O Rei Leão: Class prepara espetáculo de emoções inspirado no clássico infantil

Evento acontece neste sábado, 30 de novembro, no Quatro Estações Hall

 

Quem não lembra do clássico infantil “O Rei Leão”, que emociona gerações? Foi inspirada em toda a magia e emoção da história, que a Class Escola de Dança realiza mais uma edição do seu espetáculo de dança. O final de ano luiseduardense não estaria completo sem o brilho que o espetáculo traz!

Com data marcada para o dia 30 de novembro, no próximo sábado, o espetáculo acontecerá no Quatro Estações Hall com um elenco de mais de 250 bailarinos especializados, que se dedicaram ao longo de 2019 para esta apresentação. Na expectativa de receber mais 1.300 pessoas em seu espetáculo, a Class se prepara para bater mais um recorde de público como aconteceu nas edições anteriores.

A obra original

A obra original, datada em 1993, se passa “Nas Terras do Reino” na África. Na história, um leão, Musafa, comanda os animais como o seu rei. O nascimento de Simba, filho do rei Mufasa e da rainha Sarabi, cria inveja e ressentimento no irmão mais novo de Mufasa, Scar, porque o seu sobrinho irá substituí-lo como herdeiro do trono. Ainda filhote, Simba é levado por Mufasa para um passeio pelas Terras do Reino, ensinando-lhe sobre as responsabilidades de ser um rei e o ciclo da vida. O tio malvado de Simba, planeja roubar o trono de Mufasa atraindo pai e filho para uma emboscada. Simba consegue escapar e Mufasa morre, em uma das cenas mais dramáticas de todos os temos nos filmes Disney! Com a ajuda de seus amigos, Timão e Pumba, ele reaparece como adulto para recuperar sua terra.
O enredo ensina-nos muito sobre valores e amizade, e continua encantando gerações com suas idas e voltas, mostrando aos telespectadores a importância do amor e dos laços familiares nas tomadas de decisões.

Disseminando cultura através da arte da dança

No primeiro ano de espetáculo sob a direção da bailarina e empresária Carla Brunetta Ferrari, a Class trouxe Frozen. No ano seguinte, foi encenada a história de Alice no País das Maravilhas, seguida pelas tramas de A Bela e a Fera e O Mágico de Oz. “O nosso espetáculo é uma realização completa: dos bailarinos, da equipe, das professoras, dos parceiros e das famílias. É um sonho! O objetivo do espetáculo é transmitir a mensagem da história através da dança. Nossa meta é sempre emocionar, fazer o público vibrar, realizar sonhos dos nossos bailarinos. Ver o brilho no olhar e as lágrimas de satisfação ao final de cada apresentação anual é o meu combustível!”, afirma a diretora.

A cada espetáculo, a Class tem surpreendido seu público trazendo clássicos da literatura e do cinema transformando em dança o que já era magnífico. “É uma explosão de cultura”, como define Carla. Ela acredita que o espetáculo traz um momento de magia que, geralmente, só encontramos nos grandes centros. O espetáculo contribui com o desenvolvimento da educação e ainda o desenvolvimento social e cultural da região.

O evento começará às 19 horas. O espetáculo terá duração de 1h30 e terá mil e trezentas poltronas disponíveis. Os ingressos precisam ser adquiridos na Class, pois já estão se esgotando – assim, não haverá mais espaço para vendas no dia do evento. Incentive a cultura e sinta essa magia!

Serviço

 

Espetáculo O Rei Leão

 

Realização: Class Escola de Dança

 

Quando: 30 de novembro

 

Local: Quatro Estações Hall

 

Telefone: (77) 9 9935-6563

 

Redes sociais: @class.danca

O Mágico de Oz: Class prepara espetáculo de dança com apresentações incríveis

No caminho da estrada amarela, em busca da cidade das Esmeraldas, o espetáculo será apresentado para os pais, familiares, amigos e todos que prestigiam a arte da dança

Estamos quase no finalzinho de 2018 e, se você pensou que a Class não prepararia um espetáculo cheio de magia, está enganado. Com data marcada para o dia 10 de novembro, o espetáculo acontecerá no Quatro Estações Halls e contará com um elenco de mais de 200 bailarinos.  Os dançarinos e dançarinas que estarão presentes no espetáculo já estão afiadíssimos e cheios de vontade de mostrar o que de melhor sabem fazer: encantar.

Como nos anos anteriores, a Class está preparando uma super estrutura. Telões, efeitos de luzes, música, cenários e figurinos impecáveis dão mais vida à dança e garantem que todos que estiverem assistindo ao espetáculo sairão de lá anestesiados.

Na expectativa de receber mais de mil pessoas em seu espetáculo, como tradicionalmente aconteceu em todas as edições anteriores, a Class escolheu como tema uma obra clássica da literatura infantil que já encantou e ainda encanta muitas pessoas pelo mundo todo: O Mágico de Oz.

A obra original

A obra original, datada de 1939, se passa no Kansas, onde a menina Dorothy vive em uma fazenda com seus tios, quando um tornado ataca a região e ela se abriga dentro de casa. Ela e seu cachorro são levados pela ventania e acabam aterrissando na terra de Oz, bem em cima da Bruxa Má do Leste e a matando. Dorothy, então, é vista como uma heroína, mas o que ela quer mesmo é voltar para casa e, para isso, precisará da ajuda do poderoso mágico de Oz que mora na Cidade das Esmeraldas. No caminho, a menina é ameaçada pela Bruxa Má do Oeste, que a culpa por ter matado sua irmã. Dorothy encontra três companheiros: um espantalho que quer ter um cérebro, um homem de lata que sonha com um coração e um leão covarde que precisa de coragem. A dúvida e o grande clímax do espetáculo são: será que o Mágico de Oz conseguirá ajudar a todos eles?

Projeto Social Educando com Arte

O Espetáculo de Ballet da Class marca o encerramento das atividades no final do ano e conta com a participação de todo o elenco artístico da escola. A presença especial e notável do Projeto Social viabilizado pela Class é um dos atrativos de todas as edições do espetáculo.

Nesta edição, o espetáculo contará com a participação especial do grupo de Street Dance e o projeto de bolsistas de ballet clássico da escola. Hoje, a Class atende 50 crianças e adolescentes através dos projetos sociais, escolhidos entre talentos presentes nos bairros da cidade. Esta é uma grande oportunidade que o público tem de prestigiar e incentivar estes grandes talentos de Luís Eduardo Magalhães. A valorização do artista é algo muito prezado pela Class.

E essa valorização reflete na felicidade e no amor que é emanado pelos dançarinos e dançarinas da escola. É possível perceber sem muito esforço que a Class não é apenas uma escola de dança. O espetáculo de fim de ano é o ponto alto da emoção de tantos alunos que amam aquilo que fazem e sentem muito orgulho de si mesmos e de toda a equipe. E nós sabemos que, quando algo é feito com amor e por amor, nada pode dar errado. Prova disso são as palavras do corpo de baile.

Samara Dal Lago é aluna da Class e está participando dos espetáculos anuais pela quarta vez. Nesta edição, ela dará vida ao leão sem coragem e se apresentará com números de Ballet, Jazz e Moderno. Para ela, todo o esforço vale a pena e o espetáculo é a prova maior de que o que se faz com amor jamais dará errado. “É extremamente gratificante participar de um evento tão grandioso, principalmente aqui na nossa cidade, que ainda é tão carente nesse âmbito artístico. Nós ensaiamos durante o ano inteiro, durante vários dias e noites e até nos finais de semana para apresentar nossa arte, que vai muito além da dança. Ela trabalha o nosso movimento, musicalidade, consciência corporal e principalmente nos permite conhecer os nossos melhores amigos. Aqui dentro criamos uma família e é no dia do espetáculo que podemos mostrar toda a nossa paixão, toda a nossa história. Nesse dia não existem pés calejados e nem pernas e braços cansados. É o momento que a gente sente e desperta o sentimento da plateia, sem dizer uma palavra, fazendo apenas o que a gente mais ama fazer: dançar com nosso corpo, com nossa mente e com nossa alma. É nesse dia que a gente percebe que todo esforço valeu a pena”, disse.

E para Amanda Resende, que também participa dos espetáculos da Class há 4 anos, o sentimento é de felicidade e gratidão. Ela estará presente em coreografias de ballet clássico, ballet moderno e jazz e nesta edição, interpretará Dorothy. “Em todos os anos eu fico ansiosa para dar vida às minhas personagens. São 9 meses de ensaio e quando você olha as danças, a parte teatral e o figurino prontos, a ansiedade aumenta mais ainda. Fico muito grata por poder participar, pois o espetáculo vai muito além da noite da apresentação. No pré espetáculo tem toda a parte da montagem, que envolve todos os alunos; e o pós espetáculo é a parte do reconhecimento do público, tudo isso é muito gratificante”, conta Amanda.

Dois dos dançarinos que participam do projeto social também estarão presentes no espetáculo, assim como todos os outros alunos. Zaqueu Irigueiro interpretará o Homem de Lata, e estará presente nas danças de Hip Hop e Jazz. Para ele, a dança é um exercício de amor. “É uma sensação muito boa. No grande dia, você percebe que tudo aquilo é surreal e que certamente não há outro lugar onde eu queira estar. Isso tudo representa o amor e a união entre pessoas com o mesmo propósito. Fazemos com o coração aquilo que amamos: dançar”, disse.

Julio Lima será o Espantalho no espetáculo deste ano e estará presente nas danças Jazz e Street. Para ele, os alunos estão lá não apenas para dançar, mas para expressar o que sentem. “Sentimos muita emoção no grande dia. Todos da Class são companheiros, e é isso que me motiva mais ainda a querer dançar”, conta ele.

Carla Brunetta, idealizadora e também professora de dança da Class, sempre direciona os alunos com muito amor. Para ela, a expectativa é gigante. “Estamos com muitas expectativas positivas, com tudo pronto e preparado com muito amor e carinho. Deixamos aqui o nosso convite a todos para prestigiarem nossos artistas. Quem for nos assistir, verá nossa arte e ouvirão também nossos corações”, encerra.

Nas edições anteriores, a Class bateu recorde de público, e em 2018, não será diferente. Então se você ainda não garantiu seu ingresso, corra até a escola de dança e compre o seu. Não é todo dia que vemos um espetáculo artístico tão intenso e plural como o da Class, então, é uma oportunidade e tanto de apoiar os artistas de nossa cidade.

Por que ler esse texto sobre o Bráulio Bessa pode mudar sua semana?

Semana passada Luís Eduardo Magalhães teve a oportunidade de passar uma noite inteira com um dos empreendedores sociais mais relevantes do País: o poeta e escritor Bráulio Bessa.

Mas, hoje não vou falar sobre o evento em si (aliás, parabéns Gilson Sena e Zezília Martins pelo belíssimo evento), mas sobre o que aprendi com Bráulio Bessa naquela noite de quarta-feira. Quem não o conhece, vou explicar brevemente: Bráulio é um poeta nordestino. Só aí a probabilidade de fazer sucesso mundial já diminui drasticamente, certo? O menino, que descobriu seu sonho aos 14 anos, saiu de  Alto Santo, interior do Ceará, para conquistar o Brasil com seu talento. Agora pensa comigo:

  • INTERIOR DO CEARÁ
  • NÃO CONHECIA NINGUÉM INFLUENTE
  • QUERIA ESCREVER POESIA
  • ALIÁS, ESCREVER POESIA NO BRASIL!
  • NO BRASIL, GENTE!
  • PARA COMPLETAR, É POESIA DE CORDEL (que pouca gente conhece).

Se esse cara venceu na vida e realizou seus sonhos, é porque a gente também pode. E no meio da sua palestra divertidíssima, algumas coisas foram muito fortes para mim:

 

TER E MANTER A POSE

Sabe a tal pose? É, tem que ter e faz bem! Se tem uma coisa que não podemos perder na vida, é a tal da pose. Afinal, tem momentos que tem que ter postura, levantar a cabeça e enfrentar os dragões mostrando que a GENTE confia na GENTE. Só se você confiar e acreditar em si mesmo poderá mostrar isso aos outros e convencê-los disso. OBS: Isso não é ser esnobe, hein gente! Mas confiante!

UMA BOA OPORTUNIDADE VALE MAIS QUE MUITO DINHEIRO

E não é? Uma boa oportunidade, às vezes, nem dinheiro compra. Quando foi convidado para sua primeira palestra, Bráulio não recebeu dinheiro para palestrar. Mas a oportunidade lhe abriu muitas portas. Quantas vezes na vida não temos oportunidades assim?

 

É A DOR QUE ENSINA A GEMER

É a dor que ensina a gemer, gente. É quando alguém lhe dá uma prensa na parede que você descobre a força e o talento que nem você sabia que tinha. Considere os desafios que a vida lhe mostra como eles são: oportunidades para crescer. E aprenda a diferenciar desafios de problemas. Desafios são as dores que te ensinam mais do que as coisas boas da vida.

 

APRENDA A DIFERENCIAR O QUE É SEU SONHO, DO QUE É INVEJA DOS OUTROS

É, parece forte. Mas é isso mesmo: às vezes temos “sonhos” que nada mais são do que inveja (mesmo que uma boa inveja branca) dos outros. Sabe aquela coisa da grama do vizinho ser mais verde e você sonhar em ter uma grama verdinha como aquela pra você? Esquece. Talvez você nem gosta de grama, cara…

Bráulio deu um exemplo bem bacana sobre isso. Quanto tinha 14 anos, Bráulio tinha dois sonhos na vida. Um, era ter um Super Nintendo, porque seus amigos tinham e ele queria também. O segundo, era usar camisetas das marcas Bad Boy e Maresia, porque todo mundo usava! Mas foi só quando ele descobriu seu sonho de verdade, ao conhecer as poesias de Patativa do Assaré para um trabalho na escola, que Bráulio descobriu seu sonho de verdade: transformar a vida das pessoas através da poesia e lançar um livro.

Vê a diferença entre sonho (seu, único e intransferível) e inveja (dos outros, pode mudar de uma hora pra outra)?

CONFIE. EM DEUS, EM VOCÊ, EM ALGUMA COISA!

Bráulio é um cara que acredita muito em Deus. Mas se você não acredita, acredite no futuro! Como ele disse: “tem vez que a gente acha que tá tudo errado, mas é só Deus desenhando o negócio do jeito D’Ele. Não do seu. Do D’Ele!”

 

POESIA É COMO UM ABRAÇO

“Poesia é como um abraço, se adapta a todo tipo de gente”. Para ele, poesia é transformadora, é mágica. Com seu quadro semanal no programa da Rede Globo, Encontro com Fátima Bernardes, Bráulio consegue atingir milhões de pessoas diariamente com seu verso. Como ele contou na palestra, esses versos até mesmo salvaram vidas… Forte, né?

(Em tempo: Bráulio contando sua saga no programa é de morrer de rir! Se algum dia puder ir em uma palestra dele para ouvir o “causo”, vá!)

DEIXE SEU LEGADO

“Nós viemos para esse mundo ‘véio’ sem nada e ‘vamo’ embora sem levar nada. Mas, podemos deixar alguma coisa aqui”. Tem coisa mais verdadeira que essa? O que você vai deixar de si mesmo para o mundo?

Para finalizar, essa poesia pode mudar seu olhar sobre a vida AGORA MESMO. Veja:

https://www.youtube.com/watch?v=LCccxRghoxk

Como disse o produtor do evento, sócio da MS Eventos e presidente da CDL (a lista é longa…), Gilson Sena, “ou você é rico ou você é pobre, MAS DE INFORMAÇÃO”. A oportunidade nos é dada todos os dias, resta-nos aproveitar!

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé, céu, nuvem, atividades ao ar livre e natureza

Gostou?

Para conhecer Bráulio Bessa, CLIQUE AQUI.

 

Cid Moreira fará palestra gratuita hoje em LEM!

Cid Moreira, locutor, narrador e jornalista, é um ícone e referência na comunicação brasileira, que consagrou sua imagem em uma trajetória que teve início há 73 anos atrás. Moreira apresentou o Jornal Nacional por 27 anos seguidos, tornando-se a voz de gerações, que, junto com ele, acompanharam a transição da radio à televisão e viram o fortalecimento imagético que a mídia formou.
Sua trajetória não trouxe apenas o sucesso profissional, mas foi responsável pelo primeiro encontro com Fátima Moreira, também jornalista, com quem hoje é casado há 20 anos. Entre um sorriso e outro, durante coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira, no SPRLEM, Fátima conta: “Eu o conheci durante uma entrevista que fiz pra revista CARAS, eu tive que acompanhá-lo durante uma semana. Foi paixão à primeira vista”. “Não conseguiu resistir a mim”, completou Cid, sorrindo.


Fátima conta que houve uma preocupação de seus amigos com a diferença de 36 anos entre eles, mas preferiu viver o momento que se estende até hoje. “Vocês, jovens, planejam a vida à dois, conversam sobre o futuro. Nós vivemos com urgência de ser felizes. Estamos no momento de realizar coisas”, afirmou Fátima. Ambos esbanjaram amor um pelo outro e pela profissão que compartilham.  “Sabemos o quanto é uma profissão difícil, mas eu sigo por amor e vontade de melhorar o mundo”, completou Fátima.

No decorrer da entrevista, ainda sobre o crescente desenvolvimento tecnológico da mídia, o casal diz que passa por um momento de imersão na era digital. “Antes, a audiência chegava à quase 100%, hoje, 20% de audiência é sucesso”, contou Moreira.
Isso se deve aos veículos crescentes de comunicação que desconstruíram parcialmente o hábito de se procurar notícias exclusivamente por meios televisivos. Apesar das mudanças, Cid e Fátima abraçam esses novos veículos de comunicação e compartilham conosco uma nova fase do casal por meio de vídeos no YouTube, uma fase de muita espiritualidade e aproximação com Deus. Cid, com tom firme e punhos fechados, afirma ter renascido na internet e promete falar de Deus até o fim de sua vida. Com a ajuda de sua companheira Fátima, ele narra diversas passagens bíblicas e dá conselhos sobre a vida, fazendo daquela voz grave, que nos tinha atentos ao Jornal Nacional,  uma voz que nos traz paz.

Cid hoje, além de seu contrato de exclusividade com a Rede Globo, viaja pelo Brasil, com Fátima e o jornalista Siloé Almeida, que coordena o trabalho. Em suas apresentações, em TVs e Auditórios, de maneira espontânea, Cid conta muitas histórias de sua vida e experiência como apresentador, responde perguntas do auditório e fala de sua relação com Bíblia. Cid Moreira, também atua como apresentador de grandes eventos, apoia ações sociais e grava vídeos institucionais, bem como textos comerciais.

Devido sua relação de proximidade com os valores da Educação Adventista, Cid Moreira foi convidado para eventos na região Oeste da Bahia. Após eventos em Barreiras, encerra sua agenda na região Oeste hoje, dia 10, em apresentação no 4 Estações Hall em Luís Eduardo Magalhães. O evento será aberto ao público a partir das 19h30 e a entrada se dará mediante entrega da 1kg de alimento por pessoa, arrecadação que beneficiará projetos sociais. No evento ocorrerá o lançamento do projeto da Escola Adventista de Luís Eduardo Magalhães.

Texto e Fotos: Larissa Ranchel

Lançamento Oficial do Carnaval de Barreiras 2018

O Carnaval de Barreiras foi lançado oficialmente nesta terça-feira, em evento realizado no Cais & Porto com representantes dos blocos da cidade, veículos de comunicação e autoridades. Emilia Moreno, diretora do Departamento de Cultura, apresentou a programação completa do carnaval, que contará com três circuitos e cinco dias de festa.

No circuito principal, intitulado Circuito Aguinaldo Pereira (localizado nas avenidas e na BR 242), a festa será ao som dos trios elétricos, com grandes atrações da música baiana puxando os foliões “pipoca” e artistas renomados nos blocos com corda.

Outro circuito, Zé de Hermes, popular circuito de marchinhas e blocos de rua, terá como ponto de encontro a praça Landulfo Alves, com uma estrutura completa com palco e apresentação de bandas.

E o circuito Três Bocas – Rio de Ondas também será preparado para receber os turistas e contará com apresentação de bandas locais.

Após a apresentação, o Prefeito Zito Barbosa assinou e formalizou a parceria entre a Prefeitura de Barreiras e TV Oeste para cobertura dos cinco dias de evento. O prefeito também assinou decretos que criam os troféus Aguinaldo Pereira e Lélia Rocha, destinados a premiar os destaques do carnaval nos circuitos Aguinaldo Pereira e Zé de Hermes. O troféu Aguinaldo Pereira irá premiar o abadá mais bonito, o bloco mais organizado na avenida, o bloco de carnaval mais animado e a melhor atração de bloco no circuito oficial. O bloco com a fantasia mais original, o bloco de carnaval revelação, o bloco de carnaval mais animado e melhor música de bloco, no circuito Zé de Hermes receberá o troféu Lélia Rocha.

O prefeito, na oportunidade, convidou o empresário Gulla (Kimarei), representando os blocos carnavalescos, ao palco e entregou o primeiro guia de informações sobre horários e blocos, pontos turísticos, restaurantes, hotéis e telefones úteis que será disponibilizado aos turistas em vários locais da cidade, inclusive nos circuitos.

 

A Dra. Graça Melo, primeira secretária da Câmara de Vereadores, se pronunciou em nome da casa, parabenizando o prefeito e enfatizando que já está havendo muita procura por parte dos turistas e que isso é um fato inédito na cidade. Logo após, Emerson Cardoso, gerente regional do SEBRAE Barreiras, anunciou a parceria que disponibilizará cursos gratuitos nos dias 30 e 31 de janeiro e 1º de fevereiro, sobre qualidade de atendimento, controle financeiro e manipulação e higienização de alimentos.


Como falou a vice-prefeita Karlucia Macedo, toda a população está orgulhosa de ver Barreiras sendo palco de uma festa organizada, de uma cidade que dá orgulho de mostrar aos filhos e netos. No encerramento, o prefeito Zito Barbosa se pronunciou, agradecendo a presença de todos, e, também aos donos de blocos pela compreensão no ano de 2017. “Não pude, em meu primeiro ano de mandato, realizar o carnaval como Barreiras merece. Agora estamos prontos para esta festa e agradeço a todos por estarem colaborando a cerca de seis meses para realização deste grandioso evento!”
Nenhum texto alternativo automático disponível.

O lançamento encerrou com apresentação da Banda Municipal 26 de maio tocando marchinhas de carnaval e o hino do Bloco da Rola.

 

 

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

 

 

A Conquista do Espelho

Qual o limite do “sentido” quando se trata de arte? Criar algo de fácil entendimento? Aceitação? Transitar entre o pedante e o popular? Ou melhor, o que é “fazer sentido”? Bem, são muitas perguntas e eu não tenho as respostas. Mas como diz uma famosa propaganda de televisão, são as perguntas que movem o mundo, e na arte não seria diferente. Diante deste cenário, o que mais me agrada é essa liberdade que o apreciador tem de fazer sua própria interpretação e criar a sua própria história em torno de alguma obra que o interesse.

 

Pensei sobre isso nos últimos dias, e um ótimo exemplo chegava sempre à minha mente. Gosto muito, muito mesmo do “Gessinger, Licks & Maltz” (também conhecido como GLM), disco que considero o melhor de toda a trajetória dos Engenheiros do Hawaii. É muito bem elaborado, muito influenciado pelo rock progressivo (Humberto é fã assumido do Rush e do Pink Floyd), as letras são enigmáticas e a banda estava no auge de sua criatividade e entrosamento. Apesar de tê-lo ouvido inúmeras vezes, ainda sinto dificuldade em interpretar as suas letras… E acho isso ótimo.

 

“Não é pose, não é positivismo

Quanto pior, pior.”

Por ironia, logo na primeira faixa, “Ninguém = Ninguém”, temos uma das músicas mais claras de todo o álbum e que, de certa forma, entra no mesmo raciocínio do que disse logo acima. Um verdadeiro tapa na nossa cara e que, mesmo depois de tantos anos, parece bem atual.

 

Há tantos quadros na parede,
Há tantas formas de se ver o mesmo quadro.
Há tanta gente pelas ruas,
Há tantas ruas e nenhuma é igual a outra.
Ninguém é igual a ninguém!”

 

No decorrer do disco, sinto que o personagem (se é que exista algum, mas não importa, a graça é essa) vai entrando cada vez mais em um mundo sombrio, pós-apocalíptico, típico cenário de um filme sci-fi futurista: com chuva ácida, céu cinza, megalópoles lotadas de pessoas e poluição. Era 1992, ano do Impeachment do Collor, inflação fora do controle, manifestações, falta de investimentos… Ou seja, o que acontece na ficção não se diferencia muito da realidade do Brasil na época. Nem na atualidade, né?

 

“Falta pão

(o pão nosso de cada dia);

Sobra pão

(o pão que o diabo amassou).”

 

“Até quando você vai ficar fazendo o que quer comigo?

Até quando você vai ficar sem saber o que quer de mim?”

 

No final, a melhor parte e um dos desfechos mais espetaculares que já ouvi em um álbum: “A Conquista do Espelho/Problemas… Sempre Existiram/A Conquista do Espaço”. Três músicas formando uma só, até o momento em que o protagonista se conforma com a própria realidade ao observar tudo de fora e pensa: “aqui de cima até que é normal”.

 

“Nunca mais saiu da minha boca

O gosto amargo da palavra traição.

Nunca mais saiu da minha boca

Nenhum elogio a nenhuma paixão”

 

Mais alguns trechos interessantes do disco:

 

“Por que você não soa quando toca?

Por que você não sua quando ama?

Ninguém derrama sangue

Quando perde, guerras de fliperama!”

 

“A nossa elite burra se empanturra de biscoito fino.

Somos todos passageiros clandestinos dos destinos da nação.”

 

“Vamos passear depois do tiroteio,

Vamos dançar num cemitério de automóveis;

Colher as flores que nascerem no asfalto;

Vamos todo mundo, tudo que se possa imaginar.”

 

“A mídia, a mediocracia;

Muito Zorro e nenhum Sargento Garcia.

Francamente

Há muito já não somos como já fomos:

Todos iguais.

Iguais aos poucos que ainda andam;

Iguais a tantos que andam loucos;

Iguais a loucos que ainda andam;

Iguais a santos que andam loucos de satisfação.”

Ter acesso a uma obra tão complexa que nos força a espremer os nossos neurônios para, ao menos, tentar compreendê-la é um privilégio. Em uma realidade onde o esforço para a criação de alto nível está cada vez mais difícil de ser encontrado, vale a pena parar um tempo e se atentar a esse disco que, mesmo após 25 anos, continua bem atual.

 

Cursos de Teatro e Artes Plásticas serão oferecidos gratuitamente em Barreiras

Estarão abertas de 7 a 10 de agosto, as inscrições para os cursos de teatro e artes plásticas, oferecidos gratuitamente pela Prefeitura de Barreiras. Alunos das escolas públicas devem procurar o Centro Cultural Rivelino Silva de Carvalho para realização da inscrição durante o horário comercial. As aulas serão iniciadas no dia 14 de agosto.

Resultado de imagem para imagens teatro

São 160 vagas destinadas às oficinas de artes plásticas, divididas em turmas dos horários matutino e vespertino. Os candidatos às vagas devem ter entre 10 e 17 anos, frequentar a escola regularmente e apresentar a documentação necessária. O excedente de vagas não preenchidas será disponibilizado aos estudantes da rede estadual de educação.

Resultado de imagem para gifs teatro final

“A inserção do estudo das artes entre os alunos é uma forma não só de promover uma atividade extraclasse, mas de proporcionar vivências que potencializam a criatividade, a comunicação e o aprendizado dos jovens em ambiente de interação, ludicidade e tranquilidade”, disse Emília Moreno, Coordenadora de Cultura.

Imagem relacionada

Para o curso de teatro são 225 vagas, divididas nos três turnos do dia, segunda, quinta e sexta-feira. Serão aceitos alunos a partir de 12 anos, também com frequência escolar comprovada. “A população sempre esperou pelas aulas de teatro, esse é um grande momento para fomentar também o fazer teatral nas escolas”, completou o professor e coordenador da Escola Municipal de Teatro, Osmar Mendes Jr.

No ato da inscrição, será necessário além da ficha de inscrição, comprovante de matricula, cópia do comprovante de endereço, foto 3×4 e declaração de frequência escolar.

 

ASCOM/PREFEITURA DE BARREIRAS

Cinesolar itinerante estará em LEM nesta terça com apresentação de curtas e longa metragem, gratuitos!

Amanhã, terça-feira, 11 de julho, Luís Eduardo Magalhães recebe o projeto Cinesolar Caminhos do Brasil, realizado pelo Cinesolar e Ministério da Cultura.

O Cinesolar é o primeiro cinema itinerante do Brasil que usa energia solar para exibir filmes. É uma experiência única, um misto de cinema, estação de arte com tecnologia sustentável, cabine de DJ e diversão. A apresentação em LEM acontece às 19h na Praça da Bíblia, no bairro Santa Cruz, e terá:

🎬 Sessão de CURTAS METRAGENS (infantis e ambientais)
🎬 Sessão do longa metragem HERMÓGENES – PROFESSOR E POETA DO YOGA

A realização é da Brazucah Produções, com produção local do CEPAC e apoio cultural do Cineclube Mimoso, da Fundação Cultural Alzira da Silva Corrêa e da Rádio Moderna FM 92.1

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Cinesolar

O Cinesolar é o primeiro cinema itinerante do Brasil movido a energia limpa e renovável, a energia solar. O projeto exibe filmes a partir da energia solar e promove arte e sustentabilidade através de oficinas artísticas e lúdicas.
São dois carros equipados com placas solares que possibilitam, através de um sistema conversor de energia solar para elétrica, a exibição de filmes e apresentações artísticas. No interior dos veículos há cadeiras para o público, sistema de som, projeção e telão. A primeira unidade do Cinesolar é equipado com cabine de DJ com sistema de som para acompanhar as atividades. A segunda estação móvel de cinema, denominado Cinesolar Tupã, conta com um estúdio de TV.
Junto com a exibição de filmes, o Cinesolar realiza diversas atividades relacionadas à sustentabilidade e meio ambiente.

http://www.cinesolar.com.br

10 músicas para entrar no clima de São João

Junho no nordeste é uma experiência. Experiência única, diga-se de passagem. Eu, que sou do interior do estado de São Paulo, cresci indo a muitas quermesses, mas nada se compara aos festejos de São João que vi e participei no pouco tempo de vivência em Luís Eduardo Magalhães. E quando falamos em mês de junho, pensamos logo no forró, ritmo fogoso que une corações (fisicamente também. Já experimentou chamar o seu crush para dançar? Fica a dica aí para o sábado!), amizades, famílias e agrega alegria por onde toca.

Pensando nisso, separei algumas músicas que vão animar o seu final de semana sem que você precise se esforçar. Bora arrastar esse pé no chão?

  • Destá – Dorgival Dantas

 

 

  • 100 anos – Falamansa

 

 

  • Colo de menina – Rastapé

 

 

  • Nosso Xote – Bicho de Pé

 

 

  • Flor de Liz – Circuladô de Fulô

 

 

  • Ai que saudade d’ocê – Fagner

 

 

  • Anunciação – Alceu Valença, Elba Ramalho e Geraldo Azevedo

 

 

  • Felicidade – Peixelétrico

https://www.youtube.com/watch?v=WKBUyaQDI_w

 

  • Passarinho – Os Gonzagas

 

  • Frevo Mulher – Zé Ramalho

 

 

As pessoas geralmente acham estranho quando ouço forró, mas sinceramente: amo, com força. Se tem uma coisa que eu aprendi quando vim morar no nordeste, posso com certeza afirmar que foi o fato de aprender a gostar de música. Não simplesmente achar que só o que eu gosto é bom, mas gostar do que é realmente bom. E o que é bom? Tudo; é só a gente saber enxergar.

Então, fica minha dica do fim de semana com 10 músicas que em algum momento você já ouviu na sua vida e que vão deixar seu feriado muito mais bonito. Vale relembrar, ouvir enquanto se arruma para o São João, colocar na playlist e claro: chamar a alegria pra ser seu par. Bora?

São João de Barreiras: muita fé e alegria em uma festa que é a cara da Bahia! Confira a programação.

Na Bahia, as festas juninas são mais do que simples festejos. É uma linda celebração das cores, da fé e da alegria baiana. Alguns chegam a arriscar que o São João é o período mais amado do ano ou, pelo menos, compete de igual para igual com o Carnaval. A verdade é que não tem como não amar essa festa tão alegre. Por isso fomos atrás da programação do São João de Barreiras para ninguém perder essa mega festa.

  image.png

O São João de Barreiras – que busca conquistar o título de maior São João do Oeste Baiano, vai acontecer durante os dias 22 e 25 de junho (quinta a domingo), no Parque de Exposições Engenheiro Geraldo Rocha, e as festividades prometem muita alegria e boas energias.

Neste ano o Arraiá do Parque fornecerá uma estrutura super diferenciada. As 20 atrações do São João se apresentarão divididas em dois grandes palcos. O evento também vai contar com o Espaço do Forró, com a Vila de São João (formada por uma cidade cenográfica) e também vai ter muita dança no Concurso de Quadrilhas.

Realizado pela prefeitura de Barreiras, hoje sob o comando do prefeito Zito Barbosa, o São João de Barreiras quer entrar para a história da região, como afirmou o prefeito durante coletiva de imprensa: Estamos aqui para anunciar o cumprimento de um compromisso, o de realizar o maior São João que Barreiras já teve. Tudo pensado de forma estratégica, para que a população possa se divertir e acompanhar as brincadeiras com conforto e segurança. O mais importante de tudo isso, é que vamos colocar Barreiras na rota de opção para turismo nessa época de ano. Tenho certeza que visitantes de muitas cidades e estados vizinhos estarão vindo pra cá, porque teremos uma mega estrutura de São João”.

Mais do que um festejo junino, o São João de Barreiras aquece o comércio da cidade, movimenta a economia local e atrai muitos turistas, o que é muito bom para nossa região. De forma paralela ao Arraiá, também acontece o Novenário e a Festa de São João Batista, realizada pela Paróquia São João Batista – Catedral de Barreiras, com quermesse e música ao vivo todos os dias.

 

Como vai funcionar o Arraiá do Parque?

A população terá acesso livre ao Arraiá do Parque nos dias do evento e não precisará de nenhum tipo de ingresso. A prefeitura de Barreiras conseguiu, ainda, parcerias com diversas empresas, o que resultou no total de R$ 20 mil em prêmios para as quadrilhas vencedoras do Concurso.

E a programação do Arraiá?

A lista de atrações do São João de Barreiras tá boa demais, sô! Espia só:

 image.png

São João e o significado religioso

O Novenário e a Festa de São João Batista, já tradicional entre os barreirenses, possuem um significado religioso lindo, em especial também por ser São João Batista o padroeiro da cidade. A programação começou na semana passada e se estende até sábado, 24, data em que acontecerá a Missa Solene oferecida a São João Batista. A celebração acontecerá às 18h. Todos os dias, após a novena, acontece uma quermesse com comidas típicas e festejos juninos. “Todos os dias é grande o número de fiéis que vem participar desta festa que tem crescido a cada ano em nossa cidade. É um momento importante, pois relembramos a importância do nosso Santo padroeiro da nossa cidade e da nossa Diocese, seu testemunho de vida, o exemplo que nos deixou e ainda louvamos a Deus com cantos e orações. Temos ainda outra riqueza deste momento que é a quermesse com as comidas típicas de São João, uma celebração cultural onde as pessoas e famílias se encontram para conversar e rever os conterrâneos que moram fora e estão em Barreiras nesta época. É um resgate da nossa religiosidade e da fé do nosso povo”, explicou o padre Verneson.

Confira a programação da paróquia para os próximos dias:

*

Vale a pena conferir todas as atrações que o mês de junho trouxe para Barreiras. Então…Bora curtir o São João em Barreiras?!