Uma das maneiras de crescer na profissão e na vida pessoal

Olá pessoal! Primeiro texto do ano, depois de um descanso merecido, decidi falar sobre um assunto que atinge todas as profissões: atualização.

Pode parecer brincadeira, mas é comum o número de pessoas que não se importam com isso e não sabem o quanto perdem quando estacionam nas suas carreiras e vidas pessoais. Um curso qualquer, um livro da área, uma curiosidade sobre determinado assunto e até mesmo um novo hobby podem impactar profundamente as relações de trabalho e ampliar sua visão de mundo.

Eu sempre busco crescer com novas experiências e desafios, e fazem parte disso não apenas ler livros novos (que adoro), mas também ter contato com pessoas diferentes, que podem nos ensinar outras maneiras de ver um determinado problema. Atualmente, posso dizer que vejo isso com uma especialização que decidi fazer. Várias cabeças, várias ideias, muito crescimento.

Para que isso aconteça, é necessário que as pessoas estejam dispostas a receber novas informações e também compartilhar novas experiências. Sem isso, fazer um curso, uma atualização e uma nova atividade não agrega valor. O conhecimento constante é importante, mas apenas se ele vai além de um título ou de um curso que você não gosta.

Vamos falar mais sobre esse assunto em outros textos. Acompanhe aqui na Immagine várias dicas de comunicação e negócios todas as terças-feiras.

Se quiser sugerir algum assunto mande um email para contato@kalynemenezes.com.br. Você também pode ler sobre outros assuntos de comunicação no meu site.

Um abraço e até a semana que vem!

Dicas para um planejamento eficiente | por Claiton Vignatti Dani

O primeiro mês de 2017 já está no fim, mas ainda dá tempo de planejar as metas para seu negócio.

Nós acreditamos que um planejamento faz bastante diferença na nossa vida, seja nos negócios que incluem vendas ou até mesmo nas finanças da vida pessoal. E para isso, contamos com as dicas de planejamento do Claiton Vignatti Dani, da Conduz – Soluções em Produtividade. Vamos conferir o que ele tem a nos dizer para ajudar nosso 2017 a ser mas produtivo e organizado?

*

Certa vez li em algum lugar que a ideia de dividir nosso tempo é excelente pois sempre teremos um reinício e uma oportunidade de melhorar. Eu acredito nesta afirmativa! Todos nós, quando chegamos ao final de um ano, mesmo involuntariamente, paramos por alguns segundos e fazemos um balanço do ano que se passou e fazemos promessas para o ano vindouro, acreditamos que desta forma estamos propensos a mudar juntamente com o calendário. Este processo não é muito diferente para nossas empresas, no entanto, para elas temos que obedecer um processo chamado PLANEJAMENTO. Para a grande maioria das empresas o ciclo de sazonalidade pode obedecer o mesmo do calendário, ou seja, de janeiro à dezembro, e com isso obedecer esta mesma lógica, sendo assim já estamos passando da hora de apresentarmos o que queremos para este 2017 cheio de desafios.

O primeiro passo para um planejamento bem elaborado está no passado pois é a única fonte confiável de dados que temos, e os fatos se repetem. Desta forma, a primeira informação que temos que trabalhar são as nossas vendas. Precisamos definir as sazonalidades e as variações mensais e aí propormos uma meta com audácia o suficiente para nos motivar e que seja possível o alcance.

Com os números das vendas, precisamos separar as nossas despesas de acordo com a influência exercidas sobre a nossa demanda. Ou seja, devemos separar os custos variáveis dos custos fixos. Esta informação será útil, pois as despesas variáveis irão ocorrer em decorrência das vendas e por isso devem ser planejadas em função de sua sazonalidade. As despesas fixas, ocorrem independentemente da venda e por isso obedecem outros padrões que deverão ser estudados nos históricos de cada uma, por exemplo: os funcionários ganham o 13º Salário em novembro e dezembro, portanto sabemos que nesse período haverá este desembolso.

Com estes três dados na mão já conseguiremos elaborar um orçamento base e planejarmos nossas metas de vendas e gastos para todo o ano. Por mais que não haja dados o suficiente para elaborar o seu planejamento, é de extrema importância que se inicie o processo e que este seja seguido e atualizado. Não é à toa que chamamos esta atividade de processo, pois ela tem entradas saídas e é retroalimentada, ou seja, está em constante mudança.

Por fim devemos ter em mente que planejar não é adivinhar, e por tanto não é necessário um nível de acerto em todas as casas decimais. Ele está mais para uma habilidade que pode ser desenvolvida dentro da organização através da prática, portanto não se sinta culpado se você errar nos primeiros dados. Siga com o planejamento e verá que os números ficarão mais apurados conforme você os trabalha.

*

Está precisando de planejamentos, dicas e soluções como estas? Então você precisa da Conduz – Soluções em Produtividade. Entre em contato e fale com o Claiton! Temos certeza de que ele vai te ajudar!

Conduz – Soluções em Produtividade
Endereço: Rua Burle Marx, 733 – Jardim Paraíso
Telefone: (77) 3628-4717
Horário de funcionamento: das 8h às 12h

SPA Carpe Diem: vantagens exclusivas para empreendedores

Em todos os seus anos de existência, o SPA sempre se destacou. Localizado no bairro Jardim Paraíso, ele tem lugar cativo no coração de todos aqueles que já passaram por lá e é muito fácil compreender o porquê de tamanho sucesso. Mais moderno e com um ambiente renovado, o SPA Carpe Diem se tornou uma referência quando se fala em empreendedorismo na cidade e oferece as vantagens que muitos procuram para cuidar da saúde e da beleza e, mais ainda, para empreender.

Hoje o SPA oferece uma gama variada de empresas dentro da sua estrutura, funcionando como uma espécie de “galeria”, onde são encontradas lojas de acessórios, restaurante, salão de beleza, academia, consultórios, entre outros serviços.

Haru Temakeria

Por que o SPA?

O SPA possui benefícios únicos e exclusivos para os empreendedores. Engajamento, interatividade, estrutura física diferenciada e localização são apenas alguns deles.  Para a parceira de negócio do SPA, Simone Braga, proprietária da Divinazzi (loja de acessórios com marcas como Victor Hugo e Ellus), a segurança do SPA Carpe Diem foi um dos motivos que mais lhe chamou atenção na hora de escolher onde empreender. “Eu precisava de um ponto para montar minha loja que me oferecesse principalmente segurança e qualidade de ambiente. Fui surpreendida quando encontrei o SPA e percebi que lá era o lugar mais agradável que já estive”, conta. Simone disse ainda que não tem dúvidas de que sua localização coopera muito para o seu sucesso. “O SPA é ótimo. Lá encontrei o lugar perfeito para empreender”, disse.

Simone Braga, proprietária da Divinazzi

E contra a opinião de quem conhece o ambiente, não há argumentos. Conhecido por toda a população de Luís Eduardo Magalhães, o SPA Carpe Diem sempre busca crescer, inovar e empreender. Sendo o primeiro SPA da região, o Carpe Diem continua proporcionando aos seus clientes qualidade de vida e experiências saudáveis, revigorantes, exclusivas e de equilíbrio.

Mabel Domingues, proprietária do Studio Core Flex, está feliz por ter conquistado excelentes resultados e contínuo crescimento. A união de forças com o SPA deu tão certo que a empresária acaba de assumir mais um negócio: a Academia. Ela, que é Educadora Física, vai dar continuidade à sua missão de proporcionar qualidade de vida e saúde à todos, contando com seu sócio e marido David Domingues.

Mabel Domingues, do Estúdio Core Flex

É uma conquista muito gratificante. Comecei minha história com o SPA em 2013 e hoje, depois de 3 anos, conseguimos perceber o quanto essa parceria nos fortaleceu. Foram muitos dias de trabalho, dedicação, inovação e o principal: tudo feito com muito amor. Para nós e para o Studio Core Flex, a parceria com o Carpe Diem foi e está sendo muito boa”, contou a empresária.

Para Cristiane Hendges Tosta, sócia do SPA Carpe Diem, a empresa tem 2 grandes objetivos principais: oferecer o espaço ideal para empreendedores montarem seus negócios, e a melhor experiência de consumo para os clientes. “Por isso cuidamos para que as dependências e o conceito do SPA estejam sempre em evolução. Queremos ver cada vez mais pessoas aderindo ao nosso estilo Carpe Diem de ser e empreender”.

Cristiane com as empreendedoras Ligiane e Suelen, da Rubi Semijoias

*

Pense no futuro, em como nossa cidade caminha para a evolução e observe o quanto o SPA acompanha o ritmo de LEM. O espaço ideal para seu negócio está no Carpe Diem. Aproveite as oportunidades e toda a excelência de quem já faz parte: empreenda com o SPA!

Para saber mais sobre as oportunidades, entre em contato com a Cristiane: 77 3628.2015 / 9 9968.4900. Conheça na galeria um pouquinho do SPA Carpe Diem!

Redes sociais: @spacarpediem

Por que investir em mídias sociais?

Esta ainda é uma dúvida pertinente de muitas empresas, profissionais liberais e figuras públicas. No texto de hoje compartilho com vocês três razões importantes para investir nas mídias sociais (Facebook, Twitter, Instagram, Snapchat, dentre outras).

kalyne1

1 – Território de exploração

As mídias sociais podem ser consideradas um novo espaço de interação, mas além disso elas são extensões da nossa sociedade, ou seja, por meio dessas mídias também podemos ver o que a sociedade pensa sobre determinado produto, assunto, posição. Assim também é possível utilizá-las para identificar necessidades e atingir seu público. Todo o debate da sociedade, de uma forma ou de outra, também está nas mídias sociais. Por isso a importância de estar sempre atento ao que acontece.

2 – Visibilidade do seu negócio

Estar nas redes sociais permite que muitas pessoas, até mesmo fora do seu ambiente de atuação, vejam seus produtos/serviços e tenham interesse em buscar mais conhecimento com você ou, ainda, contratar suas habilidades. As mídias sociais servem, do ponto de vista empreendedor, tanto para mostrar o diferencial do seu negócio quanto para ampliar as possibilidade de clientes.

3 – Público em potencial

Os seus clientes estão nas redes sociais. Talvez nem todos, mas sem dúvida uma parcela considerável. Por isso é possível não apenas interagir e criar vínculos com seus clientes, mas também identificar quais necessidades, gostos, anseios, desejos e outras informações relevantes que contribuem estrategicamente para seu negócio.

Ainda não tem rede social? Não perca tempo, mostre seu potencial e explore esse novo mundo de possibilidades!

Acompanhe aqui na Immagine dicas de comunicação e negócios todas as segundas-feiras. Se quiser sugerir algum assunto mande um email para contato@kalynemenezes.com.br. Você também pode ler sobre outros assuntos de comunicação no meu site .

Um abraço e até semana que vem!

Estratégias para que o cliente abra seu e-mail

O e-mail ainda é uma das ferramentas mais utilizadas para a comunicação. Mas você já reparou quantos e-mails recebe por dia? E quais deles você realmente abre? Pesquisas realizadas por empresas norte-americanas de tecnologias apontam que, em média, recebemos 125 e-mails por dia e a tendência é que os números aumentem.

Para que seu e-mail seja realmente aberto e lido, em meio a uma caixa lotada de mensagens, é fundamental que o assunto do e-mail seja bem escrito para chamar a atenção do seu cliente.

Computer Laptop Send Email Concept

#1 Vá direto ao ponto

O assunto da mensagem de e-mail é o que de início vai determinar se alguém vai ler ou não o conteúdo enviado. Escreva a palavra-chave no e-mail, dê destaque ao assunto de interesse e use a menor quantidade de palavras possíveis. O ideal é que o assunto do e-mail tenha, no máximo, três palavras.

 #2 Evite perguntas e exclamações

 Muitas pessoas acreditam que assuntos de e-mail com perguntas e exclamações chamam mais a atenção de quem lê, mas não é bem assim. Além de correr o risco de ir para a caixa de spam, a probabilidade de o e-mail ser aberto é mínima. Precisa ser realmente uma pergunta muito boa e instigadora para fazer com que a mensagem seja aberta

Em situações de estresse e t, e-mails com perguntas podem deixar o leitor em uma situação ainda mais desconfortável. Fazer perguntas ou exclamações no assunto do e-mail podem ser interessantes quando o destinatário é alguém familiar ou quando o contexto pode se tornar benéfico a ele.

kalyne1

#3 Use números

Números no assunto do e-mail chama atenção logo de cara, especialmente em e-mails comerciais. Estatísticas e números dão mais credibilidade ao assunto, sem contar que podem favorecer também na devolutiva do assunto.

#4 Letras maiúsculas e minúsculas

Alterne o assunto do e-mail entre maiúsculas e minúsculas, colocando a letra inicial de cada palavra em maiúscula e o resto em minúscula. Por exemplo: Promoção de Natal. As letras maiúsculas dão mais autoridade ao assunto do que se escrevermos tudo em minúscula, que soa mais informal.

*

Essas foram apenas algumas dicas para que você escreva melhor o assunto do seu e-mail e tenha mais sucesso, instigando o cliente a ler o conteúdo e, dependendo, responder e interagir, contribuindo para resultados mais efetivos.

Se você quiser sugerir algum assunto aqui no blog da Immagine escreva para mim: contato@kalynemenezes.com.br. Você também pode acompanhar dicas de comunicação, negócios e empreendedorismo no meu site: www.kalynemenezes.com.br.

Um abraço e até segunda!

Palestra: Paulo Henrique Amorim fala sobre as perspectivas para a economia da região oeste em 2017

palestra1

Paulo Henrique Amorim é apresentador da Rede Record, já foi correspondente da Revista Veja e da Rede Globo nos Estados Unidos. Ganhador do Prêmio Esso e também já foi editor-chefe do Jornal do Brasil e da Revista Exame. Paulo Henrique também é responsável pelo Conversa Afiada, portal político e de referência no jornalismo digital do país.

*

O auditório do Hotel Saint Louis ficou lotado na noite de ontem, quinta-feira, quando o jornalista Paulo Henrique Amorim ministrou uma palestra tratando de temas referentes à economia do Brasil e da região. O tema, “Perspectivas e cenários econômicos para 2017 – Os impactos da nova economia no setor produtivo”, combina perfeitamente com o momento que nós do oeste baiano estamos passando: uma nova economia surgindo e se reerguendo depois de vários anos de seca (o que interfere diretamente no desenvolvimento econômico) e instabilidade financeira.

O evento faz parte do Circuito Empresarial do Sebrae, e foi pensado para ajudar aos micro e pequenos empresários da cidade e região.

palestra2

*

A maioria dos empresários vivem com o pensamento constante: “como passar por cima da crise?”. E a palavra que melhor responde tal dúvida é: inovar. É difícil imaginar uma saída para a crise em meio a essa instabilidade política e econômica que estamos vivendo.

Para Paulo Henrique, o momento não é de otimismo, mas tampouco de pessimismo. “Temos de levar em consideração que a região é uma das mais prósperas do país. Luís Eduardo Magalhães é um celeiro de produtividade. Mas também devemos pensar que não vivemos numa ilha de prosperidade, pois os problemas se comunicam”, disse o palestrante.

“Embora a prosperidade regional seja encorajadora, os líderes devem prestar bastante atenção aos sinais que vem de fora para dentro. Se formos pensar, estamos vivendo todas as crises que ocorrem quando há uma troca de poder na hegemonia do mundo”, continuou.

Segundo Amorim, o mundo está invertendo a rota de compra, e isso é ótimo para a região e também para o país num geral. “A hegemonia mundial que antes era dos Estados Unidos, vem sendo cada vez mais da China e isso é importantíssimo, pois constrói uma nova rota de compra e venda. E a região tem a oferecer o que eles querem comprar”, explicou.

Quando perguntado sobre a fórmula para sair da crise, ele não hesitou em dizer que na verdade não existe uma fórmula concreta: “É preciso inovar. Os líderes devem prestar atenção aos sinais que vem de fora, pois estamos vivendo todas as crises que ocorrem quando há uma troca de poder na hegemonia do mundo”. E inovar implica em entender o mercado. Para Amorim, surge uma nova massa de consumidores que está mais informada, com um maior senso crítico e capacidade de decisão. E é para esses consumidores que o comércio tem de se preparar.

O palestrante ainda falou sobre a eleição de Donald Trump nos Estados Unidos, que preocupou (e ainda pode gerar muita discussão) boa parte dos empresários aqui da hemisfério sul. Como isso pode influenciar o Brasil positiva ou negativamente?

Para ele, “a política do Trump deve provocar uma desvalorização do real e isso é bom para a política brasileira”.

Ao final da palestra e de todas as palavras que não são nem otimistas e muito menos pessimistas de Paulo Henrique Amorim, aconteceu um Talk Show a convite do Gerente Regional do Sebrae, Emerson Cardoso. Participaram Celestino Zanella, representando o agronegócio; Gilson Sena, Presidente da CDL, representando o comércio local; e o economista e professor da UFOB, Erick Rojas.

A comunicação institucional como ferramenta estratégica

Os fluxos de comunicação, os interesses, os processos produtivos, os relacionamentos e outros fatores que envolvem uma organização são influenciados pela globalização, especialmente com o surgimento das novas tecnologias e a ampliação do acesso à informação. Nesse contexto globalizado, o uso das mídias interfere significativamente na imagem das instituições, públicas ou privadas, e na sociedade, criando/modificando realidades.

A comunicação institucional é uma ferramenta estratégica essencial para se relacionar com os públicos. Dessa forma, noticiar é uma das maneiras eficazes de ação e interação no mundo, que é cada vez mais interligado por teias comunicativas. As instituições que ignoram a mídia ou minimizam seu papel estão em posição mais vulnerável, podendo perder a credibilidade com seus públicos e a oportunidade de consolidar uma imagem positiva junto à sociedade.

O uso das mídias se constitui cada vez mais em uma ferramenta importante para estreitar laços entre organizações e públicos, por isso quem reconhece essa importância e administra com mais eficácia a comunicação está mais preparado para administrar assuntos que envolvam a mídia e a sociedade no dia a dia.

Não apenas por meio dos jornais, rádios e TVs, mas também pelos computadores, tablets e celulares, a informação, a notícia, está sempre a menos de um passo do cidadão e é por isso que essas ferramentas de comunicação devem ser mais bem utilizadas pelas organizações. São canais de visibilidade das instituições com a sociedade, logo, considerados também uma maneira de mostrar transparência com os públicos quanto às responsabilidades, atitudes e decisões da organização, sendo assim uma jogada positiva e necessária junto aos formadores de opinião.

Primeira edição do Curso Gestão Multidisciplinar forma gestores para a realidade regional

Foi finalizada a primeira edição do curso Gestão Multidisciplinar, promovido pela Conduz – Soluções em Produtividade. As aulas, que foram divididas em módulos, abordaram temas voltados à administração, contabilidade e direitos essenciais para tomadas de decisões.

O curso foi desenvolvido e voltado para profissionais liberais, pequenos e médios empresários, que buscam aprender a reduzir custos e ganhar mais, gerenciar suas marcas e seu marketing, entender de gestão orçamentária, buscar soluções para rotinas trabalhistas e estatuárias assim como técnicas para redução de pagamentos de impostos.

No 1º módulo foi abordada a Gestão Administrativa; no 2º módulo foi falado sobre Gestão Contábil e no 3º módulo o assunto foi a Gestão Jurídica.

conduzalunos3

O idealizador e um dos professores do curso, Claiton Vignatti Dani, explicou que o intuito do curso era formar gestores buscando a realidade da nossa região. “Os alunos entenderam a nossa proposta, aproveitaram bastante as aulas e conseguiram entender na prática muitas situações ligadas às aulas e à gestão de uma empresa”, disse.

Para os alunos, o curso foi enriquecedor. A maioria deles já possuía alguma ligação com o meio empresarial, mas buscavam melhorar alguma área. Marla Glusczak é empresária, proprietária da franquia do Subway em Luís Eduardo Magalhães e do Café Donuts em Barreiras, e decidiu fazer o curso porque queria se atualizar sobre assuntos do setor administrativo. “O curso me trouxe mais conhecimentos referente ao setor fiscal, aos direitos trabalhistas e custos”, disse.

conduzalunos1

conduzalunos2

Hugo Brasil, diretor comercial da Elétrica Minas Bahia, fez o curso porque queria melhorar sua gestão na empresa. “O curso me ajudou a ampliar meus conhecimentos de gestão e também da parte jurídica, que é muito importante”, contou. E não foi diferente para Cristiane Teixeira de Carvalho, que faz parte do setor administrativo da Biovida. Ela afirmou que o curso foi muito interessante e conseguiu tirar algumas dúvidas antigas. “Os módulos me auxiliaram a conhecer algumas áreas que eu não tinha contato, como a jurídica. Algumas situações do cotidiano às vezes nos passam despercebidas e no curso nós conseguimos aprender de fato como aplica-las da melhor maneira dentro da empresa”, contou.

conduz1

Após o sucesso da primeira edição, a Conduz já está estudando as possíveis datas para o curso no semestre de 2017. Se você quer se antecipar e colocar seu nome na lista de espera, entre em contato com o Claiton pelo site www.conduzsolucoes.com

 

 

 

Youtuber: Jovens de Luís Eduardo se aventuram nas plataformas digitais

Com certeza você já deve ter ouvido a expressão Youtuber. Sim, com o R no final. Diferente da rede social de compartilhamento de vídeos YouTube, os youtubers são os criadores, editores e promotores desses vídeos. Aqui em Luís Eduardo o interesse cresceu tanto entre jovens e adolescentes, que já tem até curso para formar profissionais na área.

 

Inspirados por gente como Kéfera, Whinderson Nunes e canais como Porta dos Fundos, mais jovens tem se aventurado através das produções audiovisuais para a internet e já tem alcançado um bom número de seguidores e despertado outros talentos que nem sabiam que tinham.
youtuber3
Aqui em Luís Eduardo Magalhães um dos primeiros canais foi o Negresco TV, do jovem Ian Dayvid de apenas 16 anos. “Ser youtuber é uma fonte de liberdade alternativa para expor o que eu penso. No meu canal eu posto alguns acontecimentos da fase em que estou vivendo, do cotidiano do jovem, brincadeiras, quiz e coisas engraçadas do dia a dia” revela o estudante.

 

O canal de Ian já tem mais de mil seguidores e lá ele divulga brincadeiras e desafios propostos pelos seguidores. Em alguns vídeos Ian vai para rua e interage com pessoas que nunca viu, em outros convida amigos para participarem de jogos de perguntas e respostas.

 

Recentemente o Referência Cursos criou um curso para formação profissional de Youtuber. Entre os conteúdos estão a edição de imagens, produção de vídeos e o gerenciamento desses conteúdos na web e a publicação. “Na maioria das vezes tudo começa como uma brincadeira no quarto de casa com uma câmera e uma ideia. O que a gente faz aqui é preparar esses jovens, ensinando eles usar programas específicos e desenvolvendo um talento que eles já tem” explica o professor Fábio Silva.
youtuber4

 

E o universo da produção audiovisual é diverso. Entre os alunos está Leonardo, que tem só doze anos e mesmo assim já se destaca na turma. Ele preferiu seguir outra vertente entre os youtubers. É o chamado gameplay. Ele também produz vídeos e divulga no seu canal na internet, mas no caso de Leonardo, todos os vídeos falam de jogos de computador, onde ele compartilha dicas com outros jogadores, o que eles chamam de tutoriais.

 

“Desde que eu comecei a fazer os vídeos eu tenho aprendido muita coisa que eu não sabia, como editar e até as dicas dos jogos que compartilho com os amigos. Ainda não sei o que eu quero ser no futuro, mas com certeza algo que tenha a ver com tecnologia” diz o garoto.
youtuber1

 

O pai dele Leonardo Ferraz, incentiva o filho e acredita que o conhecimento trazido pelas novas tecnologias pode influenciar de forma positiva na vida do garoto. “Acho que é uma brincadeira saudável. Tudo com critério e limites é positivo se traz um aprendizado e a gente tem visto que ele pega as coisas muito fácil e como hoje tudo está ligado a tecnologia é importante que ele esteja ligado, mas sempre com disciplina e sem esquecer das outras obrigações.”

 

Mas tem também quem faça vídeos para além da diversão. Gabriel usa a plataforma digital para divulgar curta-metragens e o dia a dia da profissão de ator. A experiência com edição de vídeo e direção já lhe rendeu trabalhos fora da plataforma digital.

 

“Gente que não me conhecia viu o meu trabalho e me contratou para fazer edições e participar de outros projetos. É importante porque a gente tem uma renda também a partir disso.”

youtuber


Além disso qualquer pessoa também pode ganhar dinheiro com os próprios vídeos. Se você tem um vídeo com o mínimo de visualizações exigido, já pode adicionar um anúncio que vai gerar receita para você e para a plataforma de vídeos do Google. Obviamente que, para se tornar um parceiro e conseguir monetizar o seu vídeo, é preciso atender a uma série de requisitos, mas não deixa de ser uma oportunidade de alguns amadores ganharem uns trocados com seus vídeos.
Se você também quer ser um Youtuber de sucesso, visite a Referência Cursos Profissionalizante, faça o curso e tenha muito mais audiência no seu canal.
Referência Cursos Profissionalizantes
Endereço: Rua Paraíba, 699 – Centro – Tel.: 77 3628-5545
Fonte: Jornal Classe A

A importância da imagem profissional

As relações de uma organização, empresa ou de um profissional liberal com seus públicos, seja por meio da imprensa, das campanhas publicitárias, das relações públicas, do gerenciamento de funcionários, da relação com patrocinadores e com a sociedade, dentre outros, sempre tiveram destaque na nossa sociedade.

Entretanto, nos últimos anos, essas relações tem ganhado mais destaque, seja pelo amplo acesso à informação ou pela visibilidade que as mídias (TV, rádio, jornal, internet) possibilitam. Não basta o acesso à informação, o que o público deseja é encontrar conteúdo relevante no meio do imenso e desorganizado volume de informação.

Por isso, é importante ser ágil e competitivo, mantendo o que já foi conquistado, explorando novas maneiras de se relacionar com os públicos e promovendo mudanças culturais a partir da ética, do compromisso com a cidadania, da responsabilidade com o meio ambiente, do respeito à diversidade, aos direitos individuais e coletivos.

Assim, uma assessoria de comunicação é essencial para facilitar os fluxos de comunicação e o relacionamento com os públicos. Com uma atuação multidisciplinar, a Assessoria de Comunicação atua a partir do jornalismo, das relações públicas, da publicidade e propaganda, do marketing e de outras  áreas afins para desenvolver ações tendo por base os valores que guiam o trabalho de uma organização, empresa ou profissional.

Esse texto também está disponível em www.kalynemenezes.com.br.