Equipamento não faz um fotógrafo

By  |  0 Comments

Quando descobri que queria ser fotógrafa, eu não tinha ideia do que significavam as palavras ISO, ABERTURA, VELOCIDADE, DIAFRAGMA e todas esses nomes difíceis do mundo da fotografia, rs.

Eu só sabia que queria capturar sentimentos e, principalmente, aqueles dos quais tinha a certeza de que seriam únicoss na vida da pessoa e na minha também.

Meu primeiro convite surgiu de uma colega de trabalho. Ela estava grávida de seu primeiro e talvez único filho e precisava de alguém que fosse próximo, pois a timidez era aparente. Eu logo me ofereci, e na época lembro que fiquei tão feliz que cobrei apenas um bolo de cenoura. Rsrs

Não foi nada programado. Fomos pra sua casa, separamos umas roupinhas e alguns brinquedos, fizemos maquiagem de leve… (tive a ajuda de sua cunhada que sabia lidar muito bem com esse lance de maquiagem). Maquiamos até seu marido.. rsrs

Confesso que estava com um pouco de receio de dar tudo errado. Ela já estava nos últimos meses, não tinha muito tempo para se preparar para outra sessão. Eu não entendia muito de poses, caras, bocas e comportamento diante da câmera. Mas tudo fluiu tão naturalmente que fui fotografando sem ao menos espiar as fotos no visor da câmera.

Foi uma tarde longa, consegui várias fotos, mas o medo ainda estava presente em mim. Não via a hora de chegar em casa e olhar uma por uma na tela do meu PC.

Passei a noite editando as fotos, o que não foi muito difícil, pois cada momento transmitia uma enorme sensação de dever cumprido, as cores e cenas surgiam sem precisar de muito esforço.

Ufa, deu tudo certo!

É isso pessoal. A mensagem que quero deixar aqui é que não importa o nível, a marca e até o preço do seu equipamento. Se você fizer de coração, colocar todo o seu sentimento e tiver sensibilidade para viver junto com o cliente aquele momento lindo que ele passando, não tem erro.

Confiram agora algumas fotos feitas com a minha primeira câmera Sungung CyberShot, há alguns anos, e que ficaram eternizadas no coração da minha cliente linda e na minha memória também.

Obrigada pela confiança Fran, Edi e Ederson.

Apaixonada por gatos, maquiagem e tintas de cabelo. Fanático por cinema, música e futebol. Fotógrafa por natureza, escritor por ousadia. Minas Gerais e Bahia em uma só moeda, um só coração.