O talento e o olhar visionário da dupla por trás do sucesso da Colcci LEM

Em apenas um ano, a Colcci LEM conquistou um espaço único no comércio luiseduardense. É considerada hoje uma das melhores lojas da cidade, oferecendo qualidade ímpar desde o atendimento até o produto. No coquetel de aniversário, realizado na sexta-feira, 18, conversamos com os irmãos Paulo e Juliana Borges para conhecer um pouco mais sobre os bastidores deste sucesso.

_DSC7878

Abrir a Colcci em Luís Eduardo Magalhães foi uma oportunidade. A inauguração da Colcci LEM aconteceu apenas sete meses depois dos empresários inaugurarem uma loja da Colcci em Balsas, Maranhão, onde residem. “A nossa família já trabalha com comércio de moda há muitos anos. Fomos criados dentro deste universo desde crianças, o que nos deu muito experiência. Logo após abrirmos a Colcci de Balsas a franquia nos sinalizou a possibilidade de uma loja nesta região”, explicou Paulo. “Nós vimos uma oportunidade de negócio com muito potencial. Luís Eduardo é uma cidade em constante crescimento e muito conhecida pela força do agronegócio. E isso é visível ainda hoje. Em plena crise, a construção civil não para e as oportunidades continuam a aparecer”, confirmou Juliana.

De acordo com Paulo, a abertura da loja aconteceu em tempo recorde. “Entre a minha primeira viagem a Luís Eduardo, para fazer a pesquisa de pontos comerciais, até a inauguração foram apenas três meses. Sentimos que era uma oportunidade que não poderia ser adiada. Mesmo com 770 km de distância e sem nenhum vínculo com a cidade, topamos o desafio”.

Desde a sua abertura, a Colcci LEM é uma loja autossuficiente e em franco crescimento. Os números são cada vez mais positivos e as avaliações dos clientes também. Para Juliana, o segredo do sucesso está no mix de ações e estratégias. “A loja está realmente em constante crescimento, mesmo na crise. Mas o fato determinante para este sucesso é, na verdade, um mix de estratégias. O nosso marketing é diferenciado, as redes sociais estão sempre atualizadas com novidades e postagens com conteúdo e qualidade, a loja é bonita e é mantida organizada, a equipe é maravilhosa e entrosada. Além disso, a Colcci é democrática. Ela procura atingir todos os públicos e isso é um grande fator para atrair novos clientes”.

_DSC8035

Conhecer o mercado e a marca com a qual trabalham é tão importante quanto conhecer as exigências dos clientes. “É essencial o suporte da franquia, um plano de marketing bem elaborado, treinamento constante da equipe e atendimento de qualidade. Mas também é imprescindível conhecer o perfil de consumo e as exigências dos nossos clientes. Com a pesquisa que fizemos e o feedback dos clientes, ficou muito claro que o atendimento é crucial. As pessoas se sentem felizes e acolhidas por terem sido bem atendidas na loja. Isso fideliza nosso cliente, que sente prazer em voltar à loja. Além disso, de uma cidade para outra o perfil de consumo muda, desde a numeração até ao estilo das peças”, explica Paulo. “Nossos clientes de Luís Eduardo gostam muito das peças diferenciadas, estilosas e modernas. Montamos o perfil da loja de acordo com a realidade de LEM e temos a preocupação de oferecer desde o produto de preço inicial baixo até os produtos mais exclusivos. Neste final de ano, por exemplo, temos uma coleção de t-shirt’s por R$ 59”, confirma Juliana.

Em um ano em que tantas lojas fecharam suas portas na cidade, fica claro que o sucesso não depende da sorte, mas de uma boa administração. “Nós temos desafios constantes e diários. O sucesso é saber administrá-los. A administração está à frente dos principais motivos que levam uma empresa a fechar ou decolar”, afirmou Paulo. Segundo ele, hoje existe muita propaganda em torno do empreendedorismo comercial. “No comércio existe um ciclo. Na época dos nossos pais o comércio tinha muita força. Os comerciantes, então, mandaram seus filhos para a faculdade e eles, depois de formados, iam trabalhar em empresas que necessitavam desses profissionais. Agora o mercado de trabalho está saturado de pessoas formadas e o comércio voltou a ser um bom negócio. Com isso muitas pessoas abriram seu próprio negócio, mas quem não está preparado fecha as portas em pouco tempo”.

_DSC8018

Como já disse o empreendedor Guy Kawasaki, “ideias são fáceis. Implementação é que é difícil.” Juliana e Paulo conseguiram implementar com sucesso a sua ideia de negócio e agora utilizam a tecnologia para gerir a loja à distância. “Estamos a 770 km, mas nossa equipe nunca está sozinha. Estamos sempre em contato, acompanhando em tempo real a situação da loja através de um sistema de câmeras e pelo telefone. E estamos disponíveis 24h por dia”.

E, diferente de muitos outros empresários, a missão da Colcci LEM é manter os clientes cada vez mais satisfeitos e, só depois, conquistar novos. “Nossa missão é manter os clientes satisfeitos, melhorar o nosso serviço e adequar mais ainda o nosso mix de produtos ao perfil de consumo da cidade e aos principais eventos. E só depois conquistar novos clientes.”

_DSC8005

Confira agora as fotos do coquetel em comemoração ao primeiro ano da Colcci LEM e aproveite para passar na loja e escolher seu look para as festas de final de ano ou para presentear. Inspire-se com os últimos editoriais de moda da Colcci clicando AQUI e AQUI!