Fernanda Simon, diretora do Instituto Fashion Revolution Brasil, estará no FEL 2020

Fernanda Simon, ativista, diretora executiva do Fashion Revolution Brasil e editora de sustentabilidade da Vogue, vai abordar o tema Consumo & Consciência

 

Você já reparou como o consumo está mudando? O novo consumidor é muito mais consciente – e exigente! E isso influencia todos os setores da economia.

Essa mudança mundial não vai tardar a chegar no oeste da Bahia e a grande dúvida é: seu negócio está preparado? E você, como empreendedor, líder, gestor, profissional? Está se preparando para isso também?

Pensando nisso, o FEL está trazendo a palestrante FERNANDA SIMON com a palestra CONSUMO E CONSCIÊNCIA: PARA O BEM DE TODOS.

Fernanda é ativista e acredita que a moda é um importante agente de transformação. Estudou moda na Faculdade Santa Marcelina, mas foi na Inglaterra que iniciou sua carreira com moda e sustentabilidade, há 10 anos, trabalhando com iniciativas e profissionais pioneiros como Jocelyn Whipple. Fernanda foi responsável por trazer o movimento global Fashion Revolution para o Brasil, o qual hoje está estabelecido como Instituto Fashion Revolution Brasil e Fernanda é diretora executiva. Durante anos lidera campanhas e projetos, além de participar de palestras, cursos, ações e eventos sobre o tema. Fernanda escreve para a coluna Vogue Gente e recentemente foi nomeada como a primeira  editora de sustentabilidade da Vogue Brasil.

Mais do que falar sobre o consumo consciente para a moda, a Fernanda também vai trazer exemplos práticos.

Fernanda acredita que o mundo passa por mudanças radicais e a moda precisa urgentemente se mobilizar, usar seu potencial criativo pelo bem das pessoas e do planeta. Na palestra ela pretende incentivar os participantes a perceberem os efeitos da crise climática em suas vidas e negócios, apresentar os principais movimentos da atualidade, discutir o comportamento das novas gerações e então olhar para o futuro.

Temas como transparência,  desenvolvimento sustentável, economia circular e tantos outros movimentos que nos propõem soluções e possibilidades reais para que todos vivam com prosperidade, serão abordados.

 

A sustentabilidade acende responsabilidades individuais e coletivas, mas também traz grandes oportunidades. Vivendo e trabalhando imersa nesse cenário de transformação, a Fernanda vem diretamente de São Paulo para palestrar sobre CONSUMO E CONSCIÊNCIA: PARA O BEM DE TODOS. Uma palestra que vai impactar diretamente na forma como você faz negócios hoje e futuramente!

Se você não sabe o que é o movimento Fashion Revolution, um resuminho:

O Fashion Revolution é um movimento global, presente em 100 países, que incentiva maior transparência, sustentabilidade e ética na indústria da moda através da conscientização, mobilização e educação. O Fashion Revolution foi criado após o desabamento do Rana Plaza, que abrigava confecções de roupas em Bangladesh, no dia 24 de abril de 2013, deixando mais de 1.100 mortos e 2.500 feridos.
O movimento surgiu para dizer basta! Hoje, ao redor do mundo são desenvolvidas ações mobilizadoras para incentivar as pessoas a questionarem suas marcas favoritas, convidando-as à simples,
porém poderosa reflexão: #QUEMFEZMINHASROUPAS?

No Brasil, está estabelecido como Instituto Fashion Revolution Brasil e atua desde 2014, contando com uma forte rede de representantes em mais de 60 cidades e 140 universidades e escolas.

Conheça mais no @fash_rev_brasil

E olha só, ainda tem precinho promocional no lote (somente até dia 20 de março)!

Para aproveitar essa pechincha, clica nesse LINK AQUI!

 

Se prepare para participar de uma verdadeira experiência de networking e transformação!

 

Bora? 👊🚀

Zé Pimenta virá de Salvador para o FEL 2019 com o tema empresas conscientes e como gerar valor além do lucro!

Como gerar valor além do lucro: palestra trará o case de sucesso da Euzaria.

Ele é uma das mentes por trás da Euzaria, loja que produz moda consciente com impacto social. Zé Pimenta é Administrador, Palestrante e Sócio Fundador da Euzaria. É ele a mente criativa responsável por transformar valores em produtos com alma.

“Uma das contribuições sociais das empresas é render lucro. Nós aprendemos que ter lucro é errado, quando na verdade temos que mudar esse paradigma e perceber que o lucro somente é errado quando buscado a qualquer preço, inclusive de forma inconsciente. Colocar a consciência no consumo e poder oferecer às pessoas a possibilidade de consumirem de forma consciente já é uma grande contribuição para a sociedade”, afirma.

A Euzaria é uma marca de moda consciente essencialmente baiana, que nasceu no início de 2015 com a intenção de resgatar o pertencimento e o valor do ser além do ter, seguindo com um modelo de negócio nada convencional, baseado no empreendedorismo com propósito, que será muito abordado no FEL. Para a Euzaria, o lucro não deve ser o único e principal objetivo das empresas. <3 > $

Prova disso é o principal projeto da marca, que contribui para a transformação de vidas e com o desenvolvimento de nosso país através da educação. A cada peça da marca vendida, a Euzaria contribui com a garantia de um dia de aula de um jovem protagonista através da parceria com o Instituto Aliança. Com isso, reafirma para seus clientes que a marca oferece não só uma compra, mas também uma experiência. E que experiência especial, não é mesmo? Durante estes anos de atuação, junto com milhares de pessoas que formaram uma linda rede de solidariedade e muita atitude, a Euzaria já promoveu mais de 40 mil atos de solidariedade.

Zé Pimenta marcará presença no FEL para falar sobre seu case de sucesso, a Euzaria, e para trocar experiências com os empreendedores do oeste baiano de uma maneira aberta e criativa. Sua palestra será com o tema “Case Euzaria. Empresas Conscientes – Como Gerar Valor Além do Lucro”.

“Existem dois tipos de empresas: aquelas que o mundo ganha quando nascem e aquelas que o mundo ganha quando elas deixam de existir. Você, como empreendedor, deve se perguntar: o que o mundo e as pessoas vão ganhar com a minha empresa nascendo? Aí sim, pensando nisso, você poderá gerar valor. (…) Nós estamos deixando um legado para o planeta que não é condizente com o que ele nos oferta e com o que ele merece. O impacto negativo que uma empresa causa faz com que tudo deixe de fazer sentido. E aí, quando se vê que uma empresa precisa do planeta e das pessoas para sobreviver, percebe-se que a conta não fecha” (Zé Pimenta)

“Quero compartilhar nossos acertos, nossos erros, nosso dia a dia e fazer uma troca. Espero que possamos bater um papo sincero e aberto para novos olhares e despertares para aqueles que estiverem dispostos. Espero que todos estejam abertos a compartilharem este diálogo comigo no FEL”!          

Deu para sentir daí o quanto o propósito é importante não só na atmosfera do empreendedorismo, mas também nas nossas vidas em geral? Estamos prontos para receber Zé Pimenta e a Euzaria em mais um FEL e colocar todo mundo para por a mão na consciência e buscar sua essência dentro de si. E fica a pergunta: que impacto você quer gerar no mundo?

Serviço

O que? 4º Fórum de Empreendedorismo de LEM (FEL 2019)

Quando? Sábado, 04 de maio

Horário? 09h às 20h

Onde? Sindicato Rural de LEM

Certificado: 12h

Ingressos

Lote Promocional (últimas unidades) R$ 100,00

1º Lote – Meia entrada R$ 75

1º Lote – Inteira R$ 150

Você pode comprar seu ingresso ainda no lote promocional diretamente no Sympla (COMPRE AQUI). É simples, rápido e fácil. Você pode também buscar o seu na Agência Immagine, localizada na Rua Glauber Rocha, 307, sala 02, Jardim Paraíso.

Ou, ainda, solicitar o seu ingresso pelo DISK INGRESSO, telefones 77 9 9982-0680 ou 9 9969.9679.

Fique de olho em nossas redes sociais, pois todas as novidades serão anunciadas por lá. Vem com a gente para o FEL 2019!

Instagram: @forumdeempreendedorismo
Facebook: /forumdeempreendedorismodelem

Arquétipos: a tendência do futuro ou o futuro da tendência?

Após muitos anos na indústria do vestuário e outros tantos analisando tendências, seja na aplicabilidade da publicidade ou para novos produtos que possam interessar novos públicos, me deparei num contexto cíclico no qual todos da minha época também se identificaram. Nós estafamos com tudo o que estava sendo criado. O excesso de roupas e a repetição de tendências que ditaram moda no passado cansaram os consumidores e nos deparamos com uma nova era da moda, o fim dela.

Hoje como você se veste? Segue um padrão, uma tendência específica? Atualmente isso não é tão costumeiro quanto antigamente. Há algum tempo era muito fácil vermos uma peça específica que era um “sucessão” nos closet’s das meninas de toda uma geração. E, então, após devaneios fashion’s dos mais variados, a moda mudou, o mundo mudou, o ser humano mudou – graças a Deus.

Vivemos uma era de consumo consciente; se não de todos, pelo menos a maioria em todo o mundo. Nos preocupamos de onde nossas roupas vem, quem as fez e como chegou até nós. Estamos interessados, cada vez mais, em um marketing existencial, em vivermos uma experiência. Não estamos mais interessados somente no produto e, foi pensando neste momento do mundo, que fui até o Rio de Janeiro fazer o curso de Arquétipos, Comportamento e Consumo, do Instituto Ideia de Marketing, que aconteceu no Studio 512, no Jardim Botânico.

Para quem nunca ouviu falar sobre arquétipos, sugiro conhecer um pouco mais sobre a psicologia do inconsciente coletivo de C.G. Jung, que explica como estes padrões são refletidos em diversos aspectos da vida humana

São uma espécie de imagens universais que temos em nosso inconsciente e, através destes símbolos, nos aproximam de determinados gostos ou “tendências” estruturantes. Símbolos esses que, após muitos milênios, mudam de forma e continuam determinando padrões mentais na sociedade. Hoje devemos prestar mais atenção em como encontrar estes padrões se quisermos continuar pensando em produtos para o futuro.

Antigamente pensávamos numa tendência e a ditávamos para um determinado público. Hoje consumimos símbolos (Baudrillard), identificamos nosso público-alvo e seus arquétipos, analisamos sua essência, desdobramos suas preferências e, então, estudamos produtos que tem haver com seu propósito. Por falar nisso, ter um propósito é a última das tendências do arquétipo do Eremita. Quer saber mais sobre isso? Até o próximo texto!