TRIP TURISMO 07 ANOS

Vamos começar a semana com uma novidade muito bacana para agitar o nosso final de ano: a Trip Turismo vai completar 07 anos (no dia 26 de novembro) e para comemorar lançou uma promoção que vai sortear uma viagem para Gramado e Canela com tudo pago!

A Katty, proprietária da agência, mandou um recadinho especial para os clientes e amigos da Trip Turismo:

 

Amigos,

Estamos chegando a mais um aniversário da Trip Turismo: já vamos completar 7 anos. Que momento especial! 

São 7 anos de contínuo esforço, erros e acertos, muito aprendizado, alguns tropeços e muitos passos à frente. 

É com imensa alegria que eu venho agradecer a cada um dos nossos clientes, pelo prestígio, pela confiança no nosso trabalho. Um trabalho que é feito com carinho, com cuidado, com honestidade. Todo o nosso trabalho é feito com amor, desde uma passagem rodoviária até um tour completo em algum lugar exótico.

Nessa época de internet, sites de reservas online e acesso direto aos serviços, vejo algumas pessoas achando que o nosso trabalho já não é necessário, mas enquanto essa pessoa tem um aborrecimento com algum serviço e precisa ficar 2 horas no telefone para ser atendido, nossos clientes tem a quem chamar, em qualquer hora do dia. A Trip Turismo vende muito mais do que serviços, nós vendemos a tranquilidade da sua viagem. E, principalmente, nós temos rosto, temos pessoas comprometidas por trás dos nossos serviços.

E é por reconhecimento a esses clientes, que prestigiam nosso trabalho e são mais do que clientes, são nossos amigos, que nesse ano vamos comemorar nosso aniversário sorteando uma viagem de 4 noites com acompanhante para Gramado e Canela, incluindo passagens aéreas, hospedagem, transfers, city tour e um almoço no restaurante Alemanha Encantada. 

A cada compra na Trip Turismo até o dia 26/11/2014, você ganha um cupom para concorrer.

Nós nos sentimos extremamente honrados em participar da realização de tantos sonhos.

 

Um grande abraço e obrigada,

Katty Trentin e Equipe Trip Turismo

 

Para concorrer é muito fácil! Todas as compras realizadas na Trip Turismo até o dia 26 de novembro deste ano renderão um cupom para concorrer à viagem. Que tal já programar sua viagem de férias, Natal, Réveillon, janeiro ou Carnaval? Temos opções de viagens lindas para todos os gostos!

E querem mais chances de ganhar? No anúncio da Trip Turismo da edição de 5 anos da Revista Orange vocês encontram um cupom para preencher, destacar e depositar na urna lá na agência!

Captura de tela 2014-10-14 08.54.18
Destaque seu cupom na Revista Orange

 

Alemanha Encantada em Gramado

Quem não conhece ainda o parque Alemanha Encantada não perca qualquer oportunidade de conhecer quando passar por Gramado. Principalmente se estiver viajando com crianças!

O parque fica em frente ao Lago Negro e traz a magia e encantamento dos contos e histórias dos Irmãos Grimm, da Floresta Negra na Alemanha. Através de sua arquitetura, decoração, jardins floridos e bem cuidados, estátuas e bonecos, o visitante se sentirá em uma antiga vila alemã medieval, interagindo com as histórias que habitaram e ainda habitam a imaginação de adultos e crianças.

No parque existe uma torre de 20 metros chamada de Torre da Princesa, com uma vista espetacular do ponto turístico mais visitado de Gramado: O Lago Negro. E os visitantes ainda podem fotografar a Rapunzel e suas tranças. O Parque tem ainda um fantástico espaço gastronômico, onde pode-se degustar choppes nacionais e importados, além de pratos típicos da culinária alemã.

parque
Alemanha Encantada em Gramado
IMG_3155
Rapunzel
alemanha_encantada
A torre da princesa

 

Para informações sobre a   promoção da Trip Turismo, entre em contato com a agência:

77 3628.2967 / 77 3628 1738 / 77 8814.4962

www.tripturismo.com

facebook.com/tripturismo

Provanza e Você | Aromaterapia com Mari Moraes

Chegamos na reta final do evento mais fofo de LEM: o Provanza e Você. Neste sábado, dia 18, às 09h, teremos o último encontro na loja, desta vez para aprendermos sobre Aromaterapia com a psicóloga especialista em terapias complementares Mari Moraes.

Além da palestra, um delicioso café da manhã personalizado pela Cinara Melo Eventos espera por vocês!

OLEOS_ESSENCIAIS

A aromaterapia é uma técnica cada vez mais utilizada nos dias atuais, principalmente por quem sofre muito com estresse. Essa forma de terapia alternativa é um tratamento complementar que utiliza óleos essenciais extraídos de plantas aromáticas e que podem ser combinados a banhos, escalda-pés e massagens.

A utilização correta dos aromas proporciona alívio de dores e dos sintomas de estresse e ansiedade, trata depressão e dores musculares, acalma a pele, alivia as tensões e relaxa o corpo como um todo. Há pesquisas que indicam que o olfato é uma forma rápida para criar mudanças no humor em uma pessoa, tornando a aromaterapia uma poderosa aliada para nos acalmar ou animar nos momentos que mais precisamos de uma ajudinha extra.

Nosso corpo tem pontos que, quando ativados, fazem fluir a energia vital, nos trazendo alegria, prazer e, principalmente, saúde. São os chackras, distribuídos ao longo da coluna até o topo da cabeça e cada um deles corresponde a uma das sete principais glândulas do corpo humano. No encontro de sábado, aprenderemos sobre eles e como equilibrá-los.

A aromaterapia pode ser aplicada em forma de massagens, banhos, inalações, cremes e loções, aromatização ambiental ou compressas.

A Provanza possui uma linha específica de aromaterapia, com difusores de ambientes e diversos aromas, além de oferecer uma sessão gratuita de aromaterapia na loja!

 

Vamos lá? Anote na agenda:

18 de outubro | 09h | Aromaterapia com a psicóloga especialista em terapias complementares Mari de Moraes

 

É GRATUITO!

Inscreva-se já! Estamos esperando por vocês.

 

***

Serviço

O que? Evento Provanza & Você | Aromaterapia com Mari Moraes

Quando? 18 de outubro às 09h

Onde? Na loja da Provanza, na Rua Paraíba, n 291, no Centro de Luís Eduardo Magalhães

Giro de Profissões e a palestra com o jogador de vôlei Giba

Captura de tela 2014-10-11 21.07.17

A Unopar de Luís Eduardo Magalhães está promovendo o Giro de Profissões nos dias 16 e 17 de outubro, um evento gratuito com atividades, palestras sobre o mercado de trabalho e carreira profissional, visitas guiadas pelo polo da universidade e estandes temáticos sobre os diversos cursos.

No dia 16, o evento é destinado aos profissionais e empresários da cidade com duas palestras, às 15h e às 19h30. Já no dia 17 de outubro, às 09h30 e às 14h30, o evento será direcionado aos estudantes do ensino médio das redes pública e privada e tem como propósito auxiliar aqueles que prestarão vestibular no final do ano e ainda estão em dúvida de qual profissão escolher para seu futuro. Essa é uma oportunidade única que a Unopar proporciona à comunidade para conhecer novas graduações, entender o cotidiano das profissões e saber mais sobre o curso escolhido para a decisão consciente da carreira, oferecendo mais segurança aos jovens.

No Giro de Profissões os estudantes terão a oportunidade de assistir palestras sobre o mercado de trabalho com o jogador de vôlei Giba, participar de bate-papo com professores e coordenadores e conhecer mais sobre os diversos cursos que a Unopar oferece pelo Pólo de Luís Eduardo Magalhães. As atividades também permitirão aos estudantes conhecerem a estrutura física da Unopar.

Tanto estudantes como profissionais que comparecerem ao Giro de Profissões poderão fazer a inscrição do Vestibular 2015 durante o evento gratuitamente, sem pagar taxa de inscrição.

Captura de tela 2014-10-13 10.22.07

 

AGENDA

 

Giro de Profissões

16 de outubro – às 15h e às 19h30

17 de outubro – às 09h30 e 14h30

Palestra com o jogador de vôlei Giba

Visitas pelo polo

Bate-papo com professores, coordenadores e alunos

 

Local: Polo da Unopar – Rua Regina Gomes Bergamini, n 129 – Jardim Imperial – LEM

Informações e inscrições: www.girodeprofissoes.com.br / 77 3628.5370

No ranger dos dentes, ou é A ou é D

O candidato A não é a mudança que o Brasil precisa, ou, sendo sensato, a mudança que uma considerável parcela da população espera que aconteça caso A seja eleito. A é tão somente a oportunidade fincada no slogan de sua campanha:

Muda Brasil”.

Oportunismo pra ser mais claro.

Uma jogada de marketing tão típica em toda e qualquer insossa campanha eleitoral e nada, absolutamente, nada, além disso. Quiçá, o assovio para o cavalo encilhado que desafiou a todos a pouco mais de um ano durante aquele período em que batemos todos no peito orgulhosos para dizer:

– O gigante acordou.

Vem daí o tal do “Muda Brasil” e como todos sabemos, o malfadado gigante não acordou coisíssima nenhuma e não vai acordar tão cedo, ainda que uma nova onda de rebeldia possa vir a se apoderar de todos nós numa manhã escaldante de verão qualquer.

A mudança, nesse caso, é tão somente a troca. A substituição de um volante por outro num 0 a 0 aos 15 minutos do segundo tempo e nunca por A ser a melhor opção ou representar a renovação que aquelas manifestações pediam. Não, não e não. Sua eleição, caso aconteça, nada mais é que a rejeição ao atual estado das coisas.

O grito dos descontentes com o que nos é servido no menu atualmente.

Um basta para D.

D, pelo contrário, é a continuidade do modelo vigente e tampouco representa mudança alguma, embora sua campanha aposte no slogan: “Mais mudanças, mais futuro”. De novo o uso do verbo mudar. Oportunismo de lá, oportunismo de cá. Sendo otimista, é a manutenção – em gênero, número e grau – do que está ai. A escolha dos satisfeitos, embora pareça óbvio que haja uma onda crescente de insatisfação país afora, ou na pior das hipóteses, nos percentuais de pesquisa até agora revelados e no mundo perfeito e encantado das redes sociais.

A questão é que a insatisfação não é necessariamente com D, mas com a legenda que ela representa. A opção por A não significa aceitá-lo como o salvador da pátria, mas, como a certeza que em se optando por ele estará se confirmando a retirada de tudo que D e sua turma supostamente representam.

O problema é que não temos uma opção B ou C entre as duas que se apresentam. Tudo que nos resta é a troca de seis por meia dúzia, por que, repito: A não será melhor que D, e D não será melhor do que já foi nos últimos quatro anos. Entre um e outro, não há pra onde correr.

Talvez, com muita boa vontade, possamos de joelhos repetir os versos de Cazuza:

“Vamos pedir piedade

Senhor, piedade

Pra essa gente careta e covarde

Vamos pedir piedade

Senhor, piedade

Lhes dê grandeza e um pouco de coragem”

É.

E quem sabe com um pouco de coragem não constatemos que estamos presos a um modelo que não admite mudanças bruscas e que ainda é exigente, pois, obriga a cada um de nós, invariavelmente, ter de escolher entre A ou D, quando o que mais precisávamos seria a renovação que B ou C poderiam ofertar, ou ainda, a simples opção de se abster legalmente da nefasta escolha.

Só pra fechar a conta.

O vencedor não será o candidato A ou D. Será o poder de persuasão dos marqueteiros, a imagem menos combalida, o slogan mais oportuno. Porque de resto só pedindo piedade mesmo, afinal, vivemos uma democracia né!?

World Study realiza evento em parceria com a Wizard e anuncia o sorteio de um intercâmbio para alunos da escola

O escritório de intercâmbio World Study de Luís Eduardo Magalhães fechou uma parceria exclusiva com a unidade Wizard da cidade, oferecendo vantagens únicas para os alunos da escola de idiomas.

Happy Hour World Study (2)

Para dar início a essa parceria, o escritório realizou um evento em parceria com a escola no final da tarde do dia 29 de setembro, o Happy Hour da World Study. Iniciando o evento, a professora da Wizard, Francieli Borges, falou sobre sua experiência de intercâmbio em São Francisco, Califórnia, no ano de 2011. Logo após o diretor da World Study LEM, Vinícius Junqueira Motta, apresentou a franquia e seus diferenciais, o que é um intercâmbio e a importância do mesmo para a formação da personalidade, cultura e currículo de qualquer pessoa e também as possibilidades de cursos e programas da franquia em diversos países. Ele também anunciou outro fruto da parceria com a Wizard, uma promoção que sorteará uma bolsa de estudos em país a ser definido, entre todos os alunos da Wizard e aqueles que se matricularem na unidade de LEM entre o período de outubro de 2014 a março de 2015. Essa bolsa de estudos será de quatro semanas, incluirá aulas de inglês e acomodação. O sorteio acontecerá em março de 2015. O regulamento do sorteio bem como o destino deste intercâmbio serão divulgados durante o mês de outubro.

Happy_Hour_World_Study_(3)[1]

A procura por maiores informações após o evento foi intensa, com muitos pais interessados em proporcionar aos seus filhos essa enriquecedora experiência cultural. No final do evento foi oferecido um delicioso coffee break.

Entre as muitas opções de intercâmbio, a World Study oferece high school (ensino médio), cursos de idiomas, cursos de férias, faculdade, pós-graduação e estágios no exterior, au pair, cursos e visitas para qualquer área técnica e ainda a possibilidade de estudar e trabalhar lá fora. Todos possuem a mesma característica: proporcionar a vivência na língua, cultura e sociedade de outro país. Para os interessados em conhecer mais sobre as possibilidades de intercâmbio, o escritório fica na Rua Valdemar Klein, 159, 2º andar, sala 01, ao lado do novo prédio da Unopar, no bairro Jardim Imperial.

Happy Hour World Study

O desabafo do lenhador de mentirinha

A primeira providência do dia foi colocar água na chaleira e acender a boca do fogão. Hora do mate solitário de sempre. Eram 6 da manhã e o máximo que se ouvia do lado de fora era a telha de zinco solta aprontando das suas em cima de casa, num vai e vem irritante provocado pela brisa das primeiras horas de sol da manhã. Mesmo sem nenhum galo a cocoricar na vizinhança, acordar cedo se transformou numa rotina diária, inclusive aos domingos.

Incuti num canto qualquer da minha mente que rendo melhor de manhã cedo. Pode não ser esse o motivo de quase madrugar todo santo dia, mas o argumento é válido. Normalmente consigo produzir mais e melhor enquanto houver claridade nos céus.

Aliás, posso até insistir em permanecer na cama umas horinhas a mais, mas, o máximo que vou ganhar será o mal estar de ter ficado tempo demais deitado.

Tanto é que se eu fosse um lenhador de verdade e não só no imaginário da garota de olhos felinos, antes das 8, já teria lenha suficiente para aquecer um inverno todo. No mundo real, tudo que tenho pra apresentar é uma térmica inteira de água quente sorvida com o chimarrão.

O que estou querendo dizer é simples: prefiro escrever de manhã. Antes das crianças dos vizinhos saltitarem de suas camas e começarem a correr e gritar e chorar e, também, antes da vizinha que um dia me acusou de nazista aparecer radiante inflando todo condomínio com sua voz forte e com um sorriso transbordando marotice, sorrateiramente acenar com os dedinhos em riste a riscar o ar.

Por que ela é má. Muito má, mas isso não vem ao caso agora.

O fato e razão dessa crônica em desabafo é que a noite eu não consigo escrever. É como se fosse impedido de sentar diante do notebook e escrever algumas simples linhas. Não rende e não adianta insistir. Já tentei. Por mais que algumas ideias forcem uma tentativa, o cursor permanece piscando na tela em branco do editor de texto e nada mais acontece.

Nada.

Absolutamente nada.

As palavras não se transformam em frases. As frases em parágrafos e os parágrafos em crônicas ou na continuidade do meu segundo projeto literário – o primeiro, meu livro de crônicas está praticamente pronto e, caso não tenhamos nenhum percalço, será lançado em novembro –, um livro, aparentemente, com começo, meio e fim, meio transgressor, avesso e – creio eu – pouco convencional.

À noite, repito, não consigo escrever.

Deu pra entender: só consigo escrever pela manhã. Nenhuma linha à noite.

Percebeu o tom desesperador da linha acima. Não? Leia de novo. Ainda não? Mais uma vez, eu sei que você consegue. Preciso da tua compreensão. Imagine que estejamos num bar e eu com os olhos marejados quase em súplica:

– Eu não consigo escrever a noite, entende? Uma linha sequer. Nada. Só de manhã. Se quiser escrever preciso me programar para escrever logo que acordo pela manhã, senão não vai render. Não vai renderrrr. Não vai.

A água da térmica está morna. Último mate. Últimas linhas. Já, já a crianças vão começar a correr e brincar e chorar. Vou fechar a janela antes de a vizinha aparecer e sequer ousar acenar do lado de lá.

Preciso me preparar para as urnas. Mais essa.

Será que posso ir fantasiado de lenhador?

Ah, claro que sim, afinal, nada mais depois de agora vai render. Uma linha sequer.

 

***

Que fique bem claro, não defendo o corte de árvores. A figura do lenhador nesse caso é meramente ilustrativa, parte das sandices que duas pessoas adultas e com gosto musical diferenciado são capazes de gerar em conversas via redes sociais ou aplicativos de bate-papo no celular.

 

Intercâmbio | La Belle Paris!

Olá pessoal! Estou de volta com as histórias e hoje vou contar pra vocês como foi visitar essa cidade tão linda e que, provavelmente, todos já ouviram falar.

Capital da França, Paris é conhecida como a cidade da luz, dos amores e da moda. E já vou dizendo a vocês que ela realmente faz jus a tudo isso.

Foto 1 - Torre Eiffel
Torre Eiffel

A cidade onde eu morei durante meu intercâmbio, Roanne, fica pouco mais de 4 horas (de trem) de Paris. Em comparação com grandeza do Brasil, não considero uma viagem muito longa e feita de trem é bem confortável, mas mesmo assim, só passei por esse pedacinho da França duas vezes.

Mesmo não sendo muito longe, demorei um pouco a visitar Paris pela primeira vez. Primeiro, porque o tempo, logo que se chega ao outro país, simplesmente voa e você não consegue decidir qual lugar quer conhecer. E segundo porque eu queria conhecer Paris em um momento especial.

Então, juntando isso com a chegada do meu namorado Gian em dezembro mais a saudade dos amigos da UFV que também estavam em intercâmbio, resolvemos reunir nossa “família” no Natal, na cidade que se ilumina toda para comemorar essa data tão importante: Paris!

Foto 2 (1)

 

Foto 3 - Catedral Notre Daem
Catedral Notre Dame
Foto 4 - Palacio Versalhes
Palácio de Versalhes
Foto 5
Torre Eiffel à noite

Apesar de toda a decoração para a festividade e o clima de alegria, minha primeira impressão da cidade da Luz não foi surpreendentemente magnífica! Fiquei com o pensamento de “esperava mais”. E com certeza, eu devo isso a dois fatores, ao frio e a quantidade de pessoas visitando Paris. Não que conhecer lugares durante o inverno seja ruim, mas o céu fica cinzento, com possibilidade de chuva, as pessoas são mais fechadas (talvez por causa dos casacões e a pressa de fugir do frio) e a cidade parece menos viva, como se estivesse emoldurada num quadro.

Mesmo desse jeito, nada nos impediu de querer visitar os monumentos e pontos turísticos da cidade. E são muitos! Torre Eiffel, Catedral de Notre Dame, Pont des Amours, Museu do Louvre, Arco do Triunfo e Champs-Elysées, Place de la Concorde, Jardim de Luxembourg, Trocadero, e claro, esticar um pouco o passeio e visitar o Château de Versailles, em Versalhes, são, entre outros, os lugares mais procurados pelos turistas.

Dica: vale a pena visitar cada um deles, e para isso são necessários ao menos três dias em Paris, sobretudo porque o Museu do Louvre e o Palácio de Versalhes pedem um dia inteiro só para eles.

Foto 6 - Museu Louvre
Museu do Louvre
Foto 7 - Palacio Versalhes
Palácio de Versalhes
Foto 9
Champs Elysées
Foto 8 - Pont des Amours
Pont des Amours
Foto 10 - Museu Louvre
Museu do Louvre

 

E sabe aquela impressão que comentei anteriormente? Foi totalmente substituída por uma admiração incrível que senti pela cidade quando a visitei no verão, em Julho – Paris foi um dos lugares que escolhi para passar meus últimos dias de intercâmbio, na viagem de despedida! Tudo muito mais colorido, vivo, quente e alegre. A cidade da luz, do amor e da moda sorria em cada monumento que eu fiz questão de revisitar para bater um flash!

Paris não é minha cidade favorita da França – contarei a vocês quais são em outro texto – mas com certeza eu a escolheria caso a oportunidade fosse de visitar uma única cidade francesa! Acho que ela resume bem o estilo, cultura e história desse país que amo tanto. E aí, ficou empolgado? Vou deixar as fotos falarem por mim…

Foto 12 - Arco do Triunfo
Arco do Triunfo

Foto 11

Foto 13 - Museu Louvre
Museu do Louvre
Foto 14 - Palacio Versalhes
Palácio de Versalhes

Foto 16

Foto 15 - Palacio Versalhes

Casamentos lúdicos. O que é isso?

Já sei. Você torceu o nariz pra este post só porque o tema casamento nunca despertou o seu interesse. E não se imagina numa festa em que sequer sabe o nome da flor pelo qual desembolsou uma fortuna, acertei?

Pois é, meu bem, tenho uma boa e uma má noticia: a má é que essa desculpinha não cola mais, pois não é de hoje que os casamentos não precisam custar caro para serem lindos! E a boa é que em terras gringas os casamentos mais legais tem a cara dos noivos e podem ter até um tema específico! Isso mesmo, um tema, tipo festa de criança e até com comida de criança. Hoje é comum ver nos casamentos mais descolados guloseimas que remetem a nossa infância como carrinhos de pipoca, picolé, algodão doce e muito chocolate!

Se vocês adoram parque de diversões e até já visitaram os mais legais do mundo, que tal uma festa com esta temática? Calma, não estou propondo uma festa da Minnie, mas porque não esse mesmo tema numa roupagem mais vintage com muitas comidinhas típicas dos parques de antigamente e com aquelas brincadeiras legais para divertir os convidados? Pra completar o cenário escolha um local com muito verde, um horário durante o dia e peça para seus convidados irem com roupas em tom pastel e se toparem, até um figurino com uma pegada mais antiguinha! As fotos ficam incríveis!

Tá, não gosta de parques, mas adora ler? Ok! Livro tem sido a escolha unânime dos casais nerds mais moderninhos. Já existe até uma empresa especializada nas lembrancinhas para este público.  A Enlace com Literatura é responsável por fazer uma versão de clássicos da literatura exclusivamente para os noivos. Essa personalização pode ir desde o prefácio do livro com um agradecimento para os convidados, até uma capa feita especialmente para os noivos. Muito cult, né? A empresa ainda não chegou ao Brasil, mas estou na torcida pra essa moda pegar.

Viu só? É tudo uma questão de criatividade. E, sim, os casamentos estão cada dia mais originais. Graças a Deus!

Não deixe esse momento passar em branco, coloque a sua personalidade nos detalhes da festa e divirta-se!

A viagem dos sonhos com a Miss Brasil Latina Patrícia Guerra

A Patrícia Guerra é Miss Bahia Latina e Miss Brasil Latina e foi a representante brasileira do concurso Miss America Latina del Mundo 2014, que aconteceu em Punta Cana no dia 6 de setembro, onde conquistou o terceiro lugar entre candidatas do mundo inteiro! A família da Paty e o seu namorado, Pedro Fagundes, foram até Punta Cana para assistir a grande final do concurso e aproveitaram a beleza incrível do lugar para curtirem dias mágicos! A Paty escreveu um relato sobre a viagem de toda a família:

“Punta Cana é o lugar perfeito para curtir com a família, com o namorado e com os amigos. Poderia dizer que estávamos no paraíso, onde tudo é maravilhoso. Mar com águas límpidas, temperatura agradável (bastante calor e com o nível de umidade altíssimo), praias paradisíacas, lugares impressionantes. Toda a minha família teve o apoio da Trip Turismo para organizar esta viagem e acredito que foi por isso que ela se tornou inesquecível, porque tudo foi organizado com antecedência, com muita atenção e carinho por toda a equipe da agência de viagens, especialmente pela Katty. Sentimo-nos muito especiais por poder contar com uma empresa tão profissional e parceira como a Trip Turismo, que acompanhou nosso antes, durante e após a viagem, sempre perguntando como estava o andamento da viagem, como ocorreu tudo, indicando passeios, o que fazer, para onde ir. Eu, minha família e meu namorado, Pedro Fagundes, somos muito gratos por tudo que nos proporcionaram. Agora chegou a minha vez de fazer indicações! Punta Cana fica na Republica Dominicana – Região do Caribe e os dominicanos se parecem muito com nós brasileiros, acredito que foi por isso que me apaixonei ainda mais por este lugar. Ficamos na praia Bávaro, no resort chamado Barceló Bávaro Palace Deluxe, que é imensamente grande e tudo é incrível. Conhecemos a Ilha Saona, a praia de Macao que é simplesmente hipnotizante, nadamos com os golfinhos (Tony e Liseth) que são animais super dóceis. Alguns mais corajosos nadaram com os tubarões: minha irmã Poliana, seu namorado Gian, o Pedro e meu Tio Leo. Eu não, por que faltou coragem para isso! Hihi. Enfim, há uma variedade enorme de coisas a se fazer, mas concluo aqui meu depoimento dizendo a todos que se tiverem a oportunidade de conhecer Punta Cana, aproveitem por que é uma viagem impressionante, e é claro, não se esqueça do principal detalhe, vá com a Trip Turismo.”

 

Já curtiu a Fanpage da Trip Turismo? Clique AQUI para seguir e ficar por dentro das novidades e promoção da agência.

 

Uma ruiva de óculos fantasiada de diabinha

Quando tua imaginação te permite visualizar a figura de uma mulher ruiva de óculos de armação, vestida de diabinha, é impossível travar o canto dos lábios e conter o brilho nos olhos. Como mágica a boca empena tal qual uma rede de casa de praia e a vontade que dá é se espreguiçar com as duas mãos arqueadas próximas a nuca e o os olhos fechados pra que a imagem ganhe ainda mais nitidez.

A sorte é ainda maior se a ruiva existir de verdade e pertencer ao teu convívio diário. Em letras garrafais, para que fique claro: ELA EXISTE. Ruiva, óculos de armação e um cheiro inigualável, provocante, sensual…

…Ai, ai.

Daqueles que te faz perder a noção e querer guardar a boca e a cara cheia de pelos entre o pescoço e a orelha dela, só para farejar cada milímetro daquele odor rebuscado de pitanga madura, igual um cãozinho vira-lata assanhado empertigado ao lado de uma churrasqueira queimando uma costela.

Imaginá-la vestida de diabinha é como o prêmio da loteria, o trevo de quatro folhas, o pensamento mais sexy do dia, o riso bobo a escapar dos beiços quando ela te olha com os olhos negros sobre a armação, e fazendo biquinho diz:

– Rrummm.

Simmm. Ela diz “rrummm” e nesse lapso tão risível do tempo, tudo parece congelar e num piscar de olhos fazer sentido e valer a pena.

A propósito, eu ouviria a ruiva de óculos de armação e perfume provocante repetir esse “rrummm” dezenas, talvez centenas de vezes:

– Rrummm.

– Rrummm.

E rrummm.

O melhor é que ela sabe. Sabe que eu adoraria vê-la vestida de diabinha. Eu disse a ela. Disse que compraria a fantasia. Para todos ouvirem. E todos aprovaram a ideia. Ela vestida de diabinha. Aprovaram a ideia de ela vestir o traje só pra eu ver.

– Eu vou comprar uma fantasia de diabinha pra ti.

E ela, insinuante, única, má:

– Rrummm.

Que não fale mais palavra nenhuma além de “rrummm”. Só pelo prazer de ser maltratado com os olhos negros por sobre a armação dos óculos. Mil vezes “rrummm”.

Porque às vezes os detalhes mais insignificantes são os que mais nos dão prazer em observar. E repetir. E desejar que o tempo estacione sua charrete para que os cavalos saciem sua sede e você tenha certeza que não existe nada no mundo mais charmoso que uma mulher de óculos.

E mais: que uma ruiva de óculos fantasiada de diabinha pode ser, ao mesmo tempo que um fetiche, também algo que você aprenda a imaginar todo santo dia. Pelo prazer e pela chance rara de ouvir ela dizer:

– Rrummm.

Sim.

Porque às vezes os detalhes mais insignificantes são os que mais nos dão prazer em observar. E isso, pode ser o suficiente.