser chamado, sobrevoava uma plantação de algodão, com objetivo de realizar um registro panorâmico de um desenho gigante que foi desenhado no chão do terreno pelo próprio fotógrafo, com a ajuda de uma colheitadeira, quando o avião caiu. Apesar da pausa para recuperação pós-acidente, o trabalho está pronto e traz um registro memorável desta região tão rica em beleza e tão pouco registrada iconograficamente.

 

Rui Rezende clicou mais de 50 mil fotos do oeste da Bahia. De carro percorreu mais de 130 mil km e somou, ainda, mais de 50 horas de voo. Ele justifica o projeto citando a dimensão que a região oeste representa para a Bahia e para o Brasil. Na área registrada caberiam três estados brasileiros: Espírito Santo, Sergipe e Rio de Janeiro, além de fazer fronteira com Minas Gerais, Tocantins, Goiás, Piauí e Pernambuco. Ao todo foram visitados 35 municípios da face oeste do Rio São Francisco. O projeto conta com o incentivo da Lei Rouanet e o patrocínio da Galvani Fertilizantes.

1489183_10204558850147157_3505596803269007178_n

O espírito aventureiro e desbravador, que possibilitou à descoberta de imagens ainda desconhecidas, é uma característica marcante na vida do fotógrafo baiano Rui Rezende. Também foi assim em seu primeiro livro – Chapada Diamantina, Um Paraíso Desconhecido em 2012.    Outra vertente do seu trabalho, ainda como retratista da natureza, é produzir imagens abstratas explorando mais seu olhar artístico e neste tema, centenas de suas fotos foram utilizadas em vários projetos de Arquitetura e Decoração no cenário nacional, inclusive mostras de decoração.

tapete de flores_U5C0505

 

Percorrer as trilhas traçadas pela natureza e fazer desse passeio um importante e valioso registro, este é o desafio do fotógrafo que, com sensibilidade e técnica incontestáveis, consegue perpetuar o momento exato, mágico, imortalizando e tornando visível o que muitos não conseguiriam enxergar. Essa é a verdadeira alquimia da arte da fotografia. E é justamente nessa metamorfose que se concentra o olhar e o talento de Rui Rezende.

paisagem_RUI1925

LANÇAMENTO

Oeste da Bahia – O Novo Mundo

de Rui Rezende

 

* BARREIRAS – Dia 13 de dezembro, no Sesc,  das 17 às 21h.

* SANTA MARIA DA VITÓRIA – Dia 15 de dezembro, na Faculdade Federal, das 16 às 21h.

* SALVADOR – Dia 20 de dezembro, no Forte Santo Antônio (Farol da Barra), das 17 às 21h.

10712699_680600985389110_4792980420253977618_n

 

ASCOM Rui Rezende