SustentaVITA, uma campanha que recicla hábitos, embalagens e descartáveis para um mundo com menos lixo

Mudar um ou mais hábitos pessoais em prol da sustentabilidade já é difícil. Imagina em uma empresa? Foi esse o desafio abraçado pela farmácia de manipulação Vita Fórmula, em Luís Eduardo Magalhães, no interior da Bahia.

A proprietária da empresa, Marcia Luz Buzanello, já adotava práticas sustentáveis no dia a dia da sua família há muitos anos e sentiu a necessidade de criar uma ação para recolher as embalagens usadas dos seus medicamentos manipulados. Com essa premissa e a missão de fazer do mundo um lugar mais verde e mais saudável, nasceu a campanha de sustentabilidade que revolucionou a rotina da farmácia e seus clientes. Em 5 meses, mais de mil embalagens já foram reutilizadas ou recicladas.

“O projeto começou a tomar forma em uma reunião com a Agência Immagine, minha consultoria de comunicação, que também criou o nome SustentaVITA. Assim, nasceu o nosso projeto com nome forte e que veio para ser grande e fazer muita diferença na nossa cidade. Fizemos muitas reuniões de conscientização e troca de ideias de como faríamos mudanças na nossa rotina diária de consumo. Começamos a reduzir e a fazer uso consciente dos descartáveis, eliminamos os copos descartáveis e diminuímos o descarte de papéis no lixo comum. Todo descarte de papéis começou a ser destinado para a reciclagem ou para reutilização em creches e projetos sociais”, conta Marcia.

A campanha criou um trabalho de conscientização junto aos seus clientes, equipe e sociedade, motivando as pessoas a se preocuparem com o seu consumo de descartáveis. Na farmácia, os clientes tem uma caixa coletora para devolver as embalagens vazias e lavadas dos produtos adquiridos na loja, que são destinadas ao Recicla Brasil, projeto que transformará o resíduo em renda. A empresa também contribui com o selo Eu Reciclo (eureciclo.com), que fomenta ações de estímulo à reciclagem de resíduos sólidos e busca produtos certificados para comercialização.

Com a colaboração da equipe, a farmácia também aplicou outras atitudes sustentáveis e ações de divulgação da sustentabilidade, como explicou a farmacêutica Natália Leal: “Para incentivar nossos clientes, criamos um cartão fidelidade impresso em papel semente – que é biodegradável e pode ser plantado! Conforme os clientes foram realizando as compras e devolvendo as embalagens vazias, conseguiam preencher totalmente o cartão semente, ganhando uma sacola sustentável. Também começamos a utilizar sacos de papéis recicláveis como embalagem, além das sacolas oxibiodegradáveis. Além disso, realizamos vários eventos envolvendo o tema, como o VITA FIT DAY que envolveu toda comunidade com atividades de saúde e bem estar. Percebemos que os clientes aderiram muito bem a campanha e passaram a propagá-la para mais e mais pessoas”.

Em seu sentido literal, o termo ‘sustentabilidade’ consiste na capacidade de sustentação de um sistema. Através do exemplo e do incentivo, a Vita Fórmula está mobilizando pessoas a repensarem os seus hábitos hoje, para construir um amanhã mais verde e consciente.

“Diante dessa percepção a Vita Fórmula vem com uma visão de melhoria contínua, sempre se perguntando: O que posso fazer para mudar o mundo? Ser mudança não é apenas mudar “a cara do empreendimento”. Somos ações reais que afetam uma comunidade. Novos pensamentos, novas atitudes que refletem na qualidade de vida. Inspiração para pessoas interna e externamente”, afirma Andressa Sousa, colaboradora da equipe.

O projeto continua crescendo e com novos objetivos para 2020. “Posso dizer que ainda temos muito a realizar em busca de uma vida mais sustentável e que toda ação é válida quando buscamos nos transformar. A Vita Fórmula assumiu esse compromisso por um mundo melhor e vamos evoluir muito ainda em busca da preservação do meio ambiente”, finaliza Marcia.

Para quem deseja participar e se inspirar na campanha, a equipe disponibiliza dicas e orientações todas as quintas-feiras, na Quinta Sustentável, no perfil do Instagram @vitaformulalem.

Texto: Agência Immagine

Chapada dos Veadeiros arde em chamas e clama por ajuda #SOSChapadaDosVeadeiros

Quem já teve a oportunidade de conhecer o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, sabe o paraíso que é. Por suas muitas cachoeiras, pelo cerrado preservado, animais, beleza naturais e a incrível energia que encanta cada ser humano que pisa lá. Mas, hoje, a Chapada dos Veadeiros vive dias de terror. Segundo voluntários na região, o cenário é de guerra.

Desde a última terça-feira (17) o fogo começou na Chapada dos Veadeiros e, hoje, mais de 35 mil hectares do Parque já foram devastados pelo fogo.  As labaredas já atingiram atrativos turísticos como a Cachoeira dos Saltos 120 metros, Trilha das 7 Quedas, Jardim de Maytrea, Morro da Baleia, Mirante da Janela, Cachoeira do Abismo e Ponte de Pedra.  Segundo o coordenador do núcleo de operações de combate a incêndios do Ibama, Devalcino Francisco de Araújo, em entrevista ao site G1, “todos os incêndios são criminosos, pessoas que foram queimar roça, lixo ou que colocaram propositalmente”.

As informações mais atualizadas estão sendo divulgadas por um Grupo Organizado de Voluntários da Sociedade Civil, intitulado REDE CONTRA FOGO, que montou um centro de comunicação e uma central de apoio na Vila do Paquito- Casa da Serena, Setor Central de Alto Paraíso e está movimentando doações e informações pelas redes sociais: Instagram @redecontrafogo.veadeiros e www.facebook.com/redecontrafogo.

Morro da Baleia

Segundo a Rede, até o momento, foram disponibilizados 4 aviões, 2 helicópteros e cerca de 500 pessoas foram mobilizadas na ação, unindo membros da sociedade civil, ONGs, redes de apoio, instituições e órgãos governamentais. O auxílio está sendo do Corpo de Bombeiros de Goiás e DF, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), IBAMA, Grupo de Ações Tática (GAT) do DF, PrevFogo e Polícia Federal Rodoviária.

Mesmo assim, o fogo continua sem cessar.  As prefeituras de Alto Paraíso e Cavalcante decretaram estado de calamidade pública devido ao incêndio.  Em novembro de 2015, Alto Paraíso também decretou situação de emergência devido à incêndios. O parque é considerado Patrimônio Natural da Humanidade e está com a visitação suspensa. Nesta manhã, o presidente da República, Michel Temer (PMDB), disse nas redes sociais que o governo trabalha para conter o incêndio.

Segundo últimas informações divulgadas pela Rede, hoje à tarde, o fogo está vindo por trás da Serra das Cobras em direção a São Bento, CEB (Centro Budista) e ao Novo Portal da Chapada. Moradores dessa região já estão se mobilizando para combater no fogo.

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé, árvore, criança e atividades ao ar livre

COMO AJUDAR

🚨VOLUNTÁRIOS!🚨 ⠀
Quem quiser e puder ajudar no combate aos incêndios, não é obrigatório ser brigadista, mas é imprescindível já ter participado de algum combate. Para ajudar, dirija-se à central de apoio seguindo as seguintes orientações:⠀
-Cubra o máximo de superfície de pele possível (calça comprida, manga longa, não usar tecido sintético – preferência por algodão e jeans);
-Use sapato fechado;
-Leve óculos e luvas, se tiver;
-Leve uma camisa para amarrar no rosto;
-Leve lanterna (preferencialmente de testa) e mochila (para se manter com as mãos livres);
-E não esquecer de levar uma garrafa de água para beber dentro da mochila.

🚨 Mais informações para voluntários, entrar em contato via inbox pelas redes sociais, através do Whatsapp (21) 972099220 ou diretamente na Central de Apoio em Alto Paraíso (Vila do Paquito – Cidade Alta).

A imagem pode conter: árvore, céu, atividades ao ar livre e natureza ⠀
🙌 DOAÇÃO DE ALIMENTOS 🙌
Quem estiver ou puder ir a Alto Paraíso, pode deixar crédito nos caixas dos mercados Canaã e Paulista.

🙌COMBUSTÍVEL E DINHEIRO 🙌
Quem estiver na Chapada, deixar crédito diretamente no posto VALE DA LUA.

Estamos aguardando a divulgação da conta oficial do voluntariado para divulgação.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, árvore e atividades ao ar livre

SALVANDO OS ANIMAIS

Ainda segundo a Rede, a veterinária Amélia do ‘Veterinários na Estrada’ está se deslocando para Cavalcante com uma equipe especializada em Resgate de Animais Silvestres. O grupo já atuou em desastres como os de Mariana e Teresópolis. Um Centro de Atendimento aos animais feridos pelo fogo está sendo montado na Reserva Bacupari em Cavalcante. Para ajudar no resgate, você pode:

-Doar gaiolas e medicamentos💊💉
-Soro fisiológico e Ringer
-Pomadas com antibiótico e analgésicos
-Diazepan
-Quetamina
-Cateter 24 e 22
-Equipo de soro
-Muita gaze
-Seringas e agulhas
-Agulhas 25×7, 40×13 e 20×40

Os medicamentos podem ser deixados na própria Reserva Bacuri, localizada na Rua 241, Reserva Bacupari, Vila Morro Encantado, Cavalcante, Goiás, CEP 73790-000. Alguns desses remédios não podem ser comprados por pessoas comuns, mas vocês podem ajudar com qualquer quantia através da conta sinalizada abaixo e disponibilizada pela Rede. Quem doar, não esqueça de enviar os comprovantes!
Conta Poupança Caixa
Agência 3526
Operação 013
CP 2122_9
Amélia Margarida
Email: ameliavet@hotmail.com ou WhatsApp (35) 99911-9055

Todas as contas foram disponibilizadas pelo grupo Rede Contra Fogo nas suas redes sociais.

Morar Mais Por Menos 2017

Quem aí gosta de uma decoração bonita e barata? E se for bonita, barata e ainda com um pé na sustentabilidade?

Hoje eu vou mostrar um pouco de uma feira que visitei em Belo Horizonte, chamada Morar Mais Por Menos. É uma feira que acontece anualmente, tanto em Belo Horizonte, como em outras capitais.

São vários ambientes, como quartos, salas, lojas, etc, em que os responsáveis são Arquitetos e Designers, que buscam criar ambientes inovadores aliando decoração e sustentabilidade. Os ambientes devem conter pelo menos 1 elemento fabricado pelo Arquiteto ou Design responsável, porém todo o ambiente deve ser pensado de maneira a atender a sustentabilidade, customização, brasilidade e baixo custo – e, no decorrer do feira, são eleitos os ambientes que mais se encaixam nessas categorias.

AMBIENTE CERVEJARIA MAIS POR MENOS / Vencedora do 1º lugar em Sustentabilidade, Brasilidade e Customização e 2º lugar Mais Por Menos / Escritórios Oca Criativa e Casa Atelier

 

 

AMBIENTE REFUGIO DO DESIGN – ESTÚDIO CONCEITO BOUTIQUE FÉRREA / Vencedor do 1º Lugar Mais Por Menos / Arquiteta Ana Hamacek e Design Monica Hamacek

 

 

Essa feira vem pra desmitificar muito aquela ideia de que pra ser bonito tem que ser caro. É possível sim criar ambientes interessantes e com baixo custo, mas para isso é necessário adotar o faça-você-mesmo e transformar objetos comuns em obras de arte.

MOSTRUÁRIO DE JÓIAS – AMBIENTE ATELIÊ DESIGN DE JOIAS / Arquiteta Roseli Tupinanba e Artista Paulo Armando

 

LUMINÁRIA VASO – AMBIENTE QUARTO MALVA-ROSA / Arquitetas Raquel Cheib e Hannah Gomes

 

O concreto é um dos materiais que tem sido bastante utilizado nessa pegada do faça-você-mesmo, pela facilidade de manusear e pela capacidade de conseguir os mais diversos padrões. Basta fazer a mistura, colocar na forma, esperar secar, desenformar e pronto.

PAINEL HEXAGONAL – AMBIENTE QUARTO DE HÓSPEDES EDIFICARE / Design Rafael Medeiros e Edificare Soluções Sustentáveis

 

PAINEL MEIA PAREDE – AMBIENTE RESTAURANTE MORAR MAIS / Designers Lucilene Bredoff, Vanessa Costa e Kêmilly Rocha

 

Outro material bastante utilizado na feira foram as telhas metálicas na composição de painéis decorativos, as chapas foram tratadas, com pintura ou verniz, cortadas e trabalhadas conforme os tamanhos necessárias e parafusadas em estrutura de metal e madeira na parede.

MAPA MUNDI – AMBIENTE QUARTO JOVEM / Arquiteta Letícia Queiroz Design Paula Bianquini

 

Utilizamos cada vez mais as máquinas de café em residência e escritórios e a praticidade em cafeteiras de cápsulas é inegável, tanto que desde o seu surgimento as pessoas tentam achar novas utilidades para a grande quantidade de cápsulas que sobram. As responsáveis pelo ambiente acima acharam uma forma linda de reaproveitar elas, selecionando por cores, elas lavaram, desamassaram e montaram esse Mapa Mundi 3D de cápsulas de café!

Essa feira faz a gente acreditar no consumo consciente e na utilização de soluções sustentáveis como madeiras certificadas, produtos alternativos e reciclados de maneiras modernas e tecnológicas a favor da decoração.

Consumo consciente é pensar diferente…

BAZAR DESAPEGO CHIC – CARNAVAL

Extra, extra! Última chamada para obter os looks mais incrivelmente em conta do mercado luiseduardense. O Bazar Desapego Chic acontecerá neste sábado de carnaval, a partir das 09 horas da manhã até as 17horas, com uma variedade imensa de roupa para todos os gostos, estilos e bolsos.

Peças que serão comercializadas amanhã no Bazar Desapego Chic!

A moda anda tão frívola que a gente nem sabe mais o que é inverno ou verão. As coleções mudam quase a cada mês e nem sempre é fácil acompanhar tanta mudança e ainda mais, comprar tudo o que “está na moda”.

Existem movimentos cada vez maiores que buscam o reaproveitamento das roupas, seja na customização das peças ou nos brechós, lugares onde você tem oportunidade de fazer maravilhosas compras gastando pouco e ajudando, de certa forma, o meio ambiente. Isso mesmo, pois fazendo compras num lugar onde revende roupas usadas você desacelera ofrenético ritmo consumista no qual estamos inseridos.

Pois bem, foi percebendo essa necessidade de reaproveitar do melhor modo o guarda-roupa que duas jovens amigas juntaram suas clientes, ideias e atitude sustentáveis e criaram o Bazar Desapego Chic.  A Raquel Gomes e a Maira Katrine chamaram algumas amigas para fazer parte deste movimento e o primeiro bazar, realizado na semana passada, foi um sucesso! E neste sábado acontecerá a segunda edição, que promete ainda mais peças incríveis e com preços inacreditáveis.

Peças do Bazar Desapego Chic.

 

Se você deseja fazer parte deste movimento crescente é fácil: separe as roupas que não usa mais e que estão em boa qualidade e ligue para os telefones das meninas que elas vão lhe informar como proceder: 77 9979 1854 (Raquel) e 9968 9156 (Maira).

ONDE ACONTECE O BAZAR: Na casa da Raquel Araújo – Rua 05B, qd 06, lt 20, Central Park, LEM (próximo ao Art Mosaico).

 


SOCIAL

É importante ressaltar que você pode revender as suas peças ou doá-las. Se você optar por doar, o valor recebido nas suas peças será destinado à instituiçãoMeninos dos Olhos de Deus, que cuida de crianças e jovens no bairro Santa Cruz. Além de refazer o seu guarda-roupa, você faz um bem danado ao próximo.

Gostou desta atitude? Compartilhe essa iniciativa nas suas mídias, clicando nolike na parte superior deste texto e propague esta idéia entre seus amigos.

Mais informações em como participar: mairakatrine@hotmail.com