Minha primeira Meia Maratona: 21km de superação e coragem

A Lindiane Barbosa Quaiatto participou da Meia Maratona Asics Golden Run em Brasília e contou pra nós como foi a experiência! Confira o relato dela abaixo e aguardem novidades da Lindi aqui no blog!

***

Ontem, dia 13 de novembro, estive em Brasília com meus colegas de corrida para participar da Meia Maratona Asics Golden Run. E hoje estou aqui para compartilhar um pouco da minha experiência e contar como me senti ao correr minha primeira competição. A Meia Maratona que aconteceu em Brasília teve padrão internacional, reunindo competidores de vários países, incluindo os tão rápidos quenianos. Sendo a terceira etapa do circuito ASICS Golden Run, a prova tem permit prata da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt).

lindi3

Ao todo éramos 18 pessoas, todos corredores que fazem parte do Runner’s LEM. No grupo temos pessoas que são profissionais, semi profissionais e pessoas como eu, que ainda não possuem categoria e correm por amor. Nem todo o grupo pôde ir, mas boa parte dele marcou presença. Dentre todos nós, alguns conseguiram inclusive um lugar no pódio!

Como somos um grupo, vibramos com nossos amigos e por eles. Um de nossos integrantes conseguiu terminar a prova numa colocação muito boa. Cleriston Dourado chegou ao pódio em 1º lugar em sua categoria por idade e na 9º posição na colocação geral. Uma inspiração e tanto para todo o grupo que busca, dia a dia, motivos para continuar a fazer aquilo que ama: correr.

lindi4

Os vencedores da Meia Maratona foram:

Masculino

1 – Augustino Sulle (Tanzânia) – 01h03min42seg
2 – Damião Souza (Brasil) – 01h05min20seg
3 – Rafael Novais (Brasil) – 01h05min23seg
4 – Jurandyr Junior (Brasil) – 01h05min47seg
5 – João Filho (Brasil) – 01h05min49seg

Feminino

1 – Valdilene dos Santos Silva (Brasil) – 01h14min48seg
2 – Andreia Hessel (Brasil) – 01h15min29seg
3 – Jackelyne  Chemwek Rionoripo (Quênia)- 01h15min43seg
4 – Adriana Silva (Brasil) – 01h16min06seg
5 – Kleidiane Jardim (Brasil) – 01h16min21seg

lindi1

Estar em meio a tantas pessoas e entender que aquela Meia Maratona era uma forma de superação, me deixou renovada. Fiz um tempo ótimo e melhor do que esperava, o que me deixou mais feliz ainda. Faço acompanhamento físico com um profissional há apenas 5 meses e corro há 6. Ter conquistado aquela medalha de participação foi uma das melhores sensações que já tive.

lindi2
Integrantes do Runner’s Lem, ou apenas Runner’s Ladies

Foi incrível! Antes de tudo tenho de dizer isso: a sensação é maravilhosa. Cruzar a linha de chegada foi um dos momentos mais felizes da minha vida, principalmente depois de todos os problemas que tive e enfrentei para continuar correndo!

Por Lindiane Barbosa Quaiatto