Maior prova de corrida de rua é realizada no oeste da Bahia

A Corrida do Algodão, realizada pela Abapa, reuniu cerca de 1.000 atletas de diferentes estados brasileiros em um prova onde a superação e a alegria deram o tom

Luís Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia foi sede pelo segundo ano, da maior prova de corrida de rua que a região já viveu: a Corrida do Algodão, realizada pela Associação Baiana dos Produtores do Algodão (Abapa), no sábado (29).  O evento uniu, em um momento único, a leveza do algodão com a habilidade de atletas profissionais, amadores, cadeirantes, crianças, pais e mães, todos, percorrendo percursos pré definidos em busca de um ideal: a superação.
“É indescritível a emoção que senti, ali, na linha de chegada, entregar medalhas a pessoas cansadas, sentindo dor, sem fôlego, mas, entusiasmadas. E só posso dizer que ‘superação’ é a palavra que define este evento. Ao viver tudo isso, me sinto na obrigação de pedir aos nossos cotonicultores para que, se superem. Acabamos de colher a maior safra da história da Bahia, foram mais de 1,2 milhão de toneladas de algodão. Agora, precisamos tomar o exemplo desses homens, mulheres, crianças e cadeirantes, e assumir o compromisso de nos superar a cada nova safra, a cada novo ano”, disse o presidente da Abapa, Júlio Cézar Busato.  
A Praça do Jardim Paraíso, local do evento acolheu atletas e milhares de pessoas que foram prestigiar o evento, regado ao som da música eletrônica sob o comando do DJ Charles e do ritmo contagiante da baianidade de Bosco Fernandes. Academias, empresas de saúde e expositores do segmento do agronegócio associaram suas marcas e produtos à Corrida do Algodão. Teve ainda um espaço gourmet com uma diversidade de guloseimas, lanches e bebidas para refrescar o calor característico do oeste baiano.
A prova de abertura foi realizada pelas crianças que deixaram o circuito mais colorido, correndo ao lado de pais, tios, avós. A alegria na chegada era a marca registrada da garotada. “Essa prova foi incrível, comecei a correr incentivada pela minha mãe e cheguei entre os primeiros”, disse, orgulhosa a pequena Geovanna Cirilo, de 8 anos, que competiu acompanhada pela mãe, Ana Lídia Cirilo, que logo depois, enfrentou ainda a prova dos 5km. “Cada ano este evento está melhorando, se tornando tradição na região’, descreveu Ana Lídia.
Para os cadeirantes, que largaram logo depois das crianças, a prova foi de pura força de vontade e muita garra. Participando pela primeira vez, Silvana Guimarães, chegou em quarto lugar, ela, foi de Barreiras, com outros cadeirantes, disputar a corrida. A colocação foi o que menos importou para a atleta. “Eu vim para compartilhar um evento de socialização e principalmente, de inclusão. Tudo aqui foi organizado pensando no ser humano, isso é sensacional, estamos aqui para celebrar a vida”, disse, feliz ao receber sua premiação.
A prova mais esperada do dia mobilizou cerca de 100 pessoas envolvidas diretamente na segurança e no bem estar dos atletas durante todo o percurso que cortou ruas e avenidas da cidade. Nas categorias feminino e masculino, a disputa foi acirrada e no final, medalhas para todos. Na categoria livre de 5km e 10 km, foram distribuídos R$ 15 mil em dinheiro e troféus. “Fiquei impressionado com a organização do evento, compatível a grandes corridas que já competi no Brasil”, disse o vencedor dos 5Km, Ronaldo Lopes, que veio de Brasília (DF) para conquistar o primeiro lugar no pódio, Ele aproveitou o momento para deixar um recado. “No próximo ano, voltarei para defender o título”.
Quem era ‘só sorrisos’ foi a vencedora dos 10 km no feminino, Cruz Nonata da Silva, também de Brasília. Segundo ela, que já tem na bagagem o quarto e quinto lugares em provas da São Silvestre, no Rio de Janeiro e é medalhista dos Jogos Pan Americanos em Guadalajara, no México, correr é vencer desafios diários. “Estou sem patrocínio, mas jamais vou desistir do meu objetivo que é correr e ganhar. Penso que todas as pessoas deveriam começar nesse esporte, mesmo que por lazer, porque certamente, verão uma mudança nas suas vidas”, incentivou a campeã.
Para a organizadora geral do evento e diretora da Abapa, Alessandra Zanotto, a prova é resultado de muita dedicação e comprometimento. “Pelo segundo ano cruzamos a linha de chegada da Corrida do Algodão, um evento pensado e planejado com muito carinho e principalmente, com todo o cuidado e respeito que os atletas merecem. Este evento obedeceu às normas técnicas e de segurança das principais provas realizadas no Brasil. Contamos com o apoio de muita gente, patrocinadores, apoiadores e uma equipe séria e comprometida que doou todo o seu talento, sem medir esforços. Estão todos de parabéns. Sou extremamente grata a cada um”, disse.

Os resultados oficiais da corrida, com o tempo de cada atleta estão disponíveis no link 
http://www.oestechip.com.br/corridadoalgodao/index.htmlA Corrida do Algodão é realizada pela Abapa com o apoio do Instituto Brasileiro do Algodão (IBA), Fundeagro e Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães. Conta com o patrocínio das empresas: Agrosul – John Deere, Unicot, CCAB Agro, Basf, Girassol Agrícola, Sudotex, J&H Sementes, Nufarm, Ciaseeds, Maxum Case, Bayer, Kasuya Consultoria, Eisa Interagrícola, FMC, Zanotto Cotton, Fama Motors, Corteva, Alfatrans e Syngenta. A organização é da Adoro Produtora e assessoria técnica, da VO2. 
 Assessoria de imprensa da Abapa – 02.10.2018
Confira algumas imagens da Corrida do Algodão:

Atletas inscritos na Corrida do Algodão podem retirar o kit em Barreiras a partir de quarta-feira (19)

Em Luís Eduardo Magalhães a entrega será na próxima semana

Está chegando a corrida para quem tem fibra. No dia 29 deste mês, a partir das 18h, a Associação Baiana dos Produtores de Algodão realiza a 2ª edição da Corrida do Algodão. E os atletas que forem retirar os kits em Barreiras devem observar o período da entrega, que será de quarta-feira (19) até o sábado (22), na Adoro Produtora, em horários pré-determinados. O kit atleta é composto pelo número com chip, camiseta e copo, tudo dentro de uma ecobag 100% algodão, como parte da campanha “Sou de Algodão”, da Abapa, que incentiva o uso da matéria prima no vestuário e na moda brasileira
 
 A Corrida do Algodão será realizada na Praça Albano Lauck, do bairro Jardim Paraíso, onde será montada uma dinâmica área de convivência, em alusão à cultura de algodão, para recepcionar familiares e amigos dos atletas e a população em geral, que vão contar com música, dança, alongamento, além de um espaço de entretenimento com brinquedos para as crianças, e gastronômico com food trucks. “Além de um percurso desafiador para os atletas e amantes da corrida, o evento traz a proposta de integração única de amigos, familiares e população de Luís Eduardo, Barreiras e também de outros estados brasileiros”, reforça a coordenadora do evento, Alessandra Zanotto.
 
Para maior transparência na competição, a corrida contará com um sistema moderno de cronometragem com a entrega de transponder (chip) para os inscritos. O resultado será realizado eletronicamente com a passagem do competidor por um tapete de captação de dados garantindo a autenticidade no resultado da prova. “Antes do evento, teremos uma atividade de alongamento com todos os participantes, e, ao longo de todo o percurso, teremos pontos de hidratação e apoio aos corredores. O evento também contará em equipe médica e apoio do Samu, em caso de qualquer emergência”, complementa Zanotto.
 
 A Corrida do Algodão é realizada pela Abapa com o apoio do Instituto Brasileiro do Algodão (IBA), Fundeagro e Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães. Conta com o patrocínio das empresas: Agrosul – John Deere, Unicot, CCAB Agro, Basf, Girassol Agrícola, Sudotex, J&H Sementes, Nufarm, Ciaseeds, Maxum Case, Bayer, Kasuya Consultoria, Eisa Interagrícola, FMC, Zanotto Cotton, Fama Motors, Corteva, Alfatrans. A organização é da Adoro Produtora e assessoria técnica, da VO2.
 
 [Corrida do Algodão 2018]
Local: Largada Praça Albano Lauck, do Jardim Paraíso, Luís Eduardo Magalhães
Data e Horário:  Dia 29 de setembro, sábado, a partir das 18h
Regulamento e inscrições: www.corridadoalgodao.com.br
 
 Assessoria de imprensa da Abapa – 19.09.2018

 

Saúde e solidariedade inspiram realização do I Corridão Solidário da UNOPAR

No próximo domingo, dia 2 de setembro, o polo da Universidade Norte do Paraná (UNOPAR) de Luís Eduardo Magalhães promove, em parceria com a Runners LEM, o I Corridão Solidário. A largada será na Praça do Jardim Paraíso às 6h30 da manhã com concentração a partir das 6h. O Corridão conta com duas modalidades de percurso, 5 e 10 km. As inscrições estão abertas e podem ser feitas através do site www.centraldacorrida.com.br/i-corridao-solidario ou no polo da UNOPAR no município.

A iniciativa faz parte das comemorações pelos 15 anos do polo da universidade em Luís Eduardo Magalhães. “Estamos promovendo uma série de atividades em homenagem a essa data, então, aproveitando o Dia do Educador Físico, o qual, temos curso de licenciatura e bacharelado, procuramos o pessoal da Runners para nos ajudar”, conta Ana Amélia Brugger, diretora da UNOPAR em LEM.

Ana Amélia também explica o caráter solidário do evento. “A todos que se inscreverem pedimos a doação de um produto de limpeza que será doado à Casa de Passagem da Criança e do Adolescente”, diz. Inaugurada em 2013, a Casa de Passagem da Criança e do Adolescente está localizada no bairro Santa Cruz e atende crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social.

Por se tratar de um evento de caráter solidário a premiação será feita em forma de sorteios. Ao todo serão quatro bolsas de 30% em cursos de pós-graduação e 10 bolsas de 10% em cursos de graduação da UNOPAR, além de vales-compra num total de R$ 500 em mercados do Grupo Marabá.

A programação também contará com café da manhã após a prova e bate-papos com piscicólogos sobre a campanha Setembro Amarelo, que desde 2015 estimula a prevenção ao suicídio em todo país e o Projeto Transformando Vidas, formado por voluntários que desejam auxiliar outras pessoas na construção de uma vida melhor.

ASCOM UNOPAR
Agência Immagine

Um resumo da minha história

Nasci em um parto prematuro, com seis meses e meio, junto com um irmãozinho gêmeo, que infelizmente não resistiu. Fui diagnosticado com paralisia cerebral ainda bebê, pois minha mãe percebeu que meus movimentos não correspondiam com os das outras crianças da minha idade. Desde então, minha família passou por diversos questionamentos e inseguranças. Na época, não tínhamos referências, não sabíamos de fato onde eu poderia chegar ou quão normal minha vida poderia ser.

Para você ter uma ideia, fui dar meus primeiros passos aos sete anos, apesar de sete médicos terem afirmado que isso seria impossível. Desde então, percebi que o impossível é apenas mais uma barreira a ser ultrapassada em nossa jornada. Digo nossa pois a família tem um papel fundamental na evolução de pessoas especiais.

Apesar das adversidades, minha infância foi muito alegre, porém, na adolescência resolvi abandonar tudo. Saturado da rotina de fisioterapia e achando bizarro o meu jeito de andar, mergulhei numa vida de terceirização do problema e vitimização. O resultado disso foi que fiquei acamado por alguns dias, com o ciático encurtado e músculos travados por conta da espasticidade em grau grave.

Passei por três ortopedistas e a solução convencional seria a cirurgia. Um deles, porém, me disse que se eu retomasse a rotina de exercícios, em um ano poderia não necessitar mais da cirurgia. Somente isso não foi determinante para a minha mudança.

Uma conversa que minha mãe teve comigo após essa série de consultas, na qual ela me disse as seguintes frases “Sam, a gente sempre onera alguém” e “Se você não gosta de si mesmo, inicie a mudança por mim e pelo seu pai”, foi o que de fato me tocou para que eu decidisse assumir as rédeas da minha vida e resolvesse dar a volta por cima! Você percebe a importância da família nessa jornada?

Foto: Gioavanna Bembom

Daí para frente retomei minha rotina de exercícios e sempre busquei fazer um pouquinho mais a cada dia.

Mudei minha mentalidade!

Isso refletiu diretamente na minha evolução física. Uma coisa que colaborou para eu ter ficado esse período muuuito triste, é que não via pessoas com as mesmas dificuldades que eu conseguindo bons relacionamentos, bons empregos etc. Mas isso foi há 15 anos. Hoje, graças à internet, somos capazes de ver pessoas com deficiência tendo uma vida praticamente normal.

Muitas vezes sou procurado por pessoas em condições semelhantes a minha e também por seus familiares. Compreendo suas angústias e dores, pois já vivi muitas delas, e com muito menos respaldo e perspectiva.

Dou palestras, propago minha história de vida por todo Brasil, mas acreditando que posso ajudar muito mais pessoas e resolvi, junto com a minha mãe, que tem uma importância gigantesca na minha vida, criar um curso para que todos possam enxergar que podemos ser muito felizes. Uma das frases que eu mais gosto é “diagnóstico não é destino”.

Abapa divulga 2ª edição da Corrida do Algodão em Luís Eduardo Magalhães

Evento será realizado no dia 29 de setembro

Além de apoiar a realização da 1ª Meia Maratona 21km Runners, realizada neste domingo (17) pela manhã, em Luís Eduardo Magalhães, a Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) também esteve presente para divulgar entre as atletas a 2ª edição da Corrida do Algodão, que será realizada no dia 29 de setembro.  Ao representar a diretoria executiva da Abapa na Meia Maratona, a cotonicultora Alessandra Zanotto, acredita na importância do incentivo à atividade esportiva como forma de promover a interação entre as pessoas. “Assim como a Maratona Runners, com a Corrida do Algodão, temos mais do que esporte, mas um espaço de lazer e interação”, afirma.

Com sucesso de público e inscritos, a Corrida do Algodão  distribuiu R$ 5 mil em prêmios e troféus para os vencedores e um total de 750 atletas competiram nas categorias de 5km, 10km, Kids e cadeirante. Os participantes e moradores da cidade se surpreenderam com uma grande estrutura montada na Praça Jardim Paraíso, em Luís Eduardo Magalhães, ao reunir atividade física, esporte, música, e produção agrícola em só local. “No caso da Corrida do Algodão também conseguimos destacar para quem mora na cidade a força de quem produz no campo e incentivar o uso de roupas e produtos de algodão”, explicou, ao citar o movimento “Sou de Algodão”.

Assessoria de Imprensa Abapa

Nós da Immagine estivemos presentes na 1ª Meia Maratona Runners LEM, onde gravamos o vídeo que conta todos os detalhes do evento e também mostra a experiência de algumas pessoas muito queridas em nosso dia a dia. Confira a seguir a emoção e a felicidade de estar presente em evento deste porte: 

Mantenha o foco!

É comum relaxarmos um pouco no final do ano e nos dias seguintes, onde geralmente estamos em férias. O período é propício para cometermos exageros na alimentação e dar aquelas escapadas da rotina de treinos.

Ficar sem treinar pode trazer prejuízos para nosso corpo. A perda de resistência, o ganho de gordura e a diminuição da massa magra são algumas consequências de ficarmos duas ou três semanas sem praticar alguma atividade.

A maioria das pessoas viaja no fim de ano e, estando fora de casa, a dificuldade de fazer exercícios e principalmente de manter a dieta é grande, mas isso não é desculpa!

Vim trazer algumas dicas dadas pela nutricionista Suelen Tombini (CRN 4404) para te ajudar a não fugir totalmente da dieta e de alguns exercícios que podem ser feitos longe das academias. Vamos lá?!

  • Dê preferência para carne bovina magra (filé mignon, patinho e alcatra), peixes, frango, peru e carne suína magra. Estas são ótimas opções de proteínas;
  • Comer bastante frutas e tomar sucos da fruta in natura e água de coco são boas opções para manter-se hidratado;
  • Coma menos carboidratos. Arroz, macarrão, pães e lasanha devem ser consumidos em baixa quantidade, somente para saciar a vontade. Invista em pratos mais coloridos, com verduras e legumes;
  • O método de compensação é uma ótima opção, desde que não seja realizado com exageros. Por exemplo: comeu aquele belo churrasco no almoço? Jante algo mais leve, coma saladas ou tome um suco verde ou uma sopa.

Dicas de alimentação saudável para as férias

  • Vai jantar com a família? Faça um lanche saudável antes da festa, assim você evita comer tudo o que vê pela frente. Combinar uma opção mais calórica com vários tipos de vegetais (saladas cruas e cozidas) pode ser uma solução para diminuir o consumo total de calorias;
  • Utilize alimentos light e diet no preparo das comidas. Isso pode diminuir um pouco a gordura e o açúcar dos alimentos;
  • Dê preferência a alimentos grelhados e assados. Evite as frituras;
  • Na hora de escolher a sobremesa e as bebidas, as frutas e os sucos da época vão ser as melhores opções. Se mesmo assim não resistir aos doces, escolha as sobremesas que contenham frutas;
  • As nozes, amêndoas e castanhas são oleaginosas ricas em antioxidantes e não só fazem bem para o coração como também previnem o envelhecimento. Podem ser consumidos em pequenas quantidades diariamente;
  • Percebeu que comeu muito? Não inicie um jejum e nem fique se sentindo culpado. Reinicie uma alimentação mais adequada logo depois.

A reeducação alimentar se faz necessária justamente nestas situações em que a vida social nos impõe alguns desafios.

Aproveite os momentos em família e realize atividades que envolvam todos e não te deixem totalmente parado. Dá para juntar os amigos e jogar uma partida de vôlei na areia ou na piscina. Além de ser divertido, ajuda a queimas algumas calorias.

As caminhadas, além de ajudarem a manter a forma, podem ser realizadas em qualquer lugar: na orla da praia, no parque ou até mesmo no quarteirão de casa. Os exercícios feitos com o peso do próprio corpo são boas opções para manter a musculatura ativa. Agachamentos, flexões de braços, entre outros, podem ser feitos em qualquer lugar.

Não é necessário abdicar-se dos prazeres da vida para ser saudável. O importante é ter moderação em tudo o que se faz.

Com essas dicas, tenho certeza que seu 2017 será muito mais saudável! Vamos tentar?

Agradeço a todos por estarem acompanhando os posts. Em 2017 estaremos com tudo!

Um feliz ano novo a todos, e que 2017 chegue cheio de energias boas!

Corrida: uma grande aliada do emagrecimento

A corrida de rua tem sido uma ótima opção para quem quer perder peso. Mesmo que você nunca tenha calçado um tênis para dar umas passadas já sabe (ou ouviu falar) que a atividade física proporciona diversos benefícios: bem estar, diminui os riscos de cardiopatias, ajuda a fortalecer o sistema imunológico e melhora o raciocínio e a memória. Se mesmo depois disso você ainda não se sente com vontade de começar a correr, lá vai mais um ótimo beneficio e incentivo: a corrida é uma boa pedida para a perda de peso.

A corrida é uma atividade física de alta intensidade que estimula a queima de calorias mesmo após sua finalização. Comparando uma pessoa que caminha e outra que corre ao percorrerem a mesma distância, quem corre chega a queimar 90% mais calorias do que quem caminha. Correr é uma das maneiras mais eficientes de perder aquelas gordurinhas sem precisar se restringir muito à dietas.

Para os que querem emagrecer e não dispõem de muito tempo para se exercitarem diariamente, a corrida é uma ótima opção pois é uma atividade relativamente barata, acessível para rotinas mais atribuladas, podendo  ser feita em qualquer hora e em qualquer  lugar. A corrida queima mais calorias por minuto do que a caminhada e alguns outros exercícios de média ou baixa intensidade, gerando um gasto considerável de energia em menos tempo. E até mesmo os pequenos trajetos podem significar um exercício intenso com perda considerável de peso após algumas semanas de treino.

A prática de qualquer esporte precisa ser consciente. É preciso saber respeitar os limites do nosso corpo e também é fundamental buscar ajuda de um profissional da área para fazer acompanhamento e uma dieta balanceada. Este combo é sinônimo de sucesso garantido.

Para os iniciantes, certamente os primeiros treinos serão exaustivos. Correr é um exercício intenso e faz com que o cérebro libere endorfina, gerando euforia durante o trajeto e maior satisfação em seu final. Talvez seja esse um dos principais motivos de ter tanta gente correndo pelas ruas: a sensação de bem estar entre corpo e mente que a corrida proporciona!

Espero que tenham gostado do post de hoje e fiquem ligados, pois em 2017 pretendo trazer muitas novidades do mundo dos esportes (e principalmente das corridas) para vocês!

 

 

 

Circuito SESC de Caminhada e Corrida de Barreiras: atletas de LEM chegam ao pódio

lindiane1

O Circuito SESC de Caminhada e Corrida aconteceu no último domingo, dia 20, em Barreiras. Em mais uma etapa da competição, a cidade recebeu, além da chuva incessante, atletas de todo o estado da Bahia e principalmente da região. Nós do grupo Runner’s LEM estivemos presentes, mais uma vez.

O evento começou bem cedo, às 6h45, e o clima agradável (que nós não víamos há tempos) fez com que nossa corrida fosse ainda mais bonita e animada.

Ficamos impressionados com a organização do Circuito na etapa de Barreiras. Enquanto nos preparávamos e corríamos, vários serviços de saúde e cuidados para com os competidores eram oferecidos. Aconteceram também oficinas de xadrez, aulas de Zumba, serviços de aferição de pressão e bioimpedância, alguns lanchinhos, etc.

Os atletas do Runner’s LEM fizeram bonito. Conseguimos ocupar alguns lugares no pódio, em diferentes categorias.

5 km

Masculino: William Ventura – 1º lugar geral
Eliab da Silva Vital – 3º lugar geral

5km

Feminino: Ana Santiago- 1º lugar geral

10 km

Feminino: Rosicleide Cavalcante – 1º lugar geral
Marla Marques -2º lugar geral
Edson Lima de Souza- 1º lugar comerciário

Categorias:
Otávio – 1º lugar – 10km
Tatiane Silva -1º lugar – 10 km
Carine Urbina -4º lugar – 10 km
Doaldo Marques -4º lugar – 10 km
Lindiane Quaiatto- 5º lugar – 10 km

Confira a tabela completa com os vencedores de cada categoria no site oficial da organização do evento

lindiane2

lindiane3

lindiane4

Deixo aqui a minha parabenização à todos os atletas pela participação no Circuito SESC de Caminhada e Corrida de Barreiras e principalmente por terem superado seus limites e quebrado seus recordes pessoais. Parabenizo também toda a equipe do SESC – Barreiras por presentear os atletas e apaixonados por corrida da nossa região com esse grande evento.

Correr é muito gratificante, ainda mais quando encontramos competições que nos incentivam!

Até mais, pessoal! Prometo voltar com mais novidades sobre o mundo da corrida e dos esportes em breve!

{Fitness} Corrida / Corra por você

Matéria publicada na Revista Carpe Diem 17 / Março 2015
Veja a revista na íntegra

A corrida é um dos esportes mais completos que existem. Emagrece, acelera o metabolismo, diminui e até acaba com o estresse, melhora o condicionamento físico, tonifica os músculos, melhora o humor e a capacidade pulmonar, reduz o colesterol, fortifica os ossos, melhora a pressão arterial, estimula a libido e reduz o risco de AVC e ataque cardíaco.

Segundo o profissional do esporte, especialista em corrida de rua e personal trainer Junior Morano quando o assunto é perda de peso, não existe exercício melhor que a corrida. “A silhueta afina, o fôlego melhora muito e os músculos começam a definir. Já na 1ª semana se ganha mais fôlego e resistência. Da 2ª semana ao 1º mês há uma melhora drástica no rendimento. Do 1º ao 3º mês o corredor perde bastante gordura e medidas. E a partir do 3º mês os músculos ficam mais definidos e o corredor fica mais exigente com seu desempenho. E se ele não correr, vai sentir falta” explica Junior.

Outra vantagem é que para começar a correr não é preciso muito investimento. “A corrida é um exercício muito democrático. Você calça um bom tênis, coloca uma roupa leve e sai pra correr a qualquer hora e em qualquer lugar. Mas antes de começar é preciso fazer uma avaliação física e receber autorização médica para evitar problemas”, continua o personal trainer.  Para ter um estímulo extra, ele aconselha a treinar com acompanhamento de um educador físico ou participar de um grupo de corrida. “Quando se corre com mais pessoas, a chance de desistir no início do caminho é menor. Um incentiva o outro e vice versa. E para quem tem pretensões maiores, como disputar uma corrida de rua, o acompanhamento profissional ajuda a melhorar o desempenho, corrigindo da pisada até o jeito de respirar. Outro ponto importante é intercalar um exercício de fortalecimento com a corrida, como musculação ou pilates, para fortalecer os músculos, joelhos e coluna”.

E como qualquer exercício, o mais difícil da corrida é o começo. Até mesmo para quem já participou de 50 corridas de rua, como a dentista Maria Vitória Porto Carmo, cliente do SPA e corredora de carteirinha. “Meu conselho para quem vai começar é ir devagar e intercalar. O começo para todo mundo é igual. Na minha primeira corrida não consegui chegar nem aos 100 metros. Então ande, corra um pouco, ande de novo. Chame alguém para correr com você ou vá só. Encare como um desafio pessoal e não desista”. Para ela o mais fascinante na corrida é o desafio que a atividade estimula na pessoa. “É um desafio contra o seu cansaço, suas dores musculares e, principalmente, seu psicológico. Comemoro cada km percorrido como uma vitória pessoal. Durante anos levava meu tênis e roupa de correr na mochila e saía do consultório pronta para deixar no asfalto um dia extenuante de agenda cheia”, relembra.

No primeiro mês de prática do exercício, a dica é intercalar a corrida com a caminhada. Se você for sedentário, vai caminhar muito mais do que correr. Para não desistir, coloque sempre um objetivo diferente no seu treino. Se na primeira semana você correu de uma esquina a outra, coloque como meta correr da esquina até uma árvore mais para frente, por exemplo. Assim, cada pequena conquista aumenta a determinação de continuar com o esporte. A regularidade do exercício é essencial para atingir o condicionamento necessário para uma corrida. Depois do primeiro mês, tudo fica mais fácil e já é possível começar a pensar em participar de uma corrida de rua. A corrida também aproxima pessoas. “Conquistei muitos amigos com a corrida. Foi o esporte que me ajudou quando cheguei à cidade. Se estava triste, com saudade da minha terra (Ilhéus), família e amigos saia para correr pelas ruas de LEM e voltava renovada” afirma Maria Vitória.

Agora que você já descobriu as vantagens da corrida para sua saúde e bem estar, que tal uma corridinha?

PREPARE-SE PARA CORRER

CORRIDA DISTÂNCIA QUANDO ONDE
Meia Maratona Internacional de Brasília 5k / 10k / 21k 05 de abril Brasília / DF
Movimenta LEM / Carcará Night Run 5k / 10k 23 de maio Luís Eduardo Magalhães / BA
Volta do Lago Caixa 100k (14 trechos de 3k a 11k) 1º de junho Brasília / DF
Meia Maratona da Bahia 21k 14 de junho Salvador / BA
Circuito das Estações (Inverno) 5k / 10k 21 de julho Brasília / DF
Circuito das Estações (Inverno) 5k / 10k 26 de julho Salvador / BA
Maratona do Rio 6k / 21k / 42k 26 de julho Rio de Janeiro / RJ
Circuito das Estações (Primavera) 5k / 10k 23 de agosto Brasília / DF
Circuito das Estações (Primavera) 5k / 10k 20 de setembro Salvador / BA
Circuito das Estações (Verão) 5k / 10k 13 de dezembro Brasília / DF
Circuito das Estações (Verão) 5k / 10k 13 de dezembro Brasília / DF
Circuito das Estações (Verão) 5k / 10k 13 de dezembro Salvador / BA
Corrida de São Silvestre 15k 31 de dezembro São Paulo / SP

Colaboração: Junior Morano e Maria Vitória Porto Carmo.

Foto dos colaboradores: Neiva Sehn.